quarta-feira, 16 de outubro de 2013

A Natureza da Batalha Final

Ellen White

O Senhor abriu o Seu arsenal e tirou dele as armas da Sua indignação. Jer. 50:25.

Pela Sua própria vontade Deus convoca as forças da natureza para transtornar o poder de Seus inimigos: "Fogo e saraiva, neve e vapores, e vento tempestuoso que executa a Sua palavra." Sal. 148:8. Quando os gentios amorreus se dispuseram a resistir aos Seus propósitos, Deus interveio, lançando "do céu grandes pedras" sobre os inimigos de Israel. Estamos informados de uma maior batalha a ocorrer nas cenas finais da história da Terra, quando "o Senhor abriu o Seu tesouro, e tirou os instrumentos de Sua indignação". Jer. 50:25. "Entraste tu", pergunta Ele, "até aos tesouros da neve, e viste os tesouros da saraiva, que Eu retenho até ao tempo da angústia, até ao dia da peleja e da guerra?" Jó 38:22 e 23.
O Revelador descreve a destruição que terá lugar quando a "grande voz do templo do Céu" anunciar: "Está feito." Diz ele: "Sobre os homens caiu do céu uma grande saraiva, pedras do peso de um talento." Apoc. 16:17 e 21. Patriarcas e Profetas, pág. 509.
Nas últimas cenas da história da Terra, grassará a guerra. Review and Herald, 19 de outubro de 1897.
Os poderes do mal não capitularão no conflito sem uma luta. Mas a Providência tem uma parte a desempenhar na batalha do Armagedom. SDA Bible Commentary, vol. 7, pág. 983.
O Capitão do exército do Senhor estará à frente dos anjos do Céu para dirigir a batalha. SDA Bible Commentary, vol. 7, pág. 982.
Aquele em cuja vestimenta está escrito o nome: Rei dos reis e Senhor dos senhores, comanda os exércitos do Céu em cavalos brancos, vestidos de linho fino, branco e puro. SDA Bible Commentary, vol. 7, pág. 983.
Quando vier novamente à Terra, [Cristo] comoverá "não só a Terra, senão também o céu". Heb. 12:26. "De todo vacilará a Terra como o bêbado, e será movida e removida como a choça." Isa. 24:20. "E os céus se enrolarão como um livro" (Isa. 34:4); "os elementos, ardendo, se desfarão, e a Terra, e as obras que nela há se queimarão". II Ped. 3:10. "Mas o Senhor será o refúgio do Seu povo, e a fortaleza dos filhos de Israel." Joel 3:16. O Desejado de Todas as Nações, pág. 780.

Mranata, O Senhor Vem - MM 1977 Pag. 295

Postagens de Destaque