sexta-feira, 22 de maio de 2015

Liberdade por Cristo


Resultado de imagem para imagens da Lei de Deus

Liberdade por Cristo, 19 de Maio

Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis a meter-vos debaixo do jugo da servidão. Gálatas 5:1. 

No princípio Deus colocou o homem sob a lei, como condição indispensável de sua própria existência. Era ele um súdito do governo divino, e não pode haver governo sem lei. ... 
Deus é onipotente, onisciente, imutável. Ele sempre segue um procedimento retilíneo. Sua lei é verdade imutável, eterna verdade. Seus preceitos são coerentes com Seus atributos. Satanás, porém, fá-los parecer numa luz falsa. Pervertendo-os, procura dar aos seres humanos uma impressão desfavorável do Doador da lei. 
Através de toda a sua rebelião tem ele procurado representar a Deus como um ser injusto e tirânico. ... Tem cegado os olhos dos homens para não poderem ver embaixo da superfície, e discernir seu verdadeiro propósito. Em resultado da desobediência de Adão, todo ser humano é transgressor da lei, vendido sob o pecado. A menos que se arrependa e se converta, está ele sob a escravidão da lei, servindo a Satanás, caindo nos enganos do inimigo, e dando testemunho contra os preceitos de Jeová. Mas pela obediência perfeita à lei, é o homem justificado. Unicamente por meio da fé em Cristo é possível essa obediência. 
Podem os homens compreender a espiritualidade da lei, podem reconhecer o seu poder como detector do pecado, mas são incapazes de resistir ao poder e enganos de Satanás, a menos que aceitem a expiação para eles provida no reparador sacrifício de Cristo, que é nossa Expiação, reconciliando-nos com Deus. Os que crêem em Cristo e obedecem aos Seus mandamentos não estão debaixo da escravidão da lei de Deus, pois aos que crêem e obedecem, Sua lei não é lei de escravidão, mas de liberdade. Todo aquele que crê em Cristo, todo que confia no poder protetor de um Salvador ressurgido, que sofreu a pena pronunciada sobre o transgressor, todo aquele que resiste à tentação e em meio ao mal copia o modelo dado na vida de Cristo, esse, pela fé no sacrifício expiatório de Cristo se tornará participante da natureza divina, havendo escapado da corrupção que pela concupiscência há no mundo. 
Todo aquele que, pela fé, obedece aos mandamentos, alcançará o estado de inocência no qual Adão viveu antes de sua transgressão. — The Signs of the Times, 23 de Julho de 1902.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag.302

Postagens de Destaque