quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Milagres não São Provas


Satanás Apresentará Milagres
Muitos dos que recusam a mensagem que o Senhor lhes envia, estão em busca de ganchos em que pendurar dúvidas, procurando alguma desculpa a fim de rejeitar a luz do Céu. Em face de clara evidência, dizem, como os judeus: "Mostra-nos um milagre, e creremos. Se esses mensageiros têm a verdade, por que não curam os doentes?" ...
Fossem-lhes os olhos abertos, e veriam anjos maus exultando em torno deles e triunfando em seu poder de enganá-los. Acha-se mesmo diante de nós o dia em que Satanás responderá à exigência desses duvidosos, e apresentará numerosos milagres para confirmar a fé de todos quantos andam em busca dessa espécie de prova. Quão terrível será a situação dos que fecham os olhos à luz da verdade e pedem milagres para os firmar no engano! Carta 4, 1889.


Curas Milagrosas e Fanatismo
Nossos hospitais devem alcançar uma classe que não pode ser atingida por nenhum outro meio. "Por quê?" pergunta um ao outro, "não se fazem orações para haver curas miraculosas, em vez de se estabelecerem tantos hospitais?" Fosse isto feito, e grande seria o fanatismo que se havia de erguer em nossas fileiras. Os que têm muita confiança em si mesmos pôr-se-iam em ação, como fizeram alguns em ______, que tinham muito a dizer acerca de carne santa. Esses foram arrastados por um engano espírita. Na Assembléia Geral de 1901, eles foram repreendidos por uma mensagem que me foi dada pelo Senhor para eles. Seguíssemos nós os planos que alguns gostariam de ver-nos seguir, e formar-se-iam grupos que introduziriam manifestações espíritas de molde a confundir muitos em sua fé. ...

Hão de introduzir-se erros, e advogar-se-ão doutrinas estranhas. Alguns se apartarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios. Já nos tempos da fundação do primeiro hospital, começaram a aparecer estas coisas. Eram semelhantes aos erros que se manifestaram pouco depois da decepção de 1844. Apareceu um forte aspecto de fanatismo, denominando-se o testemunho do Espírito Santo. Foi-me dada uma mensagem de reprovação a essa má obra. Carta 79, 1905.

Ellen White
Livro Evangelismo Pag. 595

Postagens de Destaque