quinta-feira, 3 de abril de 2014

Liberdade para Acreditar

A Igreja Adventista do Sétimo Dia acredita firmemente na liberdade religiosa para todos. O que deve ditar a escolha religiosa de alguém é a sua consciência, e não o governo.

Nós defendemos esses objetivos há mais de cem anos, pelo departamento de Relações Públicas e Liberdade Religiosa (RPLR), para governos e organizações internacionais e religiosas.
Essa defesa toma forma de várias maneiras: na luta contra as leis que inibem a liberdade religiosa de um indivíduo; no trabalho para que aqueles que foram presos por motivos religiosos sejam libertos e apoiando os direitos daqueles que foram demitidos de seus empregos por seguirem suas convicções. 
O departamento de RPLR é a voz oficial da Igreja Adventista do Sétimo Dia para assuntos de liberdade religiosa e direitos humanos e mantém seus escritórios em Washington DC, a fim de facilitar o acesso ao Congresso Americano, para manter contato com as Nações Unidas, em Nova Iorque, e a sede da Igreja Adventista em Silver Spring, MD (E.U.A.). O RPLR  também patrocina a Associação Internacional de Liberdade Religiosa (AILR) em nome da Igreja Adventista. A AILR é uma organização não sectária que apoia a liberdade religiosa no mundo. 
A AILR é a primeira organização dessa natureza, e reúne representantes de várias religiões, como católicos, batistas, muçulmanos, judeus, mórmons, budistas e outros, a fim de apoiar a liberdade religiosa. O departamento de RPLR e a AILR promovem essa parceria por meio de conferências, festivais de liberdade religiosa e outros eventos, elevando a consciência coletiva e educando líderes de governo em todo o mundo. 
Essa prioridade é essencial para a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Embora seja uma denominação que cresce rapidamente no mundo, por vezes a igreja integra a minoria religiosa, e consequentemente, entende a importância de garantir que todos possam expressar seu pensamento. 
A Igreja Adventista do Sétimo Dia acredita que a luta contra a opressão religiosa e a defesa dos direitos pela liberdade religiosa é do interesse de todos. 

Postagens de Destaque