quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Futuros pastores realizam evangelismo

Fonte - http://noticias.adventistas.org
17 de outubro de 2013

Anualmente, os estudantes deixam a sala de aula para desenvolver atividades práticas em diversas regiões do Brasil
Anualmente, os estudantes deixam a sala de aula para desenvolver atividades práticas em diversas regiões do Brasil
Engenheiro Coelho, SP… [ASN] O Ministério da Educação (MEC) no Brasil é o órgão do governo responsável por regular a qualidade do Ensino Superior em território nacional. Ele exige que os estudantes passem várias horas em atividades práticas profissionais. Para o curso de Teologia, essa resolução não é diferente. No Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), todos os alunos do curso passam três meses cumprindo essa norma.
Eles saem pelas igrejas do País em um estágio remunerado e supervisionado quando chegam ao segundo semestre do terceiro ano. A atividade é coordenada pelo pastor Berndt Wolter, diretor do Núcleo de Missões do Unasp, e este ano tem a participação de 112 estudantes. É nela que o aluno coloca em prática tudo o que aprendeu na teoria.
Das salas de aula, vão às ruas para o encontro com pessoas com as quais conviverão no dia a dia de sua profissão. Como diz um popular ditado do curso: “É no evangelismo que o estudante vai como aluno e volta como pastor.” Esse período de evangelismo contribui ainda para o fortalecimento do senso de missão de cada um deles, que é um dos objetivos da Igreja Adventista no Brasil.
Wolter, que coordena esta atividades desde 2006, comenta que este não é o único, mas é o principal estágio de todo o curso. Ele ainda explica que muitos dos alunos viveram em ambientes adventistas a vida inteira e tiveram pouco contato com pessoas que não pertencem a essa realidade. “Eles crescem espiritualmente quando saem de sua zona de conforto para servir e testemunhar de sua própria fé”, pontua.
Fora da sala de aula
O estudante Vinícius Miranda reforça que esse estágio é vital para eles. “É onde percebemos a rotina de trabalho como um pastor. Isso nos prepara para a função que vamos exercer”. Miranda está em Sobradinho, um pequeno município na Bahia, e pretende aumentar o número de adventistas na cidade.
O uso da tecnologia a favor do evangelho também é uma marca registrada da turma deste ano. Eles utilizam os celulares e tablets para filmar, fotografar e dar estudos bíblicos. O aluno Adriano Vargas criou seu próprio Vlog, um registro em vídeo de suas experiências em Goiânia. “O povo é demais, vive uma experiência incrível como comunidade. Está sendo algo maravilhoso para mim. Achei o meu lugar”, assegura.
“Nos últimos sete anos houve um aumento de 500% na demanda pelos futuros pastores em projetos da igreja”, comenta Wolter. Este é um indicativo do trabalho feito pelos estudantes. O número de batismos cresceu quase 80% nos últimos sete anos. Esse número triplica quando se incluem a quantidade de pessoas que os alunos visitam e preparam para serem batizadas posteriormente.
“É simplesmente maravilhoso como Deus pode usar um ser humano falho e pecador como eu para levar a mensagem da salvação”, declara o estudante Guilherme Toledo. Ele conta que é extremamente gratificante quando as pessoas falam da diferença que a visita de um aluno de Teologia fez na vida delas.
 [Equipe ASN, Guilherme Toledo]

Postagens de Destaque