sexta-feira, 24 de julho de 2015

Um firme e decisivo “não!”


Resultado de imagem para imagens de pessoas consagradas a deus

Um firme e decisivo “não!”11 de Julho [203]

Como, pois, faria eu este tamanho mal e pecaria contra Deus? Gênesis 39:9.

 Existem sempre os de disposição flexível, acomodatícia, que têm dificuldade em pronunciar positivamente a palavra NÃO, e que estão dispostos a se deixarem levar para longe de Deus por uma vontade alheia, mais forte e resoluta. Esses não possuem força interior em que se possam apoiar, não têm princípio firme que os salve de aceitar sugestões malignas e formar hábitos maus. ... Aumentam dia a dia os perigos morais aos quais todos, adultos e jovens, se acham expostos. ... Satanás está empregando esforços de mestre, para envolver em práticas impuras homens e mulheres casados, e crianças e jovens. Suas tentações encontram aceitação em muitos corações, por não terem sido eles elevados, purificados, refinados e enobrecidos pela sagrada verdade que professam crer. Não poucos têm sido baixos e vis em pensamento, e vulgares na conversa e comportamento, de modo que ao virem as tentações de Satanás, não têm poder moral, para lhes resistir e caem presa fácil. ... Temos necessidade de alarmar-nos, a não ser que tenhamos constantemente diante de nós o temor de Deus. Temos necessidade de temer de que haja qualquer afastamento do Deus vivo, pois Ele, unicamente, é nossa força e fortaleza, para a qual podemos correr e estar seguros, quando o inimigo nos ataca com suas tentações. É de interesse a toda pessoa, entre nós, a questão de como conservar nosso vaso de modo honroso, à vista de um Deus santo. ... Não há segurança para nós quando nos recolhemos ao repouso, quando levantamos, quando saímos e quando entramos. Satanás e anjos maus conspiraram com homens e mulheres ímpios, e todas as energias das potestades das trevas se juntarão para desviar e destruir todos que não estejam protegidos pelos firmes princípios das verdades eternas. ... 
Devem ser implantados na caráter os princípios de justiça. A fé tem de agarrar-se ao poder de Jesus Cristo, do contrário não haverá segurança. As práticas licenciosas estão-se tornando comuns como nos dias anteriores ao dilúvio. ... Alarmam-me as debilitadas faculdades morais dos homens e mulheres deste século, que pretendem ser observadores dos mandamentos. Cada qual deve despertar e erguer a bandeira da pureza. — Carta 26d, 1887. 

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 412

Postagens de Destaque