quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Os Elementos se Desfarão Abrasados

Ellen White

Virá... como ladrão, o dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a Terra e as obras que nela existem serão atingidas. II Ped. 3:10.

No dia do Senhor, pouco antes da vinda de Cristo, Deus, em Sua ira, enviará raios do céu, que se unirão com o fogo na Terra. As montanhas arderão como uma fornalha, e derramarão terríveis correntes de lava, destruindo jardins e campos, vilas e cidades; e, ao arremessarem nos rios seus minérios derretidos, pedras e lodo aquecido, fá-los-ão ferver como uma panela, arremetendo também rochas maciças e espalhando seus fragmentos sobre a terra com indescritível violência. Rios inteiros tornar-se-ão secos. A Terra se convulsionará, e por toda parte haverá pavorosas erupções e terremotos. Deus afligirá os perversos habitantes da Terra até serem destruídos. Spiritual Gifts, vol. 3, págs. 82 e 83.
A Terra oscilará de um lado para outro como um bêbado, e será removida como uma choça. Os elementos estarão em chamas, e o céu enrolar-se-á como um pergaminho. SDA Bible Commentary, vol. 5, pág. 1.110.
A crosta da Terra será dilacerada pelas explosões dos elementos ocultos nas entranhas da Terra. Estes elementos, uma vez desprendidos, arrebatarão os tesouros dos que, durante anos, têm estado a aumentar sua riqueza adquirindo grandes posses, a preços de fome, dos que estão a seu serviço. Manuscrito 24, 1891.
A grande conflagração geral está precisamente à frente, quando todo esse desperdiçado esforço da vida será arrebatado da noite para o dia. Testimonies, vol. 4, pág. 49.
Haverá... grande destruição de vidas humanas. Mas, como nos dias do grande dilúvio, Noé foi preservado na arca que Deus preparara para ele, assim nestes dias de destruição e calamidade, Deus será o refúgio de Seus crentes. Ele declara por intermédio do salmista: "Porque Tu, ó Senhor, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda." Sal. 91:9 e 10. "Pois, no dia da adversidade, Ele me ocultará no Seu pavilhão. ..." Sal. 27:5. Não faremos, então, do Senhor nossa segurança e nossa defesa? Carta W-258, 1907.

Maranata, O Senhor Vem. - MM 1977 Pag.281

Postagens de Destaque