segunda-feira, 18 de novembro de 2013

A Recompensa dos Ganhadores de Almas

Ellen White

Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas, sempre e eternamente. Dan. 12:3.

Quando penso naquelas palavras de Daniel, fico acordada à noite e repito-as muitas vezes: "Os que forem sábios. ... resplandecerão, como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas sempre e eternamente". Olhai ao Sol e às estrelas, dispostas nos céus e conhecidas por seus nomes. Diz o Senhor: Aqueles que a muitos conduzirem à justiça, brilharão como as estrelas sempre e eternamente. Manuscrito 83, 1886.
Para determinar quão importantes são os interesses envolvidos na conversão da alma do erro para a verdade, temos de avaliar o valor da imortalidade; temos de entender quão terríveis são as dores da segunda morte; temos de compreender a honra e a glória que aguardam os remidos, e entender o que será viver na presença dAquele que morreu para que pudesse elevar e enobrecer o homem, e conceder ao vencedor um diadema real.
O valor de uma pessoa não pode ser estimado completamente por mentes finitas. Com que gratidão hão de os remidos e glorificados lembrar-se dos que foram instrumentos de sua salvação! Ninguém lamentará então seus esforços abnegados e perseverantes esforços, sua paciência, longanimidade e fervoroso anelo do coração pela salvação de pessoas que se teriam perdido se ele tivesse negligenciado seu dever, cansando-se de fazer o bem.
Então esses de vestes brancas são reunidos no redil do Sumo Pastor. O obreiro fiel e a pessoa salva por seus labores são saudados pelo Cordeiro no trono, e guiados para a árvore da vida e para a fonte de águas vivas. Com que alegria contempla o servo de Cristo aqueles remidos, que participam da glória do Redentor! Quão mais precioso é o Céu àqueles que foram fiéis na obra de salvar almas! "Os que forem sábios. ... resplandecerão, como o fulgor do firmamento; e os que a muitos conduzirem à justiça, como as estrelas. ..." Testimonies, vol. 5, págs. 620 e 621.
O que é efetuado mediante a cooperação dos homens com Deus é uma obra que jamais perecerá, mas subsistirá pelos séculos eternos. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 199.

Maranata, O Senhor Vem - MM 1977 Pag. 328

Postagens de Destaque