segunda-feira, 9 de março de 2015

A oração move o céu



A oração move o céu, 9 de Março

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Mateus 7:7. 

Por que será que não recebemos mais dAquele que é a Fonte de luz e poder? É que esperamos muito pouco. Porventura perdeu Deus o amor ao homem? Não continua esse amor a fluir sempre rumo à Terra? ... Não avaliamos quanto deveríamos, o poder e a eficácia da oração. “Da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” Romanos 8:26. Deus deseja que vamos a Ele, em oração, para que nos ilumine a mente. Ele tão-somente, pode abrandar e subjugar o coração. Pode vivificar o entendimento, a fim de que distinga do erro a verdade. Pode firmar o espírito hesitante, e dar-lhe um conhecimento e fé que resista à prova. Orai, pois; orai sem cessar. O Senhor, que ouviu a oração de Daniel, ouvirá a vossa, se dEle vos aproximardes como fez Daniel. Vivamos em íntima comunhão com Deus. A alegria do cristão [74] provém da intuição do amor e cuidado de Deus para com Seus filhos, e da certeza de que Ele não os deixará a sós, em sua fraqueza. — The Review and Herald, 24 de Março de 1904. Precisamos saber como orar. Não são as orações fracas, sem ânimo, que alcançam os atributos divinos. A oração é ouvida por Deus quando procede de um coração quebrantado por uma sensação de indignidade. A oração foi instituída para nosso conforto e salva- ção, a fim de que, pela fé e esperança, possamos apropriar-nos das ricas promessas de Deus. A oração é expressão do desejo de uma vida faminta e sedenta de justiça. — Carta 121, 1901. É a oração um meio de êxito, ordenado pelo Céu. Apelos, peti- ções, súplicas, entre pessoa e pessoa, comovem homens, e desempenham parte em controlar os negócios das nações. A oração, porém, comove o Céu. 
Unicamente esse poder que vem em resposta à oração, tornará os homens sábios na sabedoria do Céu, habilitando-os para trabalhar em unidade do Espírito, unidos pelos laços da paz. Oração, fé, confiança em Deus trazem um poder divino que atribuem às realizações humanas seu valor — nulidade. ... Aquele que se coloca no lugar em que Deus o possa iluminar, avança, por assim dizer, da parcial obscuridade do alvorecer para o pleno resplendor do meio-dia. — The Review and Herald, 28 de Janeiro de 1904.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais - MM 1967 Pag 156

Postagens de Destaque