quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Objeto do mais terno cuidado de Deus,


Resultado de imagem para Imagem igreja adventista


Objeto do mais terno cuidado de Deus, 3 de Outubro

No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo no Senhor, no qual também vós juntamente sois edificados para morada de Deus no Espírito. Efésios 2:21, 22. 

A viva igreja de Deus, é individualmente um lugar onde Deus habita por meio do Espírito, a fim de que possa o homem tornar-se um templo bem construído, para habitação do Santo Espírito de Deus, e possa o Senhor Jesus Cristo habitar em seu ser íntimo, enobrecendo e santificando sua natureza humana por Seus atributos divinos, tornando o homem um templo do Deus, vivo. — Manuscrito 193, 1898. 
A igreja de Cristo precisa estar no mundo, mas não deve ser do mundo. Reunindo Seu povo na qualidade de igreja, é desígnio de Deus que formem uma família cristã, e diariamente se estejam habilitando para ser membros da família de cima. Deus assim constitui em um corpo os que crêem em Sua Palavra, para que sua influência seja uma bênção, a eles mutuamente, e ao mundo. Cada membro convertido revela uma transformação de caráter, e é fortalecido e sustido pelo ânimo e fé do conjunto. O santo mais fraco, se crê em Cristo, é membro do corpo de Cristo; e se vive em humilde confiança em Deus, tornar-se-á forte; pois tem direito a todos os privilégios de um filho de Deus. — Manuscrito 157, 1899. A igreja é objeto do mais terno amor e solicitude de Deus. Se os membros Lhe permitirem, Ele revelará o Seu caráter por meio deles. Diz-lhes Ele: “Vós sois a luz do mundo.” Mateus 5:14. Os que andam e falam com Deus, praticam a afabilidade de Cristo. Em sua vida, a paciência, mansidão e domínio próprio se unem ao santo fervor e diligência. À medida que caminham rumo do Céu, desgastam-se as arestas agudas e ásperas do caráter, e vê-se a piedade. O Espírito Santo, pleno de graça e poder, atua sobre a mente e o coração. — Manuscrito 63, 1901. 
Cristo tomou providências para que a Sua igreja seja um corpo transformado, iluminado pela luz do Céu, possuindo a glória de Emanuel. É Seu propósito que todo cristão seja circundado de uma atmosfera espiritual de luz e paz. 
Não há limite para a utilidade daquele que, pondo à margem o próprio eu, dê lugar à atuação do Espírito Santo no coração, e viva uma vida inteiramente consagrada a Deus. — The Review and Herald, 30 de Abril de 1908.

Ellen White
Nos Lugares celestiais Pag. 586

Postagens de Destaque