segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

A eleição celestial,

A eleição celestial,




A eleição celestial, 23 de Janeiro [25]

Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis. 2 Pedro 1:10. 

Esta é a única eleição acerca da qual fala a Bíblia. Caídos em pecado, podemos tornar-nos participantes da natureza divina, e alcançar um conhecimento muito mais avançado que qualquer erudição científica. Participando da carne e do sangue de nosso Senhor crucificado alcançaremos a vida eterna. No sexto capítulo de João lemos: “Quem come a Minha carne e bebe o Meu sangue tem a vida eterna. ... O Espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que Eu vos disse são espírito e vida.” João 6:54, 63. Ninguém precisa perder a vida eterna. Todo aquele que preferir aprender diariamente do Mestre Celestial, fará firme sua vocação e eleição. Humilhemos perante Deus o nosso coração, e prossigamos em conhecer o Senhor, pois conhecê-Lo devidamente é vida eterna. “Procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis. Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.” 2 Pedro 1:10, 11. Aqui estão vossos títulos de seguro de vida. Não é este um título de seguro cujo valor outra pessoa receberá, após vossa morte; é um título que vos assegura uma vida que se mede pela vida de Deus — a vida eterna. Oh, que certeza! que esperança! Revelemos sempre ao mundo que estamos em busca de uma pátria melhor, isto é, a celestial. O Céu foi feito para nós, e queremos ter parte nele. Não podemos correr o risco de deixar que qualquer coisa nos separe de Deus e do Céu. Nesta vida temos de ser participantes da natureza divina. Irmãos e irmãs, tendes apenas uma vida a viver. Oh, seja ela uma vida de virtude, vida escondida com Cristo em Deus! Unidos, devemos ajudar-nos uns aos outros a alcançar a perfeição de caráter. Para esse fim, devemos deixar toda a crítica. Avante e sempre avante podemos prosseguir rumo à perfeição, até que afinal nos seja concedida entrada abundante no reino celestial. — The Review and Herald, 26 de Maio de 1904.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais - MM 1967 Pag. 60

Postagens de Destaque