domingo, 6 de julho de 2014

Vida Social - Agradáveis São as Palavras Acertadas


Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo. Prov. 25:11.


Quando em uma festa, Cristo dominava a conversação à mesa e dava muitas lições preciosas. E os que estavam presentes ouviam-nO: pois não havia Ele curado os seus doentes, confortado os tristes dentre eles, tomado nos braços os seus filhos, e os abençoado? Publicanos e pecadores eram atraídos a Ele, e quando falava, tinha a atenção deles sobre Si.
Cristo ensinou os Seus discípulos como conduzir-se quando em companhia de outros. Instruiu-os quanto aos deveres e obrigações da verdadeira vida social, que são as mesmas leis do reino de Deus. Ensinou-lhes pelo exemplo que ao assistir a qualquer reunião pública, não precisavam desejar dizer alguma coisa. Sua conversação diferia profunda e decididamente daquilo que tinha sido ouvido em festas no passado. Cada palavra que proferia era para os Seus ouvintes um cheiro de vida para vida. Falava com clareza e simplicidade. Suas palavras eram "como maçãs de ouro em salvas de prata". Prov. 25:11. Review and Herald, 2 de outubro de 1900.
Comunhão com Cristo - quão inexplicavelmente preciosa! Tal comunhão é nosso privilégio ter. ... Quando os primeiros discípulos ouviram as palavras de Cristo, sentiram necessidade dEle. Buscaram-nO, acharam-nO e seguiram-nO. Estavam com Ele em casa, à mesa, no culto ou em público. Como alunos com o mestre, recebiam diariamente de Seus lábios lições de santa verdade. Olhavam para Ele como os servos para seu amo. ... Serviam-nO alegremente, espontaneamente. ...
Grande importância, é ligada a nossas associações. Podemos formar muitas que são agradáveis e ajudam, mas nenhuma é tão preciosa como essa pela qual o homem finito é levado em comunhão com o infinito Deus. Quando assim unidos, as palavras de Cristo permanecem em nós. ... O resultado será um coração purificado, uma vida ponderada e um caráter sem defeito. Mas é tão-somente conhecendo a Cristo e a Ele nos associando, que nos podemos tornar semelhantes a Ele, o único Exemplo Irrepreensível. Signs of the Times, 10 de setembro de 1885.


Ellen White
Minha Consagração Hoje - MM 1989 Pag. 189

Postagens de Destaque