sábado, 15 de novembro de 2014

A Vitória de Cristo Redime o Pecado de Adão



Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim, pela obediência de um, muitos serão feitos justos. Rom. 5:19.


Cristo é chamado o segundo Adão. Em pureza e santidade, ligado com Deus e por Ele amado, começou onde começou o primeiro Adão. Voluntariamente passou pelo terreno em que Adão caiu, e redimiu a falta de Adão.
Mas o primeiro Adão estava, de todos os modos, em situação mais favorável do que Cristo. A maravilhosa provisão feita em favor do homem no Éden, foi feita por um Deus que o amava. Tudo na natureza era puro e incontaminado. ... Nenhuma sombra se interpunha entre eles [Adão e Eva] e seu Criador. Conheciam a Deus como seu Pai e Benfeitor, e em tudo sua vontade estava em conformidade à vontade de Deus. ...
Mas Satanás foi aos habitantes do Éden e insinuou dúvidas quanto à sabedoria de Deus. Acusou, a seu Pai e Soberano, de egoísmo, porque, para provar sua lealdade proibira-lhes comer da árvore do conhecimento. ...
Cristo foi tentado por Satanás de maneira cem vezes mais severa do que Adão, e sob circunstâncias cada vez mais difíceis. O enganador apresentou-se como anjo de luz, mas Cristo lhe resistiu às tentações. Redimiu a queda infeliz de Adão, e salvou o mundo. ...
Em Sua natureza humana, manteve a pureza do caráter divino. Viveu segundo a lei de Deus, e honrou-a num mundo de transgressão, revelando Satanás ao universo celeste e a todos os filhos e filhas de Adão, para que por Sua graça a humanidade pudesse observar a lei de Deus. Veio para comunicar Sua natureza divina, Sua própria imagem, à humanidade arrependida e crente. The Youth's Instructor, 2 de junho de 1898.
A vitória de Cristo fora tão completa, como o tinha sido o fracasso de Adão. Assim podemos resistir à tentação, e forçar Satanás a retirar-se de nós. O Desejado de Todas as Nações, pág. 130.


Ellen White
Minha Consagração Hoje MM 1989 Pag. 323

Postagens de Destaque