quarta-feira, 23 de julho de 2014

Dirigente Adventista da Holanda trocou, no último instante, o bilhete do avião de Air Malasia derrubado na Ucrânia.

23 de julho, 2014 - Categoria: internacional, prima Notes - Sem comentários

Malásia-Air-lineFuente: EUD.

Haia, Países Baixos [Andrew McChesney, CD EUDnews]. Uma líder da Igreja Adventista na Holanda no último minuto mudou seu bilhete Malaysian Airlines derrubado por um míssil no leste da Ucrânia com 298 mortes, todos os passageiros.
A líder-
Frieda Tomasoa Souhuwat, tinha comprado um bilhete de avião do voo 17 da Malaysian Airlines  de Amsterdã a capital da Malásia, Kuala Lumpur, em 17 de julho, de acordo com Wim Altink, Presidente da União Adventista na Holanda, na terça-feira.

"Porque ela queria chegar lá antes de seu destino, adiantou seu  vôo um dia,  na linha Emirates", disse Altink.

Souhuwat-Tomasoa um membro do conselho executivo da União Adventista na Holanda e uma anciã da igreja da congregação adventista norte de Rotterdam, estava viajando para Ambon, na Indonésia, para participar de um mandato de reconciliação das Nações Unidas em um conflito sectário décadas atrás.

Ela viaja regularmente para Ambon, Ilhas Molucas em, a leste da ilha de Sulawesi, como um participante ativo no programa da ONU, disse que ATLINK.

Souhuwat-Tomasoa, que agora está em Ambon, não pôde ser contatada para ser entrevistada.

O vôo 17 Malaysian Airlines  caiu na região de East ucraniano controlada por rebeldes pró-Russos, enquanto realizava um vôo comercial regular. 

Estados Unidos e os países ocidentais têm sugerido que os rebeldes derrubaram o avião com um míssil fornecido pela Rússia. Autoridades russas negaram as acusações e imagens publicadas na qual, segundo eles, um avião de caça ucraniano se aproximou do avião civil, pouco antes de o avião caiu.

Dois terços dos passageiros eram holandeses. Nenhum membro da Igreja Adventista estava a bordo, disse Altink, que verificou os nomes da lista de passageiros com os líderes adventistas de outros países.

Na Holanda, a comunidade adventista e outros cidadãos estão chocados porque quase todo mundo conhece pelo menos um dos passageiros, direta ou indiretamente, disse Altink.

wim-Altink "Nosso país está de luto", disse ele. "Este evento tem tido um grande impacto. Todo mundo é afetado. "

Os líderes adventistas locais oraram durante a reunião semanal de 21 de Julho, por aqueles que perderam entes queridos, disse,
em um comunicado oficial, que os adventistas da União holandesa das Igrejas adventistas na Holandarealizaram um momento especial  de oração, pelas familias que perderam seus queridos,  durante  o culto no sábado.

"Estamos profundamente tristes com o sofrimento causado por esta catástrofe sem precedentes na MH017 vôo leste da Ucrânia", disse o comunicado Altink. "solidarizamos e oramos  pedindo a Deus força e conforto para aqueles que foram afetados."

Fotos: Wim Altink, presidente da União Adventista Holanda (imagem da Igreja Adventista)

Por: Andrew McChesney, CD EUDnews.


Fonte - http://noticias.adventista.es/2014/07/23/

Traduzido por Manoel Barbosa da Silva
Tradução Livre

Postagens de Destaque