quarta-feira, 18 de março de 2015

O silencioso clamor do coração


Resultado de imagem para imagens de oração

O silencioso clamor do coração, 18 de Março

Tu os esconderás, no secreto da Tua presença, das intrigas dos  homens; ocultá-los-ás, em um pavilhão, da contenda das línguas. Salmos 31:20. 

Quando homens e mulheres estão entregues às agitadas atividades da vida e pressionados por grandes ansiedades, não podem viver ajoelhados. Mas mesmo no comércio há um vigia presente constantemente, para testemunhar cada negociação, e os livros do Céu registram como fraude cada centavo de lucro ilegal. Conquanto os homens não possam viver de joelhos na praça, o silencioso e sincero desejo apresentado ao Céu, encontra acesso ao Pai, através dos vigias celestiais. O caminho para o trono de Deus está aberto, e todos os que têm o temor de Deus e desejam andar em Seu conselho, buscarão a Sua força para cumprir a Sua vontade em meio à multidão, assim como na capela. ... A despeito de todas as tentações que se insinuem nos negócios comerciais da vida, há oportunidade para todo homem que ame e tema a Deus, saber como refugiar-se no esconderijo do Altíssimo, de modo que ali possa estar e ficar seguro. Então ele honrará a Deus porque sente a força e plenitude de poder dAquele que faz as promessas. Ele comunga com Deus onde olho algum o vê nem ouvidos ouvem, senão os divinos. Tudo que o Senhor requer é um espírito disposto a andar no Seu caminho. Se houver um coração puro ele verá a Deus e sentirá Seu poder de guardar, mesmo em meio ao burburinho da mais apressada e agitada turba, se o dever exigir que esteja ali. ... Em semelhantes lugares todo aquele que verdadeira e genuinamente recebeu a Cristo, crendo que é seu Salvador pessoal, leva a luz da vida. ... Não devemos ter uma religião que só nos acompanhe em circunstâncias favoráveis. A religião dependente de circunstâncias certamente falhará quando mais necessária for, nos ambientes mais difíceis. A religião da Bíblia requer que a luz do evangelho seja conservada a arder brilhantemente em ambientes desfavoráveis — na praça, na oficina — justamente da mesma forma que nos lugares onde se costuma fazer oração. Os mais puros princípios cristãos podem ser conservados em todos os lugares. Amando a Cristo e nEle crendo como nosso Salvador pessoal, podemos invocar Sua graça, Sua guarda e cuidado onde quer que estejamos. — Manuscrito 194, 1898.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais - MM 1987 174

Postagens de Destaque