sábado, 28 de junho de 2014

A Bondade Promove a Saúde


Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo. Prov. 16:24.


As palavras bondosas, de alegria e encorajamento, produzirão melhor efeito do que os mais eficazes medicamentos. Estas levarão ânimo ao coração desanimado, e a felicidade e o prazer produzidos na família pelos atos de bondade e pelas palavras de estímulo, recompensarão dez vezes mais o esforço feito. O esposo deve lembrar que grande parte da responsabilidade de instruir os filhos recai sobre a mãe, que muito lhe toca a ela na formação do espírito deles. Esta circunstância deve despertar-lhe os mais ternos sentimentos, e com tato deverá aliviar-lhe os fardos. Deve ele animá-la a amparar-se em sua grande afeição e dirigir-lhe a mente para o Céu, onde existe força, e paz e, afinal, o repouso para o cansado. Testimonies, vol. 1, págs. 306 e 307.
Sua bondade e amorável cortesia serão para ela uma preciosa animação, e a felicidade que ele comunica lhe trará paz e alegria ao próprio coração. A Ciência do Bom Viver, pág. 374.
A mais deliciosa espécie de Céu é um lar em que preside o Espírito do Senhor. ... Qualquer coisa que venha prejudicar a paz e a unidade da família deve ser evitada com firmeza, e nutridos a bondade e o amor. Signs of the Times, 20 de junho de 1911.
O lar deve ser um lugar onde o contentamento, a cortesia e o amor façam habitação; onde moram essas graças, aí residem a paz e felicidade. A Ciência do Bom Viver, pág. 393.
Os que estão travando a batalha da vida com grandes desvantagens podem ser refrigerados e fortalecidos por pequeninas atenções que nada custam. Palavras bondosas, proferidas com simplicidade, pequenas atenções dispensadas sem ostentação, hão de afugentar as nuvens da tentação e dúvida que se adensam por sobre a alma. O Lar Adventista, pág. 485.
Sob a influência da brandura, bondade e afabilidade, cria-se uma atmosfera que há de curar e não destruir. Carta 320, 1906.

Minha Consagração Hoje - MM 1989 Pag. 152

Postagens de Destaque