terça-feira, 18 de abril de 2017

Quem é o Arcanjo Miguel?


Resultado de imagem para imagens do arcanjo Miguel

Quem é o Arcanjo Miguel?
Assisti a um debate entre dois pastores, a respeito do arcanjo Miguel. Um deles argumentava que Miguel era um simples anjo, portanto, uma criatura. O outro afirmava que Miguel era mais um dos títulos de Cristo Jesus. Como a discussão não teve uma boa conclusão, estou apresentando uma visão mais completa acerca desse ponto importante na esperança de ajudar a esclarecer melhor o assunto.
Como poderemos constatar na Bíblia, Jesus Cristo  realmente possui o título de Arcanjo Miguel. Um dos pastores dizia: “Não posso ver como poderia Miguel ser Jesus Cristo, sendo que em Daniel 10:13 lemos que Miguel era um dos príncipes e não o Príncipe, como seria o caso se Miguel fosse Jesus.” E o outro pastor argumentava: “De fato, Jesus  não é apenas um dos príncipes, mas Ele é o Príncipe. No entanto, o fato de Ele ser chamado de um dos príncipes não anula o fato de que Ele é o Príncipe. Isso mesmo aconteceu com Daniel que era o principal dos presidentes de Babilônia (Dn 2:48), mas foi chamado deum dos presidentes (Dn 6:2).” Mas o outro pastor não se dava por vencido. Insistia no texto de Daniel 10:13, onde se diz que Miguel é “um dos” príncipes”.
Além disso, esse pastor acrescentou o fato de que Judas 9 menciona que Miguel “não se atreveu a proferir juízo infamatório contra Satanás”. No entanto, lemos nos evangelhos que Jesus Cristo nunca Se intimidou diante de Satanás e não só o repreendeu muitas vezes, como também o expulsou de algumas pessoas, em diversas ocasiões. 
Li há algum tempo, outro autor que, ao explicar o texto de Judas 9, também ataca a posição defendida por Ellen White. Ele escreve: “Este texto, como lemos, trata de Miguel, o arcanjo e não de Jesus. ... Confunde ela Miguel com Jesus como se ambos fossem a mesma pessoa. Jesus, em sua vida terrena, por várias vezes, repreendeu Satanás e ao passo que Judas 9 afirma que Miguel não pôde fazê-lo, invocando a autoridade de Jesus para isso, ‘O Senhor te repreenda’... Por fim, Jesus é Criador (Jo 1.3; Cl 1.15,16) e Miguel é criatura celestial, criada pelo próprio Jesus. Os anjos não podem ser adorados (Ap 22.8,9) ao passo que Jesus é adorado pelos próprios anjos (Hb 1.6). Miguel é ‘um dos’ primeiros príncipes (Dn 10.13) indicando com isso que existem outros iguais a ele.”
Muitas vezes erramos por não conhecemos todas as informações necessárias. É o caso que vemos de muitos intérpretes que atacam uma determinada verdade só porque não alcançaram todos os conceitos do mesmo tema.
O grande problema do debate na televisão que inicialmente, assim como o texto do parágrafo acima, é o fato de uma pequena expressão estar sendo enfatizada, a qual, porém, se trata apenas de uma tradução incorreta, sendo seguida por muitos tradutores, os quais copiaram uns dos outros. A expressão “um dos” em Daniel 10:13, não confere com o original, em que a palavra hebraica “dxa” (‘echad) pode ser traduzida como “um, único, primeiro (primus)”. Um exemplo é Deuteronômio 6:4, texto em que se traduz a palavra como “único”. Para se traduzir corretamente essa palavra, há necessidade de se conhecer o contexto imediato, bem como a teologia do texto ou da palavra. Portanto, a tradução correta de ‘echad nesse texto é o “primeiro”, e não “um dos”. Isso concorda com o contexto, a coerência de outras traduções da palavra, em outros lugares, bem como finalmente, com a teologia da palavra correlata.
Além disso, podemos notar que a tradução sugerida como “primeiro, principal” é exatamente como lemos na Tradução Literal do Hebraico de Young, YLT (Young’s Literal Translation) que verte assim o texto de Daniel 10:13: “Michael, first of the chief heads” [Miguel, primeiro dos cabeças-chefe], ou “primeiro dos principais príncipes”. 
Em confirmação disso, o grande comentarista John Gill, assim se expressa: “Miguel, chamado no Novo Testamento de Arcanjo, o Príncipe dos anjos, o Cabeça de toda a principalidade e poder; é, não outro, senão o Cristo, o Filho de Deus, um Anjo não criado, o qual é “único”, ou o “primeiro dos chefes príncipes” [Cf. dxa = ‘achid = “primus”, Junius & Tremellius], superior a anjos em natureza, nome e ofício; ele veio para ajudar a Gabriel, não como uma criatura semelhante, mas como o ‘Senhor dos Exércitos’”.

QUEM É O ARCANJO MIGUEL?
1- “Judas 9 diz que Miguel não pôde repreender a Satanás”? Judas 9 não diz que Miguel não pôde repreender a Satanás; disse que não "ousou", não se "atreveu", o que indica que podia fazê-lo, mas não quis, a fim de deixar isso para o Pai. A palavra "atrever-se", "ousar" tem uma implicação de poder mas também de perigo; e perigo se refere não para Deus, mas para as criaturas. Por exemplo: Cristo poderia ter destruído Satanás logo após à rebelião, mas não fez isso. Por quê? Era apenas uma questão de tempo. 
Mas é impressionante o que encontramos em Zacarias 3:1: "Deus me mostrou o sumo sacerdote Josué, o qual estava diante do Anjo do SENHOR, e Satanás estava à mão direita dele, para se lhe opor." É a mesma cena de Moisés em Judas 9; apenas se troca esse líder por Josué, um sumo sacerdote. O profeta Zacarias profetizou que Deus lhe mostrara a cena inédita de Satanás à direita do Anjo do Senhor (Iahweh, no original), e ali estava para se Lhe opor. Note isto: Um pecador (Josué – Rm 3:23), um Salvador (O Anjo de Jeová – Is 63:9) e um acusador (Satanás – Ap 12:10). Assim como Satanás reclamou o corpo de Moisés, agora reclama a vida de Josué. E o que diz o Salvador para Satanás? "O Senhor te repreenda, Satanás!" (v. 2). Ora, se o Salvador, o Anjo do Senhor (Jesus Cristo), devia dizer ao inimigo que o Pai o repreendesse, no tempo de Zacarias, não admira que Ele fizesse o mesmo no tempo de Moisés!
Cristo não repreendeu a Satanás quando este foi ferir a Jó; pelo contrário, permitiu que ele fizesse todo a sua obra maligna (Jó 2:3-7). Cristo não repreendeu Satanás quando este foi perturbar a Israel, levando Davi ao pecado de fazer a contagem do povo (1Cr 21:1). Cristo não repreendeu Satanás quando ele queria se opor ao sumo sacerdote Josué (Zc 3:2). Semelhantemente, Cristo não repreendeu Satanás quando ele reclamou o corpo de Moisés (Jd 9). Mas Ele podia fazê-lo e isso começou quando Ele já estava na Terra.
2- “Confunde Ellen White a Miguel com Jesus como se ambos fossem a mesma pessoa"? A acusação de confusão é vazia pelo fato de que Jesus e Miguel são realmente, a mesma pessoa. Bastam alguns poucos textos para comprovar isso:
1)    Daniel 10:13: Aqui Miguel é "um dos primeiros príncipes", mas na tradução literal do hebraico (YLT – Young's Literal Translation), Ele é "Miguel, first of the chief heads", ou o "primeiro dos cabeças chefes ", ou "primeiro dos principais príncipes".
2)    Daniel 10:21 diz que ele é "Miguel, vosso príncipe". Ele é o Príncipe do povo de Deus. Nenhum anjo é descrito desse modo.
3)    Em Daniel 12:1, Miguel é "o grande Príncipe" e "Defensor" dos filhos do povo de Deus. Ora, em Apocalipse 1:5, Jesus Cristo é "o Príncipe dos reis da terra" e o "Rei dos reis" em Apocalipse 17:14. Mas em 1João 2:1, Jesus Cristo é o nosso Advogado, o nosso Defensor diante de Satanás.
4)    Em João 5:28 o apóstolo nos informa que na ressurreição todos os mortos ouvirão a voz do Filho do Homem; e esta será a mesma ressurreição, em que estará Miguel, "o Defensor" do povo de Deus, conforme Daniel 12:1-2. Mas foi o apóstolo Paulo quem disse  que a voz que se ouve na ressurreição é a voz do Arcanjo (1Ts 4:16).
5)    Arcanjo é uma palavra grega que significa "chefe dos anjos", "o principal dos anjos". Na teologia bíblica, portanto, o Arcanjo Miguel de que fala Judas 9 é o próprio Senhor Jesus Cristo, o Anjo do Senhor do Antigo Testamento, que lidera a todos os anjos. Mas se estes são criaturas, o Arcanjo Miguel é o próprio Criador deles, que como não Se envergonha de ser chamado de Filho do homem, também não Se envergonha de ser chamado "Arcanjo Miguel". Mas Miguel, por sua vez significa: "Quem é semelhante a Deus?" A resposta está na própria Pessoa que leva o nome, ou seja, Jesus Cristo que é a própria "imagem do Deus invisível, o Primogênito de toda a Criação", o Criador dos anjos (Cl 1:15-16).
6)    Jesus Cristo em Judas 9 é Jeová em Zacarias 3:1. Conhecendo as origens de Judas 9, voltamos a Zacarias 3:1, onde lemos que Satanás estava ao lado direito do "Anjo de SENHOR" (Iahweh, no original). O verso 2 diz que Jeová disse a Satanás: "Jeová te repreende, ó Satanás, sim, Jeová que escolheu a Jerusalém, te repreende." O Anjo do Senhor do versículo 1 é o mesmo Jeová que fala a Deus o Pai, quando Se dirige a Satanás com as palavras: "Jeová te repreende, ó Satanás." Ou seja, o Anjo do Senhor, que é Jeová no Antigo Testamento, é Jesus Cristo no Novo; esse mesmo é aquele Arcanjo Miguel, que disse a Satanás: "O Senhor te repreenda, Satanás!", acerca de Moisés (Jd 9).
7)    Em Ap 12:9, Miguel peleja contra o dragão (Satanás), pelejando como Líder dos anjos. Em Josué 5:14, Jesus Cristo Se revela a Josué como o Príncipe do Exército de Jeová, e ordenou-lhe tirar as sandálias, por ser aquele um lugar santo, pela presença do próprio Deus, Ele mesmo (v. 15). Jesus Cristo que peleja com justiça é o Comandante dos exércitos celestiais, Líder dos exércitos de anjos que O seguem no grande conflito, vitorioso na batalha final (Ap 17:14; 19:11,14).
Quadro comparativo  — Miguel e Cristo são a mesma Pessoa
MIGUEL
JESUS CRISTO
1. Arcanjo – Jd 9
Anjo do Senhor – Zc 3:1
2. "grande Príncipe" Dn 12:1
"Príncipe dos reis da terra" – Ap 1:5
3. Primeiro dos príncipes – Dn 10:13 (trad. literal heb.)
Primogênito – Cl 1:15
4. nosso Príncipe – Dn 10:21
"Príncipe e Salvador" – At 5:31
5. Defensor – Dn 12:1
Advogado – 1Jo 2:1
6. Guerreiro que peleja – Ap 12:9
Príncipe do Exército – Js 5:14
7. Vitorioso x Satanás – Ap 12:7-9
Vence a Satanás – Ap 19:11; 20:10
8. Líder dos anjos – Ap 12:9
Líder dos anjos – Ap 19:14
9. Voz na ressurreição – 1Tess. 4:16
Voz na ressurreição – Jo 5:28
10. "O Senhor te repreenda!" – Jd 9
"JEOVÁ te repreenda!" – Zc 3:2
Só resta uma pergunta perscrutadora: Será que Ellen G. White confundiu "Miguel com Jesus como se ambos fossem a mesma pessoa", ou ambos são realmente a mesma Pessoa? Que julgue o leitor sincero para ver onde é que está o erro. Cremos que estava certa Ellen G. White, clara como a Bíblia ensina.
Pr. Roberto Biagini
Fonte - http://www.iasdemfoco.net/Secoes_EspeciaisPag.asp?Id=204

Postagens de Destaque