quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Cristo Tentado Como Eu


Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém Um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Heb. 4:15.


A vinda de Cristo a este mundo foi um grande acontecimento, não somente para este planeta, mas para todos os outros mundos do Universo de Deus. Ele veio para tomar sobre Si nossa natureza, para ser tentado em tudo como somos tentados, e contudo para nos dar um exemplo de perfeita pureza e de caráter sem mácula. Uma vez que Ele como nós em tudo foi tentado, pode simpatizar conosco. Sabe ter misericórdia das crianças e ajudá-las, porque também foi criança, e pode compreender cada prova e tentação com que são assediadas as crianças. ...
Seus olhos brilharam com a expressão daquele amor que O levou a deixar as cortes celestiais e vir a este mundo para morrer em lugar do pecador. ... Ele teve misericórdia e amor não somente para com os obedientes e amáveis, mas também para com os que eram extraviados e perversos. Jesus não mudou em coisa alguma; Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente, e ainda ama os errantes e tem misericórdia deles, procurando atraí-los a Si, para que possa dar-lhes auxílio divino. Ele sabe que o poder do demônio está batalhando em cada pessoa, procurando exercer o predomínio; mas Jesus veio para subjugar o poder de Satanás e libertar os cativos.
Em Cristo o caráter do Pai foi revelado. Quando as crianças contemplavam Sua fisionomia - viam a pureza e a bondade brilhando de Seus olhos. Em Seu semblante a gentileza, a ternura, o amor e a força de vontade se combinavam. Mas ainda que cada palavra, cada gesto, cada expressão de Seu rosto, tudo revelasse Sua supremacia divina, a humildade assinalava Sua conduta e Seu porte. Ele veio com um único propósito e este foi a salvação dos perdidos. The Youth's Instructor, 23 de junho de 1892.


Ellen White
Minha Consagração Hoje - MM 1989 Pag. 300

Postagens de Destaque