segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Igreja Adventista mundial dá alerta contra Ebola


 

Igreja Adventista mundial dá alerta contra Ebola  


Voluntários estão nas regiões de maior incidência do vírus para atender vítimas
Voluntários estão nas regiões de maior incidência do vírus para atender vítimas
Silver Spring, EUA … [ASN] A área do Ministério da Saúde da sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia enviou, no final da semana passada, um aviso a todos os líderes dessa área das 13 divisões da denominação a respeito de cuidados com a epidemia provocada pelo vírus Ebola. A organização está preocupada com o surto e tem acompanhado de perto as ações na região afetada.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou, no último dia 8, a epidemia de ebola no oeste da África como uma emergência pública sanitária internacional. O comitê de urgência da OMS considera que são dadas as condições para declarar “uma emergência de saúde pública de alcance mundial”. Com isso, os países afetados pela epidemia vão ter que adotar, entre outras medidas, exames para detectar o vírus em aeroportos, portos e postos de fronteira, em todas as pessoas que apresentarem febre e outros sintomas semelhantes aos do Ebola.
A epidemia, que já deixou desde o início do ano até o último dia 8 961 mortos e mais de 1.700 supostos casos detectados. No comunicado, o Ministério da Saúde da Igreja recomenda que os membros e líderes não viajem a essa região (especialmente países como Libéria, Guiné e Serra Leoa) até que esteja claro que a epidemia esteja sob controle.
Outra sugestão dada é que os membros, de modo geral, redobrem cuidados com higiene pessoal como o hábito de lavar as mãos e mesmo usar produtos para uma maior assepsia. “Cada um de nós tem a responsabilidade de fazer sua parte para conter o alastramento do vírus”, finaliza a nota assinada por Peter Landless, diretor do Ministério da Saúde na sede mundial adventista. [Equipe ASN, da Redação]

Postagens de Destaque