sexta-feira, 10 de abril de 2015

Esperamos demasiado pouco


Resultado de imagem para imagens de fé

Esperamos demasiado pouco

Seja-vos feito segundo a vossa fé. Mateus 9:29. 

É a fé o meio de ligação entre a fraqueza humana e o poder divino. ... Temos de procurar fortalecer nossa fé. A envolvente iniquidade não deve por um momento diminuir nossa fé e amor a Deus nem enfraquecer nossa confiança em Suas seguras promessas, do contrário alguma grande borrasca de tentações nos arrebatará do alicerce certo. 
Temos grande obra a fazer, e carecemos de maior fé. ... 
Mediante a comunhão com Deus nossa fé será fortalecida, e a prova de nossa fé pode demonstrar-se um assinalado triunfo. — Carta 24, 1888. 
Uma obra importante tem de ser realizada em nós. Temos de submeter constantemente nossa vontade à vontade de Deus, nosso caminho ao caminho de Deus. ... Contemplando como em espelho a glória do Senhor, transformamo-nos realmente na mesma imagem, de glória em glória, como pelo Espírito do Senhor. 
Esperamos demasiado pouco, e recebemos de acordo com a nossa fé. 
Não devemos apegar-nos a nossos próprios caminhos, nossos planos, nossas idéias. ... Os pecados que nos afetam devem ser vencidos, derrotados os hábitos maus. Devem ser desarraigados disposições e sentimentos errados, e gerados em nós, pelo Espírito de Deus, emoções e temperamento santos. ... 
Fé, uma fé viva, é o que temos de ter, fé que opere por amor e purifique a alma. Temos de aprender a levar tudo ao Senhor, com simplicidade e fervorosa fé. O maior peso que temos de carregar nesta vida é o próprio eu. A menos que aprendamos na escola de Cristo a ser mansos e humildes, perderemos preciosas oportunidades e privilégios de nos familiarizarmos com Jesus. 
O próprio eu é a coisa mais difícil que nos é dada para administrar. Ao lançarmos fora nossas cargas, não nos esqueçamos de depor aos pés de Cristo o próprio eu. Passaivos para as mãos de Jesus, a fim de por Ele serdes moldados e afeiçoados, para que vos torneis vasos honrosos. 
Vossas tentações, vossas idéias, vossos sentimentos, têm de ser todos depostos aos pés da cruz. Então a alma estará pronta a ouvir as palavras de instrução divina. Jesus vos dará a beber da água que procede do rio de Deus. Sob a branda e terna influência de Seu Espírito desaparecerão vossa frieza e indiferença. Cristo será em vós uma fonte de água, saltando para a vida eterna. — Carta 57, 1887.
2
Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 22

Postagens de Destaque