quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Os votos ao senhor - Sermão



Os votos ao senhor
Deut. 23: 21 – 23

Introdução

Uma das palavras mais faladas no Brasil é, com certeza, a palavra voto, por causa das eleições que acontecem para cargos políticos, a cada dois anos, sem contar com outras eleições para escolha de dirigentes de escolas, igrejas, e outras repartições.

A-  O que é voto?

O dicionário escolar da língua portuguesa assim o define:
·        Promessa solene com que nos obrigamos para com a divindade
·        Juramento
·        Oferta (presente) trazida à divindade em cumprimento de uma promessa
·        Modo de demonstrar a vontade em um pleito eleitoral

Geralmente nos fixamos neste último item, por causa das eleições que ocorrem a cada dois anos e nos esquecemos do seu significado bíblico que é: “compromisso solene com que nos obrigamos para com a divindade”

B-    Desde quando existe voto?

·        A origem do voto remonta ao começo do mundo. Nos tempos bíblicos o voto era comum entre os adoradores de Jeová, porém outras religiões também tinham essa prática, aliás, todos os povos do mundo fazem votos aos seus deuses.

·        Segundo o teólogo John Davis, o voto é o reconhecimento da inteira dependência de Deus e o dever de agradecer-lhe.
·        Portanto, onde há religião há votos.
·        Acredito até que os votos existiam no céu e que o pecado surgiu quando Seres celestiais, quebraram os votos de fidelidade e cometeram o primeiro pecado.
·        O voto mais antigo que encontramos na Bíblia é o voto de Jacó prometendo doar o dízimo. Gen. 28: 18-22

C-    Moisés e os votos

A lei de Moisés, não prescrevia votos, isto é, não obrigava ninguém a fazer votos, apenas regulamentava-os.
D-   Havia três tipos de votos

·        Consagração
·        Abstinência
·        destruição

1.     Votos de consagração

Votos de consagração era quando alguém ou algum objeto era dedicado ao Senhor ou ao santuário, podia ser resgatado, se o doador desse em dinheiro vinte por cento a mais do que ele valia. Levítico. 27: 12-15
Samuel é um exemplo de alguém dedicado ao Senhor. 1. Samuel 1:11
Outro exemplo de consagração é o voto de Absalão. Apesar de ser um voto com motivos escusos. 2. Samuel 15: 8

2.     Votos de abstinência.

Voto de abstinência era quando alguém se obrigava a jejuar, como penitencia a fim de receber de Deus um benefício. Exemplos:
·        Davi, quando o filho adoeceu.  2. Samuel 12: 15 – 20
·        Os ninivitas quando Deus ameaçou destruir a cidade deles. Jonas 3: 5-10

Não havia e nem há tempo determinado para fazer votos; tampouco, o que a pessoa deva comer ou beber quando tiver que fazer um voto. Com exceção, do voto de nazireus que proibia a pessoa de cortar o cabelo e tomar vinho ou qualquer bebida forte. Num. 6: 1-8
Samuel e Sansão eram nazireus.

3.     Votos de destruição

O voto de destruição incluía somente aquilo que tivesse contaminado com idolatria.  Altares, Templos, Cidades, etc.

E-     Princípios gerais aplicados aos votos.

1.     Os votos são voluntários, ninguém é obrigado a fazê-los, mas uma vez feitos, quem o fez, tem a obrigação de cumpri-los. Números 30; 2
2.     Voto de abstinência feito por filha solteira ou mulher casada, sem a permissão do pai ou marido, não tem valor. Só se eles concordarem. Números 30: 3 – 8
3.     Votos feitos com produtos de ganho desonesto, não são aceitos. Deut. 23: 18.
4.     Os votos não devem ser feitos imprudentemente, pois não podem ser descumpridos. Prov. 20: 25. Ecles. 5: 5

Os votos são uma demonstração de amizade, companheirismo e comunhão com Deus; e o desejo de servi-lo.
a)     Consagrando, a si mesmo, a Deus.
b)    Consagrando os seus bens.
c)     Abstendo-se de tudo o que for prejudicial à sua saúde
d)    E destruir, na vida, toda a forma de idolatria.

Conclusão.

Qual tem sido tua atitude em relação à questão dos votos?
Tem sido fiel?
Tens votado alguma coisa e depois esqueces, ou deixa de votar para não te comprometeres com Deus?
Qual têm sido os votos que geralmente tu deixa de fazer?
Fidelidade nos dízimos.
Pacto
Fundo de inversão
Gratidão

Outros votos que fazemos ao longo da vida e devemos cumpri-los da mesma forma. Rigorosamente
1)    Voto matrimonial. Casamento. Quem não deseja cumprir este voto, não case.
2)    Voto batismal. É o compromisso solene que é feito a Deus, na presença da igreja reunida.
3)    À profissão escolhida. Esse voto é feito, geralmente, no dia da formatura. Médicos, engenheiros, pastores, etc. cada profissional faz um voto de dedicação à profissão escolhida. Deve ser cumprido.
4)    Nos negócios. O cristão deve pensar bem antes de se comprometer em um negócio. Pois a palavra de um cristão deve ser: “Sim, sim;  não, não;  O que passar disso vem do maligno”. Foi Jesus quem o disse. Mat.5: 37


Que Deus nos ajude cumprir nossos votos


Pr. Manoel Barbosa da Silva





Postagens de Destaque