domingo, 27 de abril de 2014

Se você deixa seus filhos assistir os "filmes inocentes" da Disney leia isto


Fonte - Criacionismo

Palavra “Deus” é banida de filmes da Disney

Preconceito localizado
A palavra “Deus” está proibida de ser dita em qualquer produção da Disney. A revelação foi feita pela dupla de compositores do hit “Let It Go”, música que faz parte da trilha da animação “Frozen - Uma Aventura Congelante” e que ganhou o Oscar de canção original neste ano. O casal Robert Lopez e Kristen Anderson-Lopez disse em entrevista à rede norte-americana NPR (National Public Radio) que “um dos poucos temas que são encarados com reserva na Disney são relacionados à religião, como a palavra ‘Deus’”. E completaram: “Você pode dizê-la dentro da empresa, mas não pode colocá-la nos filmes.” [...] (Último Segundo)

Nota: Curioso... A palavra “Deus” e conceitos religiosos não podem ser sequer pronunciados nas produções da Disney, em compensação:
Pocahontaspoca = espírito; hontas = do abismo, ou seja, “espírito saído do abismo”. No desenho, Pocahontas fala com um espírito na árvore. O caule da árvore fica com a forma do rosto de uma velha, que seria sua ancestral, falecida havia 400 anos. Árvores com sentimentos e capazes de falar são comuns na cultura celta, e são citadas em diversos ritos pagãos de feitiçaria. Esse tipo de religião pode?
Hércules – A certa altura da animação, o diabólico Hades diz: “E o único idiota que pode estragar tudo está perambulando por aí.” Nesse momento, aparece atrás dele uma labareda, com uma inscrição subliminar só perceptível com congelamento de cena: “Jesus”. Em contextos de blasfêmia, pode-se usar o nome de Jesus?
Moogly – A serpente diz ao menino que olhe em seus olhos, porque o levaria para o mais profundo abismo, de onde jamais sairia. É com cenas de hipnotismo que isso é mostrado nesse desenho infantil. Isso pode?
Robin Wood – O herói usa uma bola de cristal para invocar o príncipe das trevas e conjura com os dedos das mãos, fazendo sinais reconhecidos como sendo os mesmos da prática satanista para invocar demônios. Satanismo pode?
Cinderela – No desenho, o gato de Cinderela se chama Lúcifer. Tanto a madrasta malvada quanto a própria Cinderela aparecem chamando o gatinho de estimação da seguinte forma: “Vem, Lúcifer, vem para mim.” Esse nome pode ser usado nas produções?

Como se pode ver, há na Disney um preconceito localizado contra o Deus bíblico e a religião judaico-cristã. O resto vale. [MB]

Postagens de Destaque