sexta-feira, 9 de maio de 2014

Cuidado com políticos que votam leis contra a Bíblia.



Leia com atenção o texto a seguir. Foi escrito por Ellen White.

Se você é um bom adventista, sabe quem foi Ellen White, e o peso que ele tem nesta igreja

(Do Livro Eventos Finais, Pag. 127, 128)

Defensores da Lei Dominical não Compreendem o que Fazem
O movimento dominical está agora abrindo caminho nas trevas. Os líderes encobrem a verdadeira questão, e muitos que se unem ao movimento não percebem para onde propende a tendência oculta Eles estão agindo como cegos. Não vêem que se um governo protestante abandona os princípios que deles fizeram uma nação livre e independente, e, pela legislação, introduz na Constituição princípios que propaguem a falsidade e ilusão papal, eles estão se lançando nos horrores romanos da Idade Média. Review and Herald Extra, 11 de dezembro de 1888.

 
Muitos há, mesmo entre os que se empenham neste movimento em favor da imposição do domingo, que se acham cegos aos resultados que seguirão a essa ação. Não vêem que golpeiam diretamente a liberdade religiosa. Muitos existem que jamais compreenderam as reivindicações do sábado bíblico e o falso fundamento sobre o qual repousa a instituição do domingo. ...
Os que se empenham em conseguir uma emenda à Constituição, para obter uma lei que imponha a observância do domingo, mal compreendem qual vai ser o resultado. Uma crise está iminente. Testemunhos Seletos, vol. 2, págs. 318 e 352.

 
Não Ficar Parado, Sem Fazer Nada
É nosso dever fazer tudo que estiver ao nosso alcance para evitar o perigo que se aproxima. ... Sobre homens e mulheres de oração, em todas as partes do país, recai a grande responsabilidade de pedir que Deus afaste essa nuvem do mal, e conceda mais alguns anos de graça para trabalharmos para o Mestre. Review and Herald Extra, 11 de dezembro de 1888.

 
Os que estão agora guardando os mandamentos de Deus precisam pôr-se em atividade para obter a ajuda especial que só Deus pode dar-lhes.

Devem trabalhar mais diligentemente para adiar até quando for possível a calamidade que se aproxima. Review and Herald, 18 de dezembro de 1888.
 
O povo de Deus, que guarda os mandamentos, não deve permanecer calado neste tempo, como se aceitássemos a situação de bom grado. SDA Bible Commentary, vol. 7, pág. 975.

 
Não estamos cumprindo a vontade de Deus se nos deixarmos ficar em quietude, nada fazendo para preservar a liberdade de consciência. Fervente e eficaz oração deve ascender ao Céu para que essa calamidade seja deferida até que possamos realizar a obra por tanto tempo negligenciada. Haja as mais fervorosas orações, e então trabalhemos em harmonia com as nossas orações. Testemunhos Seletos, vol. 2, págs. 320 e 321.


Há muitos que estão despreocupados, e se acham, por assim dizer, adormecidos. Eles dizem: "Se a profecia predisse a imposição da observância do domingo, a lei certamente será promulgada", e, tendo chegado a essa conclusão, assentam-se em calma expectativa do evento, confortando-se com o pensamento de que Deus protegerá Seu povo no tempo de angústia. Mas o Senhor não nos livrará se não fizermos algum esforço para realizar a obra que Ele nos confiou. ...

 
Como fiéis atalaias, deveis dar o aviso ao ver que vem a espada, para que homens e mulheres, pela ignorância, não sigam um rumo que evitariam se conhecessem a verdade. Review and Herald Extra, 24 de dezembro de 1889.


Combater as Leis Dominicais Pela Pena e Pela Voz
Não podemos trabalhar para agradar a homens que irão empregar sua influência para reprimir a liberdade religiosa, e pôr
em execução medidas opressivas para levar ou compelir seus semelhantes a observar o domingo como sábado
. O primeiro dia da semana não é um dia para ser reverenciado. É um sábado espúrio, e os membros da família do Senhor não podem ter parte com os homens que o exaltam, e violam a lei de Deus, pisando Seu sábado. O povo de Deus não deve votar para colocar tais homens em cargos oficiais; pois assim fazendo, são participantes nos pecados que eles cometem enquanto investidos desses cargos. Fundamentos da Educação Cristã, pág. 475.


Espero que a trombeta dê o sonido certo no tocante a esse movimento da lei dominical. Penso que seria melhor se, em nossas revistas, o assunto da perpetuidade da lei de Deus se tornasse uma especialidade. ... Devemos agora fazer tudo que for possível para derrotar essa lei dominical. Counsels to Writers and Editors, págs. 97 e 98.


Comentário do Pastor Manoel Barbosa 

Tenho sido criticado por muitos, por causa do meu repúdio a políticos que defendem leis opressivas e, ou, leis contra os princípios da palavra de Deus.
Tenho combatido muito o PT, não apenas por causa da roubalheira desenfreada desse partido, pois a maioria dos políticos são desonestos, mas por causa das leis que ora estão em andamento, leis que fere diretamente os princípios cristãos. e todas, absolutamente todas, são de origem do PT ou de algum partido comunista, aliado do PT que também é comunista com nome diferente
Entre essas leis podemos destacar:
- Casamento homossexual
- Distribuição de kits pornográfico nas escolas, para ensinar as crianças a pratica da prostituição e do homossexualismo
- Distribuição de camisinhas, nas escolas,  para crianças de dez anos, quando o certo seria ensinar as crianças a manter a pureza sexual até o casamento
-Proibição de símbolos religioso nas repartições públicas (Cruz, Terço, Bíblias, etc)
- Cotas raciais, promovendo assim a segregação de raças, quando o certo seria dar condições a todos de crescer pelos próprios méritos
- e tantos outros projetos de leis absurdas.

Os que votam leis conta a palavra de Deus, serão os mesmos que votarão o DECRETO DOMINICAL.
 E quem apoiar esses políticos, com a desculpa absurda, de que a profecia terá que ser cumprida, estará se colocando no mesmo nível de judas. Jesus teria que ser traído e morto,  mas Judas o traiu por que quis.

As profecias atuais irão se cumprir. As leis opressivas virão contra o povo de Deus, a perseguição virá, mas não com o meu apoio.

Eu não sou Judas. você o é?

Postagens de Destaque