domingo, 3 de janeiro de 2016

Minha Defesa em Tentação

2 de janeiro – Pág. 8 – Minha Defesa em Tentação
Resultado de imagem para imagens de luz para o meu caminho
Escondi a Tua Palavra no meu coração, para eu não pecar contra Ti. Sal. 119:11.
Caso não queiramos ser desencaminhados por erros e falsidades, o coração deve ser previamente ocupado pela verdade. A Palavra de Deus fornecerá à mente armas de poder divino, para vencer o inimigo. Feliz o homem que, quando tentado, acha seu caráter rico no conhecimento das Escrituras, e encontra abrigo sob as promessas de Deus. “Escondi”, disse o salmista, “a Tua Palavra no meu coração, para eu não pecar contra Ti.” Sal. 119:11. Signs of the Times, 1º de junho de 1892.
Esta Palavra deve estar sempre em nosso coração e em nossos lábios. “Está escrito” deve ser nossa âncora. Os que fazem da Palavra de Deus o seu conselheiro compreendem a fraqueza do coração humano e o poder da graça de Deus para subjugar todo impulso profano, não santificado. O seu coração está sempre em atitude de oração, e eles têm a guarda de santos anjos. Quando o inimigo vem como uma inundação, o Espírito de Deus ergue contra ele a Sua bandeira. Há harmonia no coração; pois as preciosas, poderosas influências da verdade promovem o equilíbrio. Conselhos Sobre Educação, págs. 146 e 147.
A Palavra de Deus é um instrumento de comunicação com o Deus vivo. Aquele que se nutre da Palavra se tornará frutífero em toda boa obra. Ele… descobrirá ricas minas de verdade em que precisa trabalhar em busca dos tesouros escondidos. Quando rodeado de tentações, o Espírito Santo lhe trará à mente as próprias palavras com que possa enfrentar a tentação, mesmo no momento em que elas se fazem mais necessárias, e ele as poderá empregar eficazmente, com poder dominador. Signs of the Times, 5 de setembro de 1895.
Precisamos relacionar-nos melhor com a Bíblia. Poderíamos cerrar a porta a muitas tentações, caso decorássemos passagens da Escritura. Barremos o caminho às tentações de Satanás com o “Está escrito”. Enfrentaremos conflitos a fim de provar nossa fé e coragem, porém eles nos tornarão fortes se vencermos pela graça que Jesus está pronto a conceder-nos. Precisamos crer, porém; precisamos apoderar-nos das promessas e não duvidar. Review and Herald, 13 de maio de 1884.
Ellen White
Resultado de imagem para imagens de luz para o meu caminho
Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959. Pag 08

Postagens de Destaque