domingo, 12 de abril de 2015

Templo adventista funciona dentro de shopping em Manaus

Templo adventista funciona dentro de shopping em Manaus

Igreja realiza suas programações dentro do Shopping Manauara.
Igreja realiza suas programações nas dependências do Shopping Manauara.
Manaus, AM … [ASN] O título é este mesmo que você leu! Há um ano e meio, a Igreja Adventista do Sétimo Dia foi estabelecida no bairro de Adrianópolis, um dos mais nobres da cidade de Manaus, capital do Amazonas. Sendo o último do município sem ter um templo adventista, os esforços foram grandes para que ela fosse estabelecida.  A motivação inicial começou com um projeto de Missão Global que desafiou as sedes administrativas a plantarem igrejas em grandes centros. Após um estudo, foram descobertos quatro bairros sem presença da Igreja Adventista em Manaus, sendo um destes o de Adrianópolis.
O primeiro culto daqueles que estavam dispostos a implantar um templo na região aconteceu no auditório do Hotel Adrianópolis. Após um tempo não foi mais possível se reunir nos hotéis. Sendo assim, os líderes da igreja mostraram a proposta aos administradores do Shopping Manauara, que abriram o espaço. “Deus conduziu a igreja para aquele lugar”, relata o pastor Sérgio Alan, presidente da Igreja Adventista na localidade.
De acordo com o pastor Ronivon Silva, que foi o primeiro líder da igreja, um dos maiores desafios foi conseguir um local.  “Queríamos um que se adequasse à visão e ao público alvo que pretendíamos, pois seria uma igreja preparada para atender os moradores de um bairro nobre, como é o de Adrianópolis”, enfatiza.
As primeiras reuniões foram realizadas em auditórios de  Hotéis na cidade Manaus, AM.
As primeiras reuniões foram realizadas em auditórios de Hotéis na cidade Manaus, AM.
Todos os sábados, às 9h da manhã, enquanto funcionários chegam para trabalhar nos estabelecimentos comerciais do Shopping, é possível ver os fiéis, amigos e simpatizantes chegando com suas famílias para adorar a Deus. Para alcançar a comunidade, a igreja tem desenvolvido trabalhos na área musical e também estimulado as amizades. “Começamos com o ministério da música, com orquestra e grupo com banda e vocal”, afirma o pastor Alan Jhones, responsável pela igreja. No espaço, já aconteceu uma cantata e em breve terá início uma classe de amigos da Novo Tempo. A ideia é alcançar as pessoas através da amizade, dos relacionamentos. “Convidamos todos aqueles que fazem contato com a TV Novo Tempo e o foco é interagir com eles, estreitar a amizade e por este meio alcançá-los com um evangelismo de amizade”, pontua.
Igreja amiga
Uma igreja em um local diferente também atrai a curiosidade de alguns. De acordo com Jhones, funcionários do Shopping e das lojas mais próximas já perguntaram sobre a igreja. “Quando realizamos uma cantata, fomos procurados por várias pessoas. Além disso, os funcionários que trabalham no apoio do teatro pediram algumas literaturas nossas”, ressalta o pastor.
O bairro de Adrianópolis, até então era o último bairro da capital do Amazonas sem a presença de uma igreja adventista.
O bairro de Adrianópolis, até então era o último da capital do Amazonas sem a presença de uma igreja adventista.
Com o foco na amizade, a igreja tem desenvolvido o trabalho no bairro e se aproximado das pessoas. Prova disso é a história de uma senhora, esposa de um oficial do exército, que pertencia a uma outra denominação. Ela havia prometido a si mesma que nunca entraria em uma igreja evangélica. Mas, após o convite de uma amiga que frequentava a igreja no shopping, ela se convenceu que não estaria quebrando sua promessa pois, segundo ela, não era um templo, afinal, as reuniões aconteciam no teatro de um shopping. Com isso em mente, ela começou a frequentar os cultos aos sábados e passou a gostar muito das atividades. Poucos meses depois o esposo foi transferido pelas Forças Armadas para trabalhar em Belém e ela afirmou que procuraria uma igreja na cidade para frequentar, pois percebeu que os adventistas possuíam a verdade.
Foco na missão
Para Alexandre Andrade, líder voluntário na igreja, hoje é possível ver na prática que para alcançar determinadas pessoas é preciso primeiro ganhar a confiança. “Quando conquistamos a amizade, as pessoas percebem o que nós temos de diferente, que é fato de sermos cristãos. E isso vai despertar a curiosidade do público e nós vamos introduzindo gradualmente a palavra de Deus para apresentar Jesus a elas”, explica.
André Almeida ( o primeiro da direita) retornou para a Igreja devido seu engajamento no novo projeto.
André Almeida (o primeiro da direita) retornou para a Igreja devido ao seu engajamento no novo projeto.
Arilene Passos é responsável pelo programa semanal da igreja para estudos temáticos da Bíblia.  Ela afirma que quando surgiu a oportunidade de trabalhar nesse projeto, foi algo interessante e desafiador. “Eu queria fazer algo mais, não queria ser uma mera espectadora. Quando começamos um projeto, somos movidos por algo que não está em nós, mas que vem de Deus é Ele que nos motiva a fazer”, enfatiza.
André Almeida de Lima trabalha na área musical da igreja. Para ele, o principal objetivo do projeto é salvar pessoas, pois nada tem sentido sem esse objetivo. Ele, que permaneceu afastado por um tempo, ficou sabendo do projeto diferenciado da igreja no bairro e decidiu ajudar. “Eu estava afastado da igreja na época e senti um chamado especial de Deus para participar. No início, apenas ajudava nos bastidores, depois comecei a me envolver mais e mais nas atividades. Senti o convite de Deus para voltar e fui batizado no ano passado”, conclui.
Um terreno para a instalação da Igreja Adventista do Sétimo Dia no bairro de Adrianópolis foi recentemente adquirido, e agora o próximo passo é iniciar as obras para a construção do novo templo. [Equipe ASN, Priscila Baracho]

Postagens de Destaque