terça-feira, 23 de setembro de 2014

O que Vestir Para Ir à Igreja?

 

Matéria oportuna e elucidativa

 

O que Vestir Para Ir à Igreja?

O que Vestir Para Ir à Igreja?

Alguns dizem que devemos ir à igreja como estamos; de forma simples, com o que se gosta e com o que se sente bem. Outros dizem que devemos usar as melhores roupas, pois Deus merece o melhor. A cada nova estação do ano, novas tendências relativas ao vestuário, como um todo, aparecem nas vitrinas. Os programas de TV apresentam essas novas tendências, onde diversas reportagens e revistas ensinam qual o modelo mais adequado para cada tipo físico, e ensinam como fazer combinações interessantes com as novas peças de roupas disponíveis no mercado.

Os homens não estão excluídos do assunto da moda e da vaidade. Hoje, são tentados quase que semelhante às mulheres, mas de forma especial gostaria de escrever para as mulheres cristãs. Especialmente as mulheres são tidas como “um apelo ao sexo”, e as mulheres cristãs tem um papel muito especial a desempenhar no lar, na sociedade e também na igreja quanto a este assunto. As mulheres cristãs devem andar bem vestidas, como verdadeiras filhas do Rei, mas, de forma simples, como verdadeiras servas de Cristo. Não há nada de errado o cristão acompanhar a moda, mas quando a moda fere o menor nível da decência e do respeito, o cristão deve evitar. Cito alguns exemplos: sair na rua ou entrar na igreja de mini-saia, sentar na plataforma da igreja ou mesmo nos bancos com saia curta, ir com roupas sem mangas ou sem costas e mostrar parte dos seios, onde a atenção dos adoradores pode ser desviada de Deus.

A mulher quando é convidada para um casamento quer ir bonita, pois quem a convidou é alguém querido, um parente amado, e ela quer demonstrar esse carinho estando bem vestida. As noivas, no dia do seu casamento, apresentam-se belas para o seu noivo, não é verdade? Quando as mulheres vão para uma entrevista de trabalho procuram trajar-se da maneira mais apropriada e discreta. E porque motivo, para Jesus, seria diferente? Ele merece o nosso melhor nessa hora. É o seu encontro com Ele, portanto, valorize esse momento! Não existe uma regra para ser seguida. Se você é uma menina vista-se de acordo com sua idade; se é mais madura procure a elegância. É desaconselhável e errado usar roupas transparentes, mostrando mais do que os outros não querem ver. Não existe nada de errado usar cores, roupas alegres, limpas e bem passadas, assim estará bem vestida para um momento tão importante que é  a adoração a Deus. As mães cristãs tem o privilégio e o dever de ensinar os seus filhos a, desde pequenos, fazer a diferença entre as roupas da igreja e as outras roupas. 

A bíblia traz um verso muito oportuno que diz: “E disse: Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa.” Êxodo 3:5. Não havia nada de diferente naquela terra que Moisés estava pisando com suas sandálias, a não ser a santidade da presença de Deus. Esse pequeno verso mostra-nos que não podemos nos achegar à presença de Deus de qualquer forma. As roupas das mulheres cristãs devem ser simples, de bom gosto, descentes e discretas. Veja estes textos: “O enfeite delas não seja o exterior, no frisado dos cabelos, no uso de jóias de ouro, na compostura dos vestidos; mas o homem encoberto no coração; no incorruptível traje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.” I Pedro 3:3-4

“Que ninguém desonre a casa de Deus com enfeites ostensivos!” Testemunhos Seletos, vol. 2, 202.

“Todos deveriam ser ensinados a trajar-se com asseio e decência, sem, porém, se esmerarem no adorno exterior, que é impróprio da casa de Deus. Cumpre evitar toda ostentação em matéria de roupa, que somente serviria para estimular a irreverência. Não raro a atenção das pessoas é dirigida sobre esta ou aquela peça de roupa e deste modo são sugeridos pensamentos que não deviam ocorrer no coração dos adoradores. Deus é que deve ser o objeto exclusivo de nossos pensamentos e adoração; qualquer coisa tendente a desviar o espírito de seu culto solene e sagrado constitui uma ofensa a Ele. A exibição de enfeites, como laços, fitas e penachos, bem como ouro ou prata, é uma espécie de idolatria que não deve estar associada ao culto sagrado de Deus.” Testemunhos Seletos, vol. 2,  201 e 202.

Um extremo: Um outro perigo está naquelas mentes que acham que devem trajar-se para a igreja de forma relaxada. Alguém, um dia, disse-me que preferia ir à igreja com a roupa do trabalho do que não ir à igreja. Neste caso não custa muito levar outra roupa e trocar antes de ir para a igreja. Alguns mantêm a ideia de que, a fim de fazer essa separação do mundo que a Palavra de Deus exige, devem ser negligentes no vestuário. 

A irmã Ellen White escreveu: “Há uma classe de irmãs que pensam estar pondo em prática os princípios de não conformação com o mundo, usando um gorro ordinário e o mesmo vestido por elas envergado durante a semana, no sábado, ao aparecerem na assembleia dos santos para prestar culto a Deus. E alguns homens, que professam ser cristãos, vêem a questão do vestuário na mesma luz. Reúnem-se essas pessoas com o povo de Deus no sábado, com as roupas poeirentas e sujas, e mesmo com rasgões nas roupas que lhes cobrem o corpo de maneira desalinhada. Tivesse essa classe o compromisso de se encontrar com algum amigo honrado pelo mundo, por quem desejassem ser especialmente favorecidos, e se esforçariam por aparecer em sua presença com o melhor traje que pudessem obter; pois esse amigo se sentiria insultado caso fossem à sua presença com o cabelo despenteado, e as roupas sujas e em desordem. Contudo, essas pessoas pensam que não importa com que roupas aparecem, ou qual a condição em que estão, quando se reúnem no sábado para adorar ao grande Deus.” Review and Herald, 30 de janeiro de 1900.

Outro problema que tenho visto e que me incomoda um pouco é algumas irmãs irem à igreja com roupas sem mangas e sem parte das costas onde o decote mostra partes do corpo. Nenhum adorador precisa saber que se a irmã tem manchas nas costas ou se faz ou não depilação nas axilas. Tanto os homens com as mulheres devem trajar-se de tal maneira que tenha o seu corpo protegido. Alguns homens, especialmente em regiões mais quentes, tem ido à igreja de bermudas e chinelos abertos. Será que iriam assim vestidos para solicitar um emprego? Veja este texto: “Mas nossas roupas, conquanto modestas e simples, devem ser de boa qualidade, de cores próprias, e adequadas ao uso. Devem ser escolhidas mais com vistas à durabilidade do que à aparência. Devem proporcionar agasalho e a devida proteção.” A CBV. Cap 21.

Infelizmente encontram, com alguma frequência, algumas mulheres cristãs utilizando vestuário impróprio na casa de Deus, com decotes mostrando parte dos seios, sais curtas e ombros e costas expostos. Quando há necessidade de usar calças, especialmente no inverno, que sejam discretas. Tanto dentro como fora da igreja todos somos representantes de Cristo e devemos vestir-nos adequadamente. Mas estar na santidade da casa de Deus exige de nós ainda mais cuidado, respeito e ordem. Não podemos nos achegar à presença de Deus de qualquer forma. Se com pessoas e eventos importantes nos trajamos de forma adequada, por que não para Deus? 

Gosto muito do seguinte texto: “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus.” I Coríntios 10:31.

Luís Carlos Fonseca.

Fonte - http://temasbblicos.blogspot.com.br/2014/09

Postagens de Destaque