domingo, 28 de junho de 2015

Não seja um pigmeu religioso


 Resultado de imagem para imagens de fidelidade a deus

Não seja um pigmeu religioso, 26 de Junho

Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém! 2 Pedro 3:18. 

Uma experiência cristã genuína desdobra-se dia a dia, proporcionando ao seu possuidor nova força e fervor, e levando a constante crescimento na vida espiritual. Mas no mundo cristão é abundante o número dos que, professando religião, não passam de pigmeus religiosos. Muitos parece julgarem que se diplomaram logo que aprenderam os rudimentos da fé cristã. Não crescem na graça nem no conhecimento da verdade. Nada fazem, nem com os seus recursos nem com sua influência, para edificar a causa de Deus. São zangãos na colmeia. Essa classe não ficará por muito tempo onde estão. Ou se converterão e progredirão, ou regredirão. ... Para satisfazer às reivindicações de Deus, tereis de fazer esforço pessoal; e nesta obra necessitareis dos recursos de uma experiência cristã sempre crescente. Vossa fé tem de ser forte, vossa consagração completa, puro e sincero vosso amor, o zelo ardente e incansável, inabalável vosso ânimo, vossa paciência infatigável, brilhantes vossas esperanças. Sobre cada um, adulto ou jovem, repousa uma responsabilidade nessa questão. 
Os perigos dos últimos dias porão à prova a genuinidade de nossa fé. ... As poderosas ondas da tentação se abaterão sobre todos, e a menos que estejam agarrados à Rocha eterna, serão arrastados. Não penseis que podereis, com segurança, flutuar ao sabor da corrente. Se assim pensardes, certo vos tornareis a indefesa presa dos artifícios de Satanás. Pelo diligente exame das Escrituras e fervorosa oração pedindo auxílio divino, preparai o espírito para resistir à tentação. O Senhor ouvirá a oração sincera do coração contrito, e para vós erguerá um estandarte contra o inimigo. Mas sereis provados; vossa fé, vosso amor, vossa paciência, vossa perseverança serão postos à prova. .. Nosso dever, nossa segurança, nossa felicidade e utilidade, assim como nossa salvação, convidam a cada um de nós a usarmos da maior diligência para assegurarmos a graça de Cristo e estarmos tão intimamente unidos a Deus que possamos discernir as coisas espirituais, e não sermos ignorantes dos ardis de Satanás. ... “Todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” 1 João 5:4. — The Review and Herald, 8 de Janeiro de 1884

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 380

Postagens de Destaque