quinta-feira, 26 de junho de 2014

O que será do amanhã? responda quem puder...

 

Fonte - http://protestocristao.blogspot.com.br/2014/06/ 


O que será do amanhã? responda quem puder...


Ligo a TV, e me deparo com a Globo e mais um programa apelativo, discriminatório, padronizador, manipulador, definindo o que a sociedade deve ser e aceitar como correto, tudo isso com um merchan barato e caricato como já era de se esperar daqueles formadores de opnião de um público sem meta e sem rosto;

Como podemos definir nossa sociedade? o que podemos esperar? se tudo aquilo que é sagrado, tudo o que um dia nos foi ensinado, e assim, aquilo que formou a sociedade até o momento, passa a ser errado, absurdo, e imoral... A velha palmada é banida como se fosse a pior das atitudes, a falta de amor agora é a correção, e a falta desta agora é a prova de cuidado!

Uma sociedade sem padrões não possui um modelo, e consequentemente não serve de exemplo para a nova sociedade que nasce sem Deus, sem temor, sem pai, sem mãe, sem sexo, tendo um estado como definidor do que você precisa ser, furtando dos principais responsáveis pelos filhos, o direito e compromisso da formação do cidadão.

Isolam uma atitude desajustada de um membro da socieade tida por ultrapassada, e definem como desajustados todos aqueles que precisem agir de forma contrária ao novo modelo de cidadão. Limite agora é palavra proibida, a censura deve ser tratada como mito, e DEUS... que Deus? Se até o genero que Ele formou do pó da terra está sendo reinventado, seu modelo banido e esculachado, uma verdadeira reinvenção da roda, sem o mínimo de escrupulo por considera-lo como de fato ele é.

Não me espanto, se o amanhã nos reservar o que ainda é considerado como aberrações, como novas metas, a exemplo das antigas parafilias que passam a ser focos de conquistas de grupos isolados. Diante do que era absurdo, e agora o absurdo é o não aceitar, não me espanto se ser considerado casais homens e bestas, adultos e crianças, pessoas e objetos, vivos e mortos... É crime o que se escreve aqui? Talvez haja uma afronta a futuros objetivos, talvez não (tomara que não!!!), mas, que saibam, que nada disso será, ou é surpresa, para aqueles examinadores das linhas sagradas, do livro tido por mitoilógico, para os que lêem a Bíblia Sagrada, pois é lá que encontramos alertas sobre o que vemos atônitos, dos avanços de comunicação, da transposição de tempo e espaço, da corrupção do genero humano, da incredulidade.

Digo ainda mais, que essa última, a incredulidade, é o pior dos venenos. existiam duas cidades Sodoma e Gomorra, sobre as quais é sabido que Deus executou Juízo sobre sua pervesidade;Porem, o que mais espanta disso tudo, é que Deus alerta por diversas vezes a seu povo que Deus seria menos severo com essas duas pervetidas cidades do que para com seu povo escolhido, isso porque, o povo que Ele escolhera, praticava e aderia a incredulidade.

“Ora, foi esta a maldade de Sodoma, tua irmã: soberba, fartura de pão, e abundância de ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca amparou o pobre e o necessitado. Elas se ensoberbeceram, e fizeram abominação diante de mim; pelo que, ao ver isso, tirei-as do seu lugar.” Ezequiel 16:49-50

“Samaria não cometeu metade de teus pecados. Multiplicaste as tuas abominações mais do que elas, e justificaste a tuas irmãs, com todas as abominações que fizeste. Sofre a tua vergonha, tu que julgaste a tuas irmãs, pelos teus pecados, que cometeste mais abomináveis do que os delas; mais justas são do que tu. Envergonha-te logo também, e sofre a tua vergonha, pois justificaste a tuas irmãs.” Ezequiel 16:51-52

“Porque maior é a iniqüidade da filha do meu povo do que o pecado de Sodoma, a qual foi subvertida como num momento, sem que mãos lhe tocassem.” Lamentações 4:6

Somando-se a isso, temos a afirmação de Jesus:

“E tu, Cafarnaum, que te ergues até aos céus, serás abatida até aos infernos; porque, se em Sodoma tivessem sido feitos os prodígios que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje. Porém eu vos digo que no dia do juízo haverá menos rigor para os de Sodoma, do que para ti.” Mateus 11:23-24



Além dos Crimes que a sociedade comete contra o Deus santo, seu povo comete incredulidade... Como se não bastasse a incredulidade dos que cometem abominações,Deus lida com a falta de fé, de conversão e de obediência daqueles que deveriam ser exemplos entre os homens.Cristo Chama a atenção de seu povo no passado, como se estivesse nos alertando agora no presente sobre o perigo do não crer, que não será apenas observado por Deus, mas também julgado por Ele.

Por isso gostaria de terminar com o título desta postagem, que nada mais é que uma frase de uma conhecida música popular de nosso Brasil: O que será do amanhã? Responda quem puder! Se estamos incorrendo nos mesmos erros de cidades condenadas, se estamos, como povo de Deus, cometendo a mesma incredulidade do passado, que nos torna tão desagradáveis a Deus quanto os mais promiscuos seres humanos.

Quem for santo santifique-se, Cristo está voltando, e tomara que nós, ouvintes de sua voz, não nos encontremos vivendo o que padronizamos como certo, nem descrendo do que deve ser nosso único padrão de vida: A Palavra de Deus.

Postagens de Destaque