sábado, 6 de junho de 2015

cessa de degolar cristãos depois de ter um encontro com Jesus em visão

Militante do ISIS cessa de degolar cristãos depois de ter um encontro com Jesus em visão

Um militante do Estado Islâmico (conhecido por ISIS) que disse que adorava cortar a cabeça dos cristãos se converteu depois que Jesus apareceu para ele numa visão e lhe disse que parasse as matanças.
O militante do ISIS foi até um missionário evangélico depois de ter sonhos de um homem vestido de branco que disse que ele era Jesus.
O testemunho dele foi contado por Gina Fadely, diretora de uma organização missionária cristã que trabalha no Oriente Médio, de acordo com o Christian Post.
Fadely, diretora da entidade Jovens com Uma Missão (JOCUM), disse que o militante do ISIS fez contato com um missionário da JOCUM depois que começou a ter visões de um homem vestido de branco. Ele disse ao líder da JOCUM que ele havia começado a ter sonhos desse homem de branco que o visitou e disse: “Você está matando meu povo.”
Esse testemunho é muito parecido com o testemunho do Apóstolo Paulo, cujo nome original era Saulo de Tarso, e que tinha cumplicidade na morte de cristãos por blasfêmia antes que Jesus o visitasse numa visão.
Num programa de rádio da Voz dos Mártires, Fadely contou o testemunho do terrorista do ISIS que agora segue a religião dos que ele degolava.
“O militante disse que antes de matar certo cristão, a vítima disse: ‘Sei que você vai me matar, mas lhe dou minha Bíblia.’ O cristão foi morto e o militante do ISIS pegou a Bíblia e começou a lê-la.”
O testemunho de muçulmanos se convertendo ao Cristianismo depois de verem Jesus em sonhos está se tornando mais comum no Oriente Médio, de acordo com o site The Blaze. No entanto, essa é a primeira vez que se tem um relato de um militante do ISIS que se converteu.
O Estado Islâmico se proclamou como um Califado no ano passado quando conquistou grandes faixas de território do Iraque e da Síria. A organização extremista é responsável por muitos horríveis crimes de guerra, inclusive a degolação de civis e o leilão de meninas novas como escravas sexuais.
Eles têm também sido responsáveis pela destruição de vários locais históricos insubstituíveis, arrasando vilas inteiras e explodindo igrejas.
O governo dos Estados Unidos recentemente divulgou estatísticas dizendo que matou 10 mil militantes do ISIS nos últimos nove meses mediante bombardeios, de acordo com o Inquisitr. Quer essa estatística seja acurada ou não é algo que ninguém ainda viu.
O Estado Islâmico parece movido por convicções extremistas, e o desejo de impor sua versão do islamismo em todos os que eles encontram. Eles exibem uma disposição total de matar qualquer pessoa que recusar obedecer ao seu conceito de piedade ou não obedecer às menores ordens. Recentemente, o ISIS proibiu a criação de pombos porque eles afirmam que os pombos expõem os órgãos sexuais deles enquanto voam acima da cabeça dos muçulmanos e que “insultam o islamismo.” Os infratores serão chicoteados e multados.
Alguns líderes cristãos acham que a conversão ideológica como a conversão experimentada pelo militante do ISIS é o jeito de ganhar essa guerra.
Certamente, Fadely e a JOCUM estão concentrando seus esforços nessa direção.
“Em outro sonho, Jesus o convidou a segui-lo e agora ele está perguntando como se tornar um seguidor de Cristo e ser discipulado.”
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do Inquisitr: ISIS Fighter Stops Beheading Christians After Meeting Jesus In A Vision

Postagens de Destaque