quarta-feira, 10 de maio de 2017

OS "HERMANOS", A VELHINHA & AS GALINHAS...


Resultado de imagem para imagens de velhinha e as galinhas

Elizeu Lira 

OS "HERMANOS", A VELHINHA & AS GALINHAS...



Eu estava morando em SP e, naquela ocasião, o Brasil passava por uma das suas maiores crises - como sempre, causada pela péssima gestão do Governo Federal das contas públicas e, desde sempre, pelo festival de gastanças...
Enquanto isso, na Argentina, por muito menos os hermanos colocaram o seu governante contra a parede - através de manifestações pacíficas, porém fortes, de insatisfação popular. Então, certo dia, ao tomar um ônibus lotado no centro de S. Paulo, eu participei de uma conversa acalorada de algumas pessoas sobre a crise econômica brasileira, a conjuntura política e - desde sempre - sobre o descaso do governo com as maiores necessidades & agruras do povo.
Foi aí que uma sábia velhinha saiu com a seguinte afirmação: "É, meu filho, brasileiro é que nem galinha: Leva pedrada, e ainda sai cantando!" rsrs Sabedoria concentrada!!!
Hoje, quando os nossos olhos, ouvidos e mente estão voltados para a cidade de Curitiba, lembrei-me do encontro com a "velhinha" de S. Paulo - capital... Durante a Ditadura Militar, o escritor Fernando Veríssimo criou um personagem pitoresco que acreditava piamente no governo, em sua bondade competência e interesse pelo pleno bem-estar do povo, e rezava pela "cartilha de boas intenções governamentais". Era a famosa "Velhinha de Taubaté"...
Ora, nem tanto ao Norte e nem tanto ao Sul! Como bons cidadãos e boas cidadãs, TODOS (e especialmente os cristãos...) devemos observar as leis e zelar pela ordem e bons costumes; no entanto, como nos orientou o Mestre dos mestres: "[...] sede, portanto, prudentes como as serpentes e simples como as pombas" (Mateus 10:16). Aqui está o "pêndulo": o perfeito ponto de equilíbrio...
O famoso escritor cristão, romancista, dramaturgo e historiador russo, Alexander Soljenítsin, ganhador do Nobel de Literatura de 1970, enfrentou os horrores da prisão - por não se calar diante das injustiças sociais e ataques à liberdade de expressão e direitos civis. Num dos seus discursos, quando foi impedido pelos líderes comunistas de ir receber o Prêmio Nobel de Literatura, Soljenítsin escreveu:
"O gesto simples de um homem simples, porém verdadeiro, é jamais compactuar com a mentira e sempre lutar ao lado e em favor da verdade!"
Sim, o gigante intelectual e fiel cristão Alexander Soljenítsin já depôs as suas armas (faleceu, em 3 de agosto de 2008); no entanto, cumpriu-se plenamente um dos seus vaticínios: 
"NEM COM TODAS AS ARMAS DO COMUNISMO, ELE CONSEGUIRÁ DERROTAR O CRISTIANISMO!"
Um outro valoroso combatente do Senhor, quiçá o maior de todos os "soldados de Jesus", através dos séculos, também tornou clara a estratégia vencedora nesta batalha feroz contra o erro, a MENTIRA & as potestades malignas que, hoje, conduzem os homens nos sindicatos, nos parlamentos, nas lutas políticas pra tomada do poder e nos tribunais - tentando enganar mentes e corações, e subverter a VERDADE:

"Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós SOFISMAS e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus..." (II Coríntios 10:3-5).

Hoje, às 14h, comparecerá perante um tribunal em Curitiba um cidadão que se especializou em sofismas ("Argumento que aparenta ser lógico, mas que na realidade é errôneo ou não conclusivo. Argumento falso..."), em mentiras, para crescer na vida, conquistar e manter-se no poder e, acima de tudo, para o enriquecimento ilícito. Além disso, frequentemente comparou-se ao Senhor Jesus Cristo; insinuou que nem Deus poderia impedi-lo de alcançar seus objetivos políticos, e desdenhou da fé em Deus e crenças dos procuradores...
Não estou aqui, em momento algum, querendo canonizar ou sequer beatificar o "julgador" (o Juiz Sérgio Moro); porém, de forma inequívoca, patenteia-se o duelo clássico:
Bem X mal
Integridade X desonestidade
VERDADE x mentira

CONCLUSÃO:
Já que a Bíblia lembra que "as armas da nossa milícia não são carnais", mas, sim, "poderosas em Deus, para destruir fortalezas..."; além disso, ela nos recomenda: "Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranqüila e mansa, com toda piedade e respeito." (I Timóteo 2:2).
Então, você já orou, hoje, pelo Juiz Sergio Moro - para que Deus o mantenha com total serenidade e lucidez ao interrogar o provocador e falacioso depoente??? Você já orou pra que Deus intervenha em favor da VERDADE - "para destruir fortalezas, anulando nós SOFISMAS e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus..."???
Eu já orei. Vou orar, novamente... E me manterei orando, exclusivamente por este motivo, durante todo o dia... Que Deus ilumine, ao Juiz Sergio Moro! Que o Senhor repreenda as hostes do Mal, acampadas ali em Curitiba! Que o Senhor conduza esta audiência, e este interrogatório! Que o Senhor faça sobressair a VERDADE!!!

Elizeu Lira - Pastor & Jornalista - Doutorando em Educação (UFU)

Postagens de Destaque