quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Estilo de Vida e Atividades dos Remanescentes 4

A Necessidade de Publicações
Devem ser editadas publicações, escritas na linguagem mais clara e simples, explicando os assuntos de vital interesse, e tornando conhecidas as coisas que sobrevirão ao mundo. The Home Missionary, 1º de fevereiro de 1890.
A primeira e a segunda mensagens foram transmitidas em 1843 e 1844, e estamos agora sob a proclamação da terceira, mas todas as três mensagens ainda devem ser proclamadas. ... Devemos transmitir estas mensagens ao mundo em publicações, em palestras, mostrando na seqüência da história profética o que passou e o que está para vir. Counsels to Writers and Editors, págs. 26 e 27.
A verdade deve ser dita com sinceridade, em folhas soltas e brochuras, e estas, espalhadas como folhas de outono. Testemunhos Seletos, vol. 3, pág. 394.
Patriarcas e Profetas, Daniel e O Conflito dos Séculos são agora mais necessários do que nunca dantes. Deveriam circular amplamente, porque as verdades a que dão ênfase, abrirão muitos olhos cegos. O Colportor-Evangelista, pág. 122.
Enquanto durar o tempo da graça, haverá oportunidade de o colportor trabalhar. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 535.


Nossas Revistas não Devem Conter Ataques Violentos
Que aqueles que escrevem em nossas revistas não dirijam rudes ataques e alusões que por certo hão de causar dano, e que obstruirão o caminho e nos impedirão de fazer a obra que devemos fazer a fim de alcançar todas as classes, inclusive os católicos. É nossa obra falar a verdade em amor, e não misturar com a verdade os elementos não santificados do coração natural, e falar coisas que se assemelhem ao mesmo espírito possuído por nossos inimigos. Obreiros Evangélicos, pág. 326.
Não devemos usar palavras ríspidas e ferinas. Excluí-as de todo artigo escrito, eliminai-as de toda palestra proferida. Deixai que a Palavra de Deus efetue o ato de cortar e de repreender; deixai que homens finitos se escondam e permaneçam em Jesus Cristo. Testimonies, vol. 9, págs. 240, 241 e 244.

Devemos suprimir toda expressão em nossos escritos e declarações que, se for interpretada ao pé da letra, possa ser deturpada de tal modo que pareça ser contrária à lei e à ordem. Tudo deve ser cuidadosamente considerado, para que não nos tornemos conhecidos por proferir certas coisas que dêem a impressão de que somos desleais ao nosso país e suas leis. Carta 36, 1895.
O cristianismo não se exterioriza em acusações e condenação brutais. Testemunhos Seletos, vol. 3, pág. 48.


Acautelar-se Contra Questões Secundárias
Deus não esqueceu o Seu povo, escolhendo um homem isolado aqui e outro ali, como os únicos dignos de que lhes confie a verdade. Não dá a um homem luz contrária à estabelecida fé do corpo de crentes. Em toda reforma, surgiram homens pretendendo isso. ... Ninguém confie em si mesmo, como se Deus lhe houvesse conferido luz especial acima de seus irmãos. ...
Alguém aceita umas idéias novas e originais, que não parecem discordar da verdade. ... Sobre isso se demora, até que lhe parece revestido de beleza e importância, pois Satanás tem poder para lhe dar essa falsa aparência. Por fim torna-se o seu tema todo-absorvente, o único e grande ponto em volta do qual tudo gira; e a verdade é desarraigada do coração. ...
Advirto-vos que vos guardeis contra esses movimentos desviados, cuja tendência é distrair a mente da verdade. O erro jamais é inofensivo. Nunca ele santifica, mas sempre traz confusão e dissensão. Testemunhos Seletos, vol. 2, págs. 103 e 104.


Enfatizar a Unidade, não as Diferenças
Existem mil tentações disfarçadas, preparadas para os que têm a luz da verdade; e a única segurança para qualquer de nós está em não recebermos nenhuma nova doutrina, nenhuma interpretação nova das Escrituras, antes de submetê-la à consideração dos irmãos de experiência. Apresentai-a a eles, com espírito humilde e pronto para aprender, fazendo fervorosa oração; e, se eles não virem luz nisto, atendei ao seu juízo, porque "na multidão de conselheiros há segurança". Testemunhos Seletos, vol. 2, págs. 104 e 105.
Surgirão homens e mulheres proclamando possuir alguma nova luz ou alguma nova revelação, e cuja tendência é abalar a fé nos marcos antigos. Suas doutrinas não resistem à provada Palavra de Deus. Mesmo assim, almas serão enganadas. Farão circular relatos falsos e alguns serão apanhados pela armadilha. ... Não podemos ser demasiado vigilantes contra toda forma de erro, pois Satanás está constantemente buscando afastar da verdade os homens. Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 107.
Devemos tornar evidente que é essencial ser unidos, não para requerer que os outros concordem com as nossas idéias, mas porque, se todos buscarem a mansidão e humildade de Cristo, terão o mesmo sentimento que Ele. Então haverá unidade de espírito. Carta 15, 1892.
Insto com os que professam crer na verdade, que andem em união com os irmãos. Não procureis dar ao mundo ocasião de dizer que somos extremistas, que somos desunidos, que um ensina uma coisa e outro, outra. Evitai a dissensão. Testemunhos Para Ministros, pág. 57.


Como Enfrentar os Críticos
Aqueles que se têm apartado da fé virão a nossas congregações para distrair nossa atenção da obra que Deus deseja que se faça. Não vos podeis permitir desviar os ouvidos da verdade para as fábulas. Não vos detenhais para procurar converter aquele que está proferindo palavras de reprovação contra vossa obra, mas deixai que se patenteie que sois inspirados pelo Espírito de Jesus Cristo; e anjos de Deus vos porão nos lábios palavras que toque o coração de vossos oponentes. Se esses homens persistirem em sua atitude, aqueles, na congregação, que são dotados de um espírito sensato, compreenderão que vossa norma é a mais elevada.
Falai de modo a mostrar que Jesus Cristo está falando por vosso intermédio. Obreiros Evangélicos, pág. 359.


Exaltar a Palavra de Deus
Se trabalharmos para criar excitação do sentimento, teremos tudo quanto queremos, e mais do que possivelmente podemos saber como manejar. Calma e claramente "prega a palavra". Importa não considerar nossa obra criar excitação. Unicamente o Espírito de Deus pode criar um entusiasmo são. Deixai que Deus opere, e ande o instrumento humano silenciosamente diante dEle, vigiando, esperando, orando, olhando a Jesus a todo momento, conduzido e controlado pelo precioso Espírito que é luz e vida. Mensagens Escolhidas, vol. 2, págs. 16 e 17.
Precisamos ir ao povo com a sólida Palavra de Deus; e quando eles receberem essa Palavra o Espírito Santo poderá vir, mas Ele vem sempre, como declarei antes, por uma maneira que se recomenda ao discernimento das pessoas. Em nosso falar, nosso canto, e em todos os nossos cultos espirituais, devemos revelar a calma e a dignidade e o piedoso temor que atua em todo verdadeiro filho de Deus. Mensagens Escolhidas, vol. 2, pág. 43.
É por meio da Palavra - não de sentimentos ou de exaltação - que precisamos influenciar as pessoas a obedecer à verdade. Podemos permanecer em segurança sobre a plataforma da Palavra de Deus. Mensagens Escolhidas, vol. 3, pág. 375.


Ellen White
Eventos Finais  Pags. 90 - 93

Postagens de Destaque