quinta-feira, 5 de março de 2015

Cartas do céu,


Resultado de imagem para imagens de oração

Cartas do céu, 5 de Março

Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. Hebreus 4:16. 

A oração não é uma expiação pelo pecado. Não é uma penitência. Não precisamos chegar a Deus como criminosos condenados, pois Cristo pagou a pena de nossa transgressão. Ele fez expiação por nós. Seu sangue purifica do pecado. Nossas orações são as cartas enviadas da Terra, dirigidas a nosso Pai, nos Céus. As petições que ascendem de corações sinceros, humildes, certamente O alcançarão. Ele sabe discernir a sinceridade dos que adotou como filhos. Ele tem compaixão de nossa fraqueza, e fortalece nossas debilidades. Disse Ele: “Pedi, e dar-se-vos-á.” Mateus 7:7. Muitos membros da família humana não sabem pedir como convém. Mas o Senhor é terno e bondoso. Ele os ajuda em suas fraquezas, dando-lhes palavras para falarem. Aquele que chega com desejo santificado, tem acesso, por Cristo, ao Pai. Cristo é nosso Intercessor. As orações que são depositadas no incensário de ouro dos méritos do Salvador, são aceitas pelo Pai. Cada promessa da Palavra de Deus se destina a nós. Em vossas orações apresentai a empenhada palavra de Jeová, e pela fé reivindicai Suas promessas. Sua palavra é a garantia de que, se pedirdes [70] com fé, recebereis todas as bênçãos espirituais. Continuai a pedir, e recebereis mais abundantemente além daquilo que pedis ou pensais. Educai-vos a ter ilimitada confiança em Deus. Lançai sobre Ele toda a vossa solicitude. Esperai pacientemente por Ele, e Ele o fará. Devemos chegar a Deus, não num espírito de justificação própria, mas com humildade, arrependidos de nossos pecados. Ele é capaz para nos ajudar, disposto a fazer por nós mais do que pedimos ou pensamos. Possui Ele a abundância do Céu, com a qual supre nossas necessidades. ... Deus é santo, e devemos orar “levantando mãos santas, sem ira nem contenda”. 1 Timóteo 2:8. ... Devemos buscar “primeiro o reino de Deus, e a Sua justiça.” Mateus 6:33. Devemos estar dispostos a receber a bênção que Deus concede aos que O buscam com inteireza de coração, em sinceridade e verdade. Devemos manter aberto o coração, se quisermos receber da graça de Cristo. — The Signs of the Times, 18 de Novembro de 1903.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais MM 1967 Pag. 148

Postagens de Destaque