sexta-feira, 11 de outubro de 2013

O Aparecimento de Cristo em Sua Segunda Vinda

Ellen White

Aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da Sua glória, segundo a eficácia do poder que Ele tem de até subordinar a Si todas as coisas. Filip. 3:20 e 21.

Cristo ascendera ao Céu na forma humana. Os discípulos viram a nuvem recebê-Lo. O mesmo Jesus que andara, e falara e orara com eles; Aquele que partira com eles o pão; que com eles estivera nos botes, no lago; e que fizeram com eles, naquele mesmo dia, a penosa subida do Olivete - o mesmo Jesus fora agora para partilhar do trono do Pai. E os anjos lhes asseguraram que Aquele mesmo que viram subir ao Céu, voltaria outra vez assim como subira. O Desejado de Todas as Nações, pág. 832.
A glória da humanidade de Cristo não apareceu quando Ele estava na Terra. ... Aquela mesma humanidade aparece agora, ao descer Ele do Céu, revestido de glória, triunfante, exaltado. Carta 90, 1898.
Cristo virá em Sua própria glória, na glória de Seu Pai, e na glória dos santos anjos. Milhares de milhares e miríades de miríades de anjos - os triunfantes filhos de Deus, possuidores de transcendente beleza e glória, escoltá-Lo-ão em Seu caminho. Em lugar de uma coroa de espinhos, trará coroa de glória - uma coroa dentro de outra. Em lugar daquele velho manto de púrpura, trajará vestes do mais puro branco, "tais como nenhum lavandeiro sobre a Terra as poderia branquear". Mar. 9:3. E em Suas vestes e na coxa terá escrito um nome: "Rei dos reis e Senhor dos senhores." Apoc. 19:16. Review and Herald, 13 de novembro de 1913.
Todo o Céu estará vazio de anjos, enquanto os expectantes santos O estarão aguardando e com os olhos direcionados ao Céu, como os varões galileus quando Ele ascendeu do Monte das Oliveiras. Então somente os que são santos, os que seguiram inteiramente o manso Modelo, exclamarão com transportes de júbilo ao contemplá-Lo: "Eis que este é o nosso Deus, a quem aguardávamos, e Ele nos salvará." Isa. 25:9. E serão mudados "num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta" (I Cor. 15:52) - a trombeta que desperta os santos que dormem e chama-os de suas camas de pó, revestidos de gloriosa imortalidade e clamando: "Vitória! Vitória sobre a morte e a sepultura!" Primeiros Escritos, pág. 110.

Maranata, O Senhor Vem - MM 1977 Pag 289

Postagens de Destaque