quarta-feira, 8 de julho de 2015

Perigo a cada passo,


 Resultado de imagem para imagens de pureza moral

Perigo a cada passo, 8 de Julho

Foge, também, dos desejos da mocidade; e segue a justiça, a fé, a caridade e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor. 2 Timóteo 2:22. 

Os perigos morais, que tanto os adultos como os jovens estão expostos, aumentam dia a dia. A confusão moral, a que chamamos depravação, encontra amplo espaço para atuar, e homens, mulheres e jovens que professam ser cristãos exercem uma influência baixa, sensual, demoníaca. ... Os que conhecem a verdade mas não têm obras que correspondem a sua profissão de fé, são sujeitos às tentações de Satanás. Encontram perigo a cada passo que dão. São levados em contato com o mal, vêem cenas, ouvem sons, que despertam suas paixões insubmissas; são sujeitos a influências que os levam a escolher o mal de preferência ao bem, porque não são intimamente sãos. Justamente no instante em que deviam exercer o poder da vontade, quando deles se requer firmeza para resistir à primeira aproximação da tentação, vemo-los fáceis presas das ciladas de Satanás, vítimas do diabo. Todas as tentações atuam então, para levar os que professam guardar os mandamentos de Deus, a quebrá-los. ... Todos têm de aprender a lição do poder que existe num caráter bom. Não há preparo de que tanto necessitemos como o preparo dos jovens no sentido de possuírem retidão moral e purificarem o coração de toda mancha e nódoa de corrupção moral. A norma de moralidade e santidade rasteja no pó. Estamos perto do fim do tempo de graça, quando cada caso deve passar em revista perante Deus. Agora, no tempo de graça, é a ocasião que Deus nos concedeu para a formação de um caráter puro e santo. Se este tempo não for aproveitado, se os pensamentos forem impuros, se o coração não for santificado, se se condescender com práticas profanas, estai certos de que a porção desses será com os profanos, os devassos, os abomináveis.  
É agora, no tempo de graça, que todos têm de fazer sua escolha. Essa escolha se verá na família, ver-se-á na associação com a igreja. A virtude e os princípios verdadeiros e altruístas terão sua recompensa, pois serão reproduzidos em outros. ... “Pelos seus frutos os conhecereis.” Mateus 7:20. — Carta 26d, 1887.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 406

Postagens de Destaque