sexta-feira, 6 de junho de 2014

Lugar, Paz, Presença - Salmo 23, Parte 3

 

 

1

Lugar, Paz, Presença - Salmo 23, Parte 3Texto: Salmo 23:4
“Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam”.

Introdução: Nas semanas anteriores observamos os três primeiros versículos deste salmo tão familiar. Hoje à noite nós queremos olhar para o quarto verso. Nele encontramos três pensamentos básicos. Um lugar, Uma paz, e Uma presença.

I. Lugar: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte...”.

 

A. Para o crente, a morte é lucro. Filipenses 1:21 "Porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro" - 2 Coríntios 5:8: "temos bom ânimo, mas desejamos antes estar ausentes deste corpo, para estarmos presentes com o Senhor"
 
B. Um vale é uma ravina profunda ou desfiladeiro.
1. Pode ser um vale de enfermidade.
2. Pode ser um vale de perda financeira e ruína.
3. Pode ser um vale de vergonha e desonra.
4. Pode ser um vale de luto.
5. Pode ser um vale de angustia.
6. Ou, como Davi refere-se aqui, pode ser o vale da sombra da morte.
C. Três causas da morte para o filho de Deus.
1. O trabalho do crente está terminado. (2 Timóteo 4:6) "Quanto a mim, já estou sendo derramado como libação, e o tempo da minha partida está próximo"
2. Disciplina Divina. 1 Coríntios 11:30, "Por causa disto muitos fracos e doentes entre vós, e muitos que dormem"
3. Glorificar a Deus. Filipenses 1:20 “segundo a minha ardente expectativa e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a ousadia, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte”.
D. Não devemos temer as sombras.
1. Morrer é uma sombra.
2. A sombra de um cão não pode morder.
3. A sombra de uma espada não pode matá-lo.
4. A sombra da morte não pode separar o crente de vida.
5. A razão pela qual algumas pessoas temem a morte é porque elas ainda não estão morrendo... Deus lhe dá a graça de morrer.
E. Não importa quão escura é a sombra, ela é apenas uma lembrança da presença da Luz.
1. No que escolhemos nos concentrar?
2. Na Luz?

II. Paz: "... Eu não temeria mal algum, porque tu estás comigo...”.

 

A. O grande pastor nunca vai nos abandonar.
 
1. Quando estamos fracos. (2 Coríntios 12:8-10) "acerca do qual três vezes roguei ao Senhor que o afastasse de mim; e ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco, então é que sou forte"

 
2. Quando estamos cansados. (Gálatas 6:9) "E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido" - (Mateus 11:28) "Vinde a mim, todos os que estais cansados ​​e oprimidos, e eu vos aliviarei" 

 
3. Quando os outros nos abandonam. (Salmo 27:10) "Se meu pai e minha mãe me abandonarem, então o Senhor me acolherá"
B. Uma das coisas que acalma a ovelha é a presença do pastor.

III. Presença. "... Tua vara e o teu cajado me consolam”.

A. A vara e o cajado.
1. Vara fala de autoridade – O cajado fala de ajuda, apoio.
2. A vara é para a defesa – O cajado para a direção.
3. A vara é usada para governar – O cajado para a restauração.
4. A vara é usada para inimigos – O cajado para as ovelhas.
5. A vara usada para governar – O cajado para orientação.


B. Seu cajado me mantém em linha reta, a sua vara me mantém seguro.

 
C. Este é um tipo da Palavra de Deus. (2 Timóteo 3:16) "Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça" 

 
D. O Pastor providencia conforto para as suas ovelhas mesmo no vale.


Pr. Aldenir Araújo

fONTE - http://www.opregadorfiel.com.br/2014/06

Postagens de Destaque