sábado, 8 de março de 2014

Vida de Sacrifício - Não Amar o Mundo

Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. I João 2:15 e 16.
A juventude que vive nesta época terá de empenhar-se numa luta tremenda, se quiser fazer a norma de sua vida baseada em princípios corretos. O maior esforço de grande classe da sociedade é fazer o que os outros fazem, amoldando sua vida de acordo com a norma do mundo. Como uma bolha ou uma semente sem valor, são levados na onda. Não têm individualidade, nem independência moral. A aprovação do mundo é de mais valor para eles do que a aprovação de Deus ou a estima daqueles a quem Ele ama. Seu único motivo ou sua única regra de ação é a conveniência. ... São o alvo das tentações de Satanás. Eles não têm o devido respeito próprio, nem a verdadeira felicidade na vida. Essa classe é lamentável por suas fraquezas e loucuras, e seu exemplo deve ser desprezado por quantos desejem ser realmente merecedores de respeito. Mas... sua companhia é sempre desejada e parece que tais pessoas exercem um fascinante poder, quase impossível de ser evitado. ...
Ao formardes vossas opiniões e escolherdes vossos companheiros, permiti que a razão e o temor do Senhor sejam vosso guia. Sede firmes em vosso propósito aqui, a despeito das opiniões que os outros tenham a vosso respeito. Quando os preceitos de Deus vos guiarem a uma atitude contrária à dos vossos companheiros, ide para a frente, resolutamente, quer sigais a muitos ou a poucos. O que quer que seja que a Palavra de Deus condene, isto rejeitai, mesmo que o mundo inteiro o adote e defenda. ...
Os que seguem na onda, os que amam aos prazeres e à condescendência própria, escolhendo o caminho da facilidade, sem tomar em conta os princípios, contanto que sua vontade seja satisfeita - estes nunca ficarão com os vencedores, ao redor do grande trono branco. The Youth's Instructor, 10 de outubro de 1883.
Ellen White
Minha Consagração Hoje - MM 1989/1953 Pag. 71

Postagens de Destaque