sábado, 19 de outubro de 2013

A Vitória dos Santos que Dormem

Ellen White

Não vos maravilheis disto, porque vem a hora em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a Sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.  João 5:28 e 29.

O Doador da vida chamará Sua adquirida possessão na primeira ressurreição dos mortos, e até àquela hora triunfante, quando a última trombeta soar e o vasto exército sair para a eterna vitória, todo santo que dorme o sono da morte será guardado como jóia preciosa, conhecida de Deus por nome. Pelo poder do Salvador que neles habitava quando vivos, e por terem sido participantes da natureza divina, eles são ressuscitados dentre os mortos. Carta 65a, 1894.
"Vem a hora", disse Cristo, "em que todos os que se acham nos túmulos ouvirão a Sua voz e sairão." João 5:28. Aquela voz há de ressoar por todas as moradas dos mortos; e todo santo que dorme em Jesus despertará e sairá de sua prisão. Então à virtude de caráter que recebemos da justiça de Cristo nos unirá à verdadeira grandeza da mais elevada ordem. Review and Herald, 20 de setembro de 1898.
A vitória dos santos mortos será gloriosa na manhã da ressurreição. ... O Doador da vida coroará de imortalidade a todos quantos saem dos sepulcros. The Youth's Instructor, 11 de agosto de 1898.
Ali está a multidão ressuscitada. O último pensamento foi da morte e suas angústias. Os últimos pensamentos que eles tiveram foram em torno da cova e do sepulcro, mas agora proclamam: "Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?" I Cor. 15:55. ... Ei-los aí estão, e o toque final da imortalidade lhes é dado, e ascendem para encontrarem-se com Seu Senhor nos ares. ... Há colunas de anjos de ambos os lados; ... então o coro angélico faz soar a nota da vitória, e os anjos que se acham em ambas as colunas irrompem no canto, e o exército dos remidos se une como se houvessem estado a cantar aquele cântico na Terra, e de fato estiveram. Oh, que música! Não há uma nota desarmoniosa. Toda voz proclama: "Digno é o Cordeiro que foi morto." Apoc. 5:12. Ele vê o trabalho de Sua alma, e fica satisfeito. Manuscrito 18, 1894.

Maranata, O Senhor Vem - MM 1977 Pag. 298

Postagens de Destaque