domingo, 4 de maio de 2014

Mesmo gravemente ferida após acidente, mulher amamenta o filho em Prado

 

Fonte - http://leniojornalismo.blogspot.com.br/ 

 

Amor de mãe é sublime, incomparável, pensa mais no filho do que em si. Só o amor de Deus, para superá-lo.

 

Veja esta reportagem

 

Mesmo gravemente ferida após acidente, mulher amamenta o filho em Prado

Mesmo gravemente ferida após acidente, mulher amamenta o filho em Prado 
O atropelamento aconteceu na noite deste sábado (3), por volta das 21h, no distrito de Guarani, interior do município de Prado, quando a jovem Adenilza Bonfim de Jesus, de 25 anos, foi surpreendida por uma moto ao tentar atravessar uma das ruas da localidade. Logo após o acidente e mesmo com a moradora apresentando fratura exposta na perna direita e várias escoriações pelo corpo, o motociclista atropelador fugiu sem prestar socorro. O que chamou a atenção de todos que acompanharam o drama da vítima esperando por socorro, foi sua atitude de mesmo caída e sentindo fortes dores, ter conseguido segurar e amamentar o filho que estava em sua companhia no momento do atropelamento. Percebendo a atitude da mãe outras mulheres aproximaram-se e ajudaram no processo de alimentação do bebê. Pouco tempo depois Adenilza foi socorrida por uma viatura da Polícia Militar do Prado, já que a ambulância do SAMU estava em outra atividade de transferência de um paciente para Teixeira de Freitas e levada ao Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), onde recebeu atendimento médico. Fora a fratura exposta na perna que ainda requer muita atenção, o quadro clinico da mulher é considerado bom. Vítima sofreu fratura na perna direita e motociclista atropelador fugiu Vítima sofreu fratura na perna direita e motociclista atropelador fugiu 
 Vítima sofreu fratura na perna direita e motociclista atropelador fugiu 
A partir de agora as investigações em torno do atropelamento seguem a cargo da delegada Rosângela Santos, titular do Prado, que busca saber quem foi o motociclista atropelador e os motivos que levaram o mesmo a fugir sem prestar qualquer tipo de socorro à vítima. 
(Por Ronildo Brito)

Postagens de Destaque