Seguidores

terça-feira, 30 de junho de 2015

Revelando a semelhança de Cristo


 Resultado de imagem para imagens de cristão perfeito

Revelando a semelhança de Cristo, 29 de Junho 

O efeito da justiça será paz, e o fruto da justiça, repouso e segurança, para sempre. Isaías 32:17. 

Cristo será para o Seu povo tudo que essas palavras exprimem, se derem ouvido ao convite de irem a Ele. Ele lhe será vida e poder, força e eficiência, sabedoria e santidade. Deus nos convida a vivermos a vida de Cristo e a revelarmos ao mundo essa vida. Nós podemos, nós podemos, revelar a semelhança de nosso Senhor divino. Podemos conhecer a ciência da vida espiritual. Podemos honrar nosso Criador. Fazemo-lo, porém? Oh, que exemplo ilustre temos na vida que Cristo viveu na Terra! Mostrou-nos Ele o que podemos realizar, mediante a cooperação com a divindade. Devemos buscar a união da qual Ele fala quando diz: “Estai em Mim, e Eu, em vós.” João 15:4. Essa união é mais profunda, mais forte, mais real do que qualquer outra união, e é produtiva de tudo que há de bom. Os que assim se acham unidos ao Salvador são controlados por Sua vontade, e são induzidos por Seu amor a sofrer com os que sofrem, alegrar-se com os que se alegram, a sentir profunda simpatia por cada qual em suas fraquezas, tristezas ou aflições. — The Review and Herald, 24 de Novembro de 1904. Aonde quer que eu vá, instarei com o povo a que mantenha Cristo exaltado. Ele é sempre o mesmo, ontem, hoje e eternamente, sempre empenhado em nos fazer bem, sempre nos animando e guiando, levando-nos para a frente, passo a passo. O que Ele é hoje — fiel sumo sacerdote, que Se compadece de nossas fraquezas — será também amanhã, e por todo o sempre. Ele é nosso guia, nosso mestre, nosso conselheiro, nosso amigo, sempre a derramar sobre  nós Suas bênçãos, em atenção a nossa fé. Convida-nos a permanecer nEle. Assim procedendo, fazendo com Ele nossa habitação, todo atrito, todo mau temperamento, toda irritação hão de cessar. ... Sei que quando peço ao Senhor que seja minha ajuda, Ele não me negará, porquanto é meu desejo fazer a Sua vontade e glorificar o Seu nome. Sou fraca, mas confiando inteiramente nEle, obtenho forças. Deponho meu fardo sobre o Portador dos fardos, deparo conforto, forças e esperança. Este é meu desejo: encontrar descanso perene a Seus pés. Enquanto mantenho firme o contato de Sua Mão, Ele me guia seguramente. O Deus vivo será o regozijo e a alegria de minha vida. — The Review and Herald, 6 de Outubro de 1904

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 384

Perfeito em sua esfera,

Resultado de imagem para imagens de cristão perfeito
Perfeito em sua esfera, 28 de Junho 

Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos Céus. Mateus 5:48. 

Para que o edifício de nosso caráter seja agradável a Deus, temos de progredir constantemente em espiritualidade. Temos de considerar sem valor tudo que diminua a fé e confiança em nosso Redentor. Quanto mais luz brilhe em nossa vida, tanto maior a responsabilidade que temos, de refletir a outros essa luz. Deus deseja que deixeis vossa luz resplandecer para o mundo. Ele será glorificado em nosso ato individual, de refletir o Seu caráter. ... Descansando no amor de Cristo, confiando em que o Redentor e Doador da vida realize em vós a salvação de vossa vida, sabereis, à medida que mais e mais vos aproximardes dEle, o que significa suportar a vista dAquele que é invisível. Deus deseja que descansemos satisfeitos em Seu amor. 
A satisfação que Cristo concede é um dom de valor infinitamente maior do que ouro e prata e pedras preciosas. ... Vossas faculdades perceptivas aumentarão em poder e vigor, se consagrardes todo o vosso ser, corpo, alma e espírito, à realização de uma obra santa. Fazei todo esforço, na graça e pela graça de Cristo, para alcançardes a alta norma que vos é proposta. Podereis ser perfeitos em vossa esfera, como Deus é perfeito na Sua. Não declarou Cristo: “Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos Céus”? Mateus 5:48. Não deveis considerar-vos mero recipiente passivo da graça de nosso Senhor Jesus Cristo. Deus vos confiou talentos preciosos, e requer o aproveitamento desses talentos. Os juros sobre o capital emprestado são-Lhe devidos. ... Submetendo vossa vontade à dEle, aperfeiçoar-vos-eis na linguagem e nos conceitos espirituais. ... Deveis guardar cuidadosamente as faculdades da mente. Vossos pensamentos devem ser mantidos sob controle do Espírito Santo.... É vossa obra avançardes rumo da perfeição, fazendo progresso constante, até serdes afinal pronunciados dignos de receber a vida imortal. E mesmo então a obra de progredir não cessará, mas continuará através da eternidade. — Carta 123, 1904.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 384

segunda-feira, 29 de junho de 2015

A Bíblia de Genebra e a Lei Moral

A Bíblia de Genebra e a Lei Moral



Uma pergunta que alguns normalmente nos fazem é: "Qual a melhor versão da Bíblia em português?".


Eu, particularmente, gosto muito da Almeida Revista e Atualizada. Outra boa opção é a Bíblia de Jerusalém (se não se levar em conta algumas "heresias" romanas embutidas).

Existem também algumas Bíblias com "estudos" adicionais. Uma das mais conhecidas é a "Thompson", objeto de desejo de muitos que "começam" a estudar Teologia. Eu prefiro a Bíblia de Estudo de Genebra (da qual tenho um exemplar). Acredito que ela tenha mais ferramentas, que foram passadas por alto em outras Bíblias de Estudo.

O problema destas Bíblias com comentários (notas que explicam os versos) é que, na grande maioria das vezes - ou sempre, elas são tendenciosas, "puxando a sardinha" para o lado da corrente teológica do editor ou editora da versão. Isto acontece com QUALQUER tradução/versão da Bíblia, infelizmente.

Logo na Introdução, o editor geral em inglês da Bíblia de Genebra (R. C. Sproul) diz o seguinte:

"Os peregrinos e puritanos trouxeram a Bíblia de Genebra ao Novo Mundo. Colonos americanos [séc. XVII] foram educados na Bíblia de Genebra. Eles a leram, estudaram e procuraram viver por sua luz. Desde aquela época, uma grande quantidade de traduções para o inglês e de Bíblias de Estudo apareceram. Nenhuma dessas Bíblias de Estudo incorporou um resumo da teologia reformada. A nova Bíblia de Estudo de Genebra contém uma reafirmação moderna da verdade da Reforma em seus comentários e notas teológicas Seu propósito é apresentar a luz da Reforma de uma forma nova".

Como vemos, o editor considera esta Bíblia uma das mais sérias do mundo protestante.

O que me chamou a atenção há alguns meses (enquanto eu acompanhava um sermão de sábado na Igreja) foi uma nota teológica sobre 1João 3:7 (fica na pág. 1512), cujo título é "ANTINOMISMO". Esta expressão me chamou a atenção porque eu sei do significado do termo (quer dizer: "contrário à lei"). Ai pensei: "o que será que eles vão inventar dessa vez, para combater a lei de Deus?". Quando cheguei em casa, fui conferir...

Mas eu estava enganado!

A nota fez uma defesa tão profunda da importância de se guardar os 10 Mandamentos, que eu pensei até que algum Adventista é quem tinha escrito o texto (rsrsrs).

Só para vocês terem uma ideia (podem ver o texto todo em alguma Bíblia de Genebra disponível em sua igreja ou em livras evangélicas)...

"Alguns dispensacionalistas [como os pentecostais, por exemplo] têm sustentado a ideia de que os cristãos, desde que vivem sob a dispensação da graça - e não da lei - não têm a necessidade de observar a lei moral em nenhuma etapa da vida. [Porém] Rom. 3:31 e 1Jo 6:9-11 mostram claramente que observar a lei é uma obrigação contínua dos cristãos...".

"A lei moral revelada no Decálogo [os 10 Mandamentos] e exposta em outras partes das Escrituras é uma expressão da integridade de Deus, outorgada para ser o código de prática para o povo de Deus, em todas as eras... O Espírito [Santo] concede aos cristãos o poder para cumprir a lei, tornando-nos cada vez mais semelhantes a Cristo, o cumpridor arquetítipo [modelo] da lei (Mat. 5:17)".

Eu fiquei me perguntando:
"Se eles pensam assim, então POR QUE NÃO GUARDAM O SÁBADO DO SÉTIMO DIA, uma vez que este é um dos mandamentos centrais do Decálogo?!".

Com a palavra, os teólogos protestantes antinomistas...

"Guias cegos"... lembra?

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Mais uma vez eu tenho minha fé REFORÇADA na Teologia Adventista do 7º Dia, pois essa amada Igreja segue exatamente aquilo que os mensageiros de Deus sempre ensinaram, mesmo que a mensagem seja tão "impopular" nos dias atuais.

"Aqui está a perseverança dos santos, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus" - Apoc. 14:12.

DOZE PASSOS PARA UM PASTOR TER UM INFARTO LEGAL!

DOZE PASSOS PARA UM PASTOR TER UM INFARTO LEGAL!




INFARTO ECLESIÁSTICO

DOZE PASSOS PARA UM PASTOR TER UM INFARTO LEGAL!

1. Cuide da igreja antes de tudo. As necessidades pessoais e familiares são secundárias.

2. Trabalhe aos sábados o dia inteiro e, se puder também na sua folga de segunda.

3. Se não puder permanecer na igreja todas às noite, leve trabalho para casa e trabalhe até tarde.

4. Ao invés de dizer não, diga sempre sim a tudo que as ovelhas solicitarem.

5. Procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias e conselhos. Aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros, reuniões, congressos.

6. Não se dê ao luxo de um café da manhã ou uma refeição tranqüila. Pelo contrário, não perca tempo e aproveite o horário das refeições para atender as pessoas ou fazer reuniões importantes.

7. Não perca tempo fazendo ginástica, nadando, pescando, jogando bola, tênis, passeando com a esposa. Afinal, o tempo é precioso!

8. Nunca tire férias, você não precisa disso. Lembre-se que você é de ferro.

9. Centralize todo o trabalho em você, controle e examine tudo para ver se nada está errado. Delegar é pura bobagem; pois, quem não quer: manda, quem quer: faz.

10. Se sentir que está perdendo o ritmo e o fôlego, tome logo estimulantes e energéticos. Eles vão te deixar tinindo.

11. Se tiver dificuldades em dormir, não perca tempo: tome calmante e sedativo de todos os tipos. Agem rápido e são baratos.

12. E por último, o mais importante: não se permita ter momentos de oração e meditação diante de Deus. Isto é para crentes e neófitos. Repita para si mesmo: Eu sou a minha própria religião.


Fonte: Humor Cristão


http://www.genizahvirtual.com 

Varão perfeito”


Resultado de imagem para imagens de Cristo


“Varão perfeito”, 27 de Junho

Até que todos cheguemos à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo. Efésios 4:13.

 Ao prosseguirmos passo a passo no caminho da obediência, haveremos de saber quão verdadeira é a promessa de que aqueles que prosseguem em conhecer ao Senhor hão de saber que como a alva será a Sua saída. Oséias 6:3. Luz mais clara está prestes a brilhar sobre todos os que seguem Aquele que é a Luz do mundo. Todo aquele que toma sobre si o jugo de Cristo, com plena resolução de obedecer à Palavra de Deus, terá uma experiência sadia, simétrica. Desfrutará as bênçãos que são o resultado de esconder ele sua vida com Cristo em Deus. Na vida comercial porá ele em prática os princípios expostos por Cristo no Sermão da montanha. Renunciará a bolsa dos pesos enganosos, e desprezará a fraude das artimanhas no comércio. ... Tem ele uma permanente intuição de que faz parte da firma celestial, e de que é seu dever negociar com os talentos que Deus lhe deu. Reconhece que é adotado na família de Deus, e que deve proceder para com todos como Cristo procedia quando na Terra. Como é diligente e constante a obra de um cristão verdadeiro! Tem sempre sobre si o jugo de Cristo. ... Possui genuína modéstia e não fala de suas habilitações e realizações. A auto-admiração não faz parte de sua experiência. Muito há que aprender acerca do que abrange o verdadeiro caráter cristão. Por certo que não é o orgulho próprio. ... A glória e majestade de Deus deve sempre [189] encher nossa mente de um santo e reverente respeito, humilhandonos no pó, perante Ele. Sua condescendência, Sua ampla e profunda compaixão, Sua ternura e amor, são-nos concedidos para fortalecer nossa confiança e remover aquele temor que tende para a escravidão. O Senhor deseja que Lhe demos tudo que existe de nós, uma vida  cristã estável, bem equilibrada — vida que glorifique os princípios de Sua lei. Não toleremos o pensamento de sermos pigmeus religiosos. ... Devemos estar sempre crescendo, rumo da plena estatura de homens e mulheres em Cristo Jesus, até estarmos completos nEle. Cristo virá a habitar com toda pessoa que Lhe diga, de coração: Entre! Ele ama a todo aquele que tem o desejo de segui-Lo. — The Review and Herald, 23 de Outubro de 1900.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 382

domingo, 28 de junho de 2015

Salmos da Bíblia - SALMOS 21 - Davi louva a Deus pela vitória

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Salmo de Davi para o cantor-mor 

1 Na tua força, ó Senhor, o rei se alegra; e na tua salvação quão grandemente se regozija!
2 Concedeste-lhe o desejo do seu coração, e não lhe negaste a petição dos seus lábios.
3 Pois o proveste de bênçãos excelentes; puseste-lhe na cabeça uma coroa de ouro fino.
4 Vida te pediu, e lha deste, longura de dias para sempre e eternamente.
5 Grande é a sua glória pelo teu socorro; de honra e de majestade o revestes.
6 Sim, tu o fazes para sempre abençoado; tu o enches de gozo na tua presença.
7 Pois o rei confia no Senhor; e pela bondade do Altíssimo permanecerá inabalável.
8 A tua mão alcançará todos os teus inimigos, a tua destra alcançará todos os que te odeiam.
9 Tu os farás qual fornalha ardente quando vieres; o Senhor os consumirá na sua indignação, e o fogo os devorará.
10 A sua prole destruirás da terra, e a sua descendência dentre os filhos dos homens.
11 Pois intentaram o mal contra ti; maquinaram um ardil, mas não prevalecerão.
12 Porque tu os porás em fuga; contra os seus rostos assestarás o teu arco.
13 Exalta-te, Senhor, na tua força; então cantaremos e louvaremos o teu poder

Não seja um pigmeu religioso


 Resultado de imagem para imagens de fidelidade a deus

Não seja um pigmeu religioso, 26 de Junho

Antes, crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A Ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém! 2 Pedro 3:18. 

Uma experiência cristã genuína desdobra-se dia a dia, proporcionando ao seu possuidor nova força e fervor, e levando a constante crescimento na vida espiritual. Mas no mundo cristão é abundante o número dos que, professando religião, não passam de pigmeus religiosos. Muitos parece julgarem que se diplomaram logo que aprenderam os rudimentos da fé cristã. Não crescem na graça nem no conhecimento da verdade. Nada fazem, nem com os seus recursos nem com sua influência, para edificar a causa de Deus. São zangãos na colmeia. Essa classe não ficará por muito tempo onde estão. Ou se converterão e progredirão, ou regredirão. ... Para satisfazer às reivindicações de Deus, tereis de fazer esforço pessoal; e nesta obra necessitareis dos recursos de uma experiência cristã sempre crescente. Vossa fé tem de ser forte, vossa consagração completa, puro e sincero vosso amor, o zelo ardente e incansável, inabalável vosso ânimo, vossa paciência infatigável, brilhantes vossas esperanças. Sobre cada um, adulto ou jovem, repousa uma responsabilidade nessa questão. 
Os perigos dos últimos dias porão à prova a genuinidade de nossa fé. ... As poderosas ondas da tentação se abaterão sobre todos, e a menos que estejam agarrados à Rocha eterna, serão arrastados. Não penseis que podereis, com segurança, flutuar ao sabor da corrente. Se assim pensardes, certo vos tornareis a indefesa presa dos artifícios de Satanás. Pelo diligente exame das Escrituras e fervorosa oração pedindo auxílio divino, preparai o espírito para resistir à tentação. O Senhor ouvirá a oração sincera do coração contrito, e para vós erguerá um estandarte contra o inimigo. Mas sereis provados; vossa fé, vosso amor, vossa paciência, vossa perseverança serão postos à prova. .. Nosso dever, nossa segurança, nossa felicidade e utilidade, assim como nossa salvação, convidam a cada um de nós a usarmos da maior diligência para assegurarmos a graça de Cristo e estarmos tão intimamente unidos a Deus que possamos discernir as coisas espirituais, e não sermos ignorantes dos ardis de Satanás. ... “Todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” 1 João 5:4. — The Review and Herald, 8 de Janeiro de 1884

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 380

sábado, 27 de junho de 2015

Igreja Adventista se manifesta sobre decisão favorável a casamento gay nos EUA

Igreja Adventista se manifesta sobre decisão favorável a casamento gay nos EUA

Silver Spring, EUA … [ASN] A Suprema Corte dos EUA derrubou nesta sexta-feira, 26, vetos estaduais ao casamento gay. Na prática, significou a legalização da união entre pessoas do mesmo sexo para o todo o território americano. A decisão foi tomada por 5 votos a favor e quatro contra. “O casamento é um direito fundamental e casais do mesmo sexo não podem ser privados deste direito”, escreveu o juiz Anthony Kennedy, no voto da maioria. Em um pronunciamento, o presidente norte-americano Barack Obama afirmou que a decisão é uma “vitória para a América”.
Igreja Adventista se manifesta sobre decisão favorável a casamento gay nos EUA
Em comunicado oficial, a Igreja Adventista do Sétimo Dia nos Estados Unidos (Divisão Norte-Americana) reafirmou que, mesmo com a decisão da Suprema Corte, a organização mantém sua crença fundamental de que o casamento foi divinamente estabelecido no Éden e reafirmado por Jesus como sendo a união entre um homem e uma mulher. É importante salientar que essa posição é a defendida pela Igreja em âmbito mundial.
“Ainda que a Igreja respeite as opiniões daqueles que divergem, mesmo assim continuará a ensinar e promover sua crença baseada na Bíblia do casamento entre um homem e uma mulher”, afirma a nota. O comunicado oficial esclarece que a Igreja Adventista do Sétimo Dia crê que todas as pessoas, independente de raça, gênero e orientação sexual são filhos de Deus e devem ser tratados com civilidade, compaixão e amor semelhante ao de Cristo”. [Equipe ASN, da redação com informações do UOL e ANN].

sexta-feira, 26 de junho de 2015

60ª Assembleia Geral da Igreja Adventista e a Ordenação de Mulheres

Fonte - http://megaphoneadv.blogspot.com.br

 

60ª Assembleia Geral da Igreja Adventista e a Ordenação de Mulheres


Aproxima-se esse evento global, de 2 a 11 de Julho em San Antonio-TX. Muito se falou aqui nos últimos meses, do tema Ordenação de Mulheres, que, surpreendentemente, parece ser o tema central dessa assembleia. É uma pena, pois é um tema com efetividade muito baixa na propagação do Evangelho do Reino, visto ser absolutamente interno, com pouca ou nenhuma ação resultante positiva que afete diretamente o público externo, a quem queremos alcançar e a quem temos a missão de preparar para ver Jesus voltar.
Das coisas expostas nas redes sociais, a grande maioria expressa opiniões meramente pessoais, sem embasamento teológico, tanto de um quanto do outro lado da questão. Mas, há bons textos na Web, basta procurar. Veja lá abaixo alguns que eu recomendo, e que darão a você uma visão geral muito boa. Acima de tudo, estude sua Bíblia, ore, então, consulte estes e outros bons textos, equilibrados (são poucos), e se achar que esse é assunto relevante pra sua salvação e que poderá levá-lo para mais perto da comunhão com Deus, posicione-se.
Antes, relembrando algo que já postei aqui: se você é delegado a essa assembléia ou não, saiba que a votação lá, após a discussão já feita a nível mundial pelas 13 Divisões, e após um único dia de debates que acontecerá, vai se resumir a um NÃO ou SIM:
“NÃO”
Quem votar assim estará optando por uma posição oficial, institucional, da IASD, contra a ordenação de mulheres ao ministério. Nesse caso, além de não ordenar mulheres, a igreja teria que resolver situações em diversas Associações, Uniões e Divisões que já ordenam mulheres há décadas. Os que votarem NÃO, entendem que a Bíblia claramente proíbe a ordenação feminina, e que se isso for permitido indicará que a IASD está sendo infiel às Escrituras Sagradas e a Deus.
“SIM”
Quem votar assim estará optando por delegar a cada uma das 13 Divisões mundiais o poder de decidir se ordenam mulheres ou não, de acordo com seus múltiplos aspectos regionais e culturais. Os que votarem assim entendem que a Bíblia não proíbe a ordenação feminina e, portanto, a igreja é livre para decidir, em cada caso, o que é melhor para o progresso da obra e para a terminação da pregação do Evangelho.
EM TEMPO: acredito que, de forma acertada, dificilmente a igreja optaria por transformar esse item em mais uma crença fundamental, e essa é uma posição acertada e sábia, pois não faz o menor sentido dogmatizar esse assunto.
Grande abraço e um FELIZ SÁBADO! SHABAT SHALOM!
– Pronunciamento do Instituto de Pesquisa Bíblica, da Conferência Geral, sobre excessos no debate (como muitos vídeos e artigos que temos visto na internet):

– Relatório completo do estudo da IASD mundial, que apresenta a defesa das três posições (111 páginas):

– “16 fatos interessantes sobre ordenação de mulheres na IASD”:

– “Argumentos equivocados e corretos no debate sobre ordenação de mulheres”:

– “Cronologia da Ordenação da Mulher na Igreja Adventista”:

Salmos da Bíblia - SALMOS 20 - Oração pelo rei na guerra

Resultado de imagem para imagens dos salmos
Salmo de Davi para o cantor-mor 

1 O Senhor te ouça no dia da angústia; o nome do Deus de Jacó te proteja.
2 Envie-te socorro do seu santuário, e te sustenha de Sião.
3 Lembre-se de todas as tuas ofertas, e aceite os teus holocaustos.
4 Conceda-te conforme o desejo do teu coração, e cumpra todo o teu desígnio.
5 Nós nos alegraremos pela tua salvação, e em nome do nosso Deus arvoraremos pendões; satisfaça o Senhor todas as tuas petições.
6 Agora sei que o Senhor salva o seu ungido; ele lhe responderá lá do seu santo céu, com a força salvadora da sua destra.
7 Uns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós faremos menção do nome do Senhor nosso Deus.
8 Uns encurvam-se e caem, mas nós nos erguemos e ficamos de pé.
9 Salva-nos, Senhor; ouça-nos o Rei quando clamarmos.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Obama elogia atitude do papa e apela aos líderes mundiais

Obama elogia atitude do papa e apela aos líderes mundiais

Apoiador do papa
A propósito da divulgação da encíclica papal Laudato Si, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, publicou a seguinte nota no site oficial da Casa Branca:
“Congratulo-me com Sua Santidade o papa Francisco pela encíclica, e admiro profundamente a decisão do papa em tratar sobre o tema – de forma clara, poderosa e com a autoridade moral completa de sua posição – pela ação com respeito à mudança climática global. Como o papa Francisco tão eloquentemente afirmou nesta manhã [ontem], temos uma profunda responsabilidade de proteger nossos filhos e os filhos dos nossos filhos dos impactos nocivos das alterações climáticas. Acredito que os Estados Unidos devem ser um líder nesse esforço, e que por isso estou comprometido a tomar ações ousadas no país e no exterior para reduzir a poluição por carbono, para ampliar a energia limpa e a eficiência energética, para garantir a resistência em comunidades vulneráveis e para encorajar a gestão responsável dos nossos recursos naturais. Temos também que proteger os pobres no mundo, que têm feito o mínimo para contribuir com esta crise iminente e são os que mais estão perdendo. Estou ansioso para discutir essas questões com o papa Francisco quando ele visitar a Casa Branca em setembro. E enquanto nos preparamos para as negociações climáticas globais em Paris, em dezembro, é minha esperança que todos os líderes mundiais – e todos os filhos de Deus – reflitam sobre o chamado do papa Francisco a se unirem para cuidar de nossa casa comum.”

Nota: É muito interessante ver esses dois poderes – o Vaticano (papa) e os EUA – liderando os esforços para salvar o mundo das consequências do aquecimento global. E mais interessante ainda é ver o presidente dos EUA sugerindo que “o mundo inteiro se maravilhe” diante de Francisco... (está na hora de darmos atenção redobrada ao capítulo 13 do livro do Apocalipse). [MB]

Salmos da Bíblia - SALMOS 19 - A excelência da criação e suas leis, assim como a palavra de Deus

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Salmo de Davi para o cantor-mor 

1 Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
2 Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite.
3 Não há fala, nem palavras; não se lhes ouve a voz.
4 Por toda a terra estende-se a sua linha, e as suas palavras até os confins do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol,
5 que é qual noivo que sai do seu tálamo, e se alegra, como um herói, a correr a sua carreira.
6 A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até a outra extremidade deles; e nada se esconde ao seu calor.
7 A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma; o testemunho do Senhor é fiel, e dá sabedoria aos simples.
8 Os preceitos do Senhor são retos, e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro, e alumia os olhos.
9 O temor do Senhor é limpo, e permanece para sempre; os juízos do Senhor são verdadeiros e inteiramente justos.
10 Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino; e mais doces do que o mel e o que goteja dos favos.
11 Também por eles o teu servo é advertido; e em os guardar há grande recompensa.
12 Quem pode discernir os próprios erros? Purifica-me tu dos que me são ocultos.
13 Também de pecados de presunção guarda o teu servo, para que não se assenhoreiem de mim; então serei perfeito, e ficarei limpo de grande transgressão.
14 Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!

Nada de palavras ásperas,


 Resultado de imagem para imagens palavras bondosas

Nada de palavras ásperas, 24 de Junho

Deixando, pois, toda malícia, e todo engano, e fingimentos, e invejas, e todas as murmurações, desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que, por ele, vades crescendo. 1 Pedro 2:1, 2. 


Devemos estudar esta instrução. É privilégio nosso crescer até “à medida da estatura completa de Cristo”. Efésios 4:13. 
Não devemos ser irrefletidos ou descuidados na palavra, ferindo um ao outro com palavras sem amor. ... Todo instrumento humano ligado à causa do Senhor deve apreciar a obra na qual está desempenhando uma parte. A obra nas instituições de Deus deve ser efetuada sem atrito, sem expressões precipitadas, sem palavras ditatoriais. 
Os obreiros devem ser puros, limpos e santos no pensamento, na palavra e na ação. Devem ser testemunhas de Cristo, testificando que são nascidos de novo. Não deve haver fala incisiva, repreensões irritadas, pois anjos de Deus andam para cá e para lá, em cada recinto. Cristo gosta de louvar todo obreiro fiel, e Ele o fará. Todo ato de bondade é registrado no livro. Acontece serem cometidos pequenos erros, mas palavras de censura despertam sentimentos de vingança, e Deus é desonrado. ... Qualquer palavra proferida impensada ou imprudentemente deve ser retratada imediatamente. ... Devemos lembrar-nos de que, como cristãos que professam trabalhar unidamente, não devemos proceder como pecadores, cujas pecaminosas palavras e atos, a menos que se arrependam, os hão de condenar. ... “Sê vigilante e confirma o restante que estava para morrer.” Apocalipse 3:2. 
Essa é nossa obra. Há muitos prestes a morrer espiritualmente, e o Senhor nos convida a fortalecê-los. O povo de Deus deve ser firme no cumprimento do dever. Devem ser unidos pelos laços do convívio cristão, e fortalecidos na fé mediante o falar muitas vezes uns aos outros acerca das preciosas verdades que lhes são confiadas. Não devem nunca contender e condenar. Cumpre  estarem unidos no que respeita à importância da obediência à lei de Deus. Nesta vida não existe nada de maior importância que o preparo do caráter, a fim de que possamos afinal entrar com alegria na habitação dos santos, no Céu. Por que não prevalecer-nos do privilégio de ser santos aqui na Terra? — Carta 179, 1902

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 376

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Salmos da Bíblia - SALMOS 18 - Cantico de louvor a Deus pelas suas muitas bençãos

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Davi disse as palavras deste cântico no dia que o Senhor o livrou das mãos de Saul 

1 Eu te amo, ó Senhor, força minha.
2 O Senhor é a minha rocha, a minha fortaleza e o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo, em quem me refúgio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio.
3 Invoco o Senhor, que é digno de louvor, e sou salvo dos meus inimigos.
4 Cordas de morte me cercaram, e torrentes de perdição me amedrontaram.
5 Cordas de Seol me cingiram, laços de morte me surpreenderam.
6 Na minha angústia invoquei o Senhor, sim, clamei ao meu Deus; do seu templo ouviu ele a minha voz; o clamor que eu lhe fiz chegou aos seus ouvidos.
7 Então a terra se abalou e tremeu, e os fundamentos dos montes também se moveram e se abalaram, porquanto ele se indignou.
8 Das suas narinas subiu fumaça, e da sua boca saiu fogo devorador; dele saíram brasas ardentes.
9 Ele abaixou os céus e desceu; trevas espessas havia debaixo de seus pés.
10 Montou num querubim, e voou; sim, voou sobre as asas do vento.
11 Fez das trevas o seu retiro secreto; o pavilhão que o cercava era a escuridão das águas e as espessas nuvens do céu.
12 Do resplendor da sua presença saíram, pelas suas espessas nuvens, saraiva e brasas de fogo.
13 O Senhor trovejou a sua voz; e havia saraiva e brasas de fogo.
14 Despediu as suas setas, e os espalhou; multiplicou raios, e os perturbou.
15 Então foram vistos os leitos das águas, e foram descobertos os fundamentos do mundo, à tua repreensão, Senhor, ao sopro do vento das tuas narinas.
16 Do alto estendeu o braço e me tomou; tirou-me das muitas águas.
17 Livrou-me do meu inimigo forte e daqueles que me odiavam; pois eram mais poderosos do que eu.
18 Surpreenderam-me eles no dia da minha calamidade, mas o Senhor foi o meu amparo.
19 Trouxe-me para um lugar espaçoso; livrou-me, porque tinha prazer em mim.
20 Recompensou-me o Senhor conforme a minha justiça, retribuiu-me conforme a pureza das minhas mãos.
21 Pois tenho guardado os caminhos do Senhor, e não me apartei impiamente do meu Deus.
22 Porque todas as suas ordenanças estão diante de mim, e nunca afastei de mim os seus estatutos.
23 Também fui irrepreensível diante dele, e me guardei da iniqüidade.
24 Pelo que o Senhor me recompensou conforme a minha justiça, conforme a pureza de minhas mãos perante os seus olhos.
25 Para com o benigno te mostras benigno, e para com o homem perfeito te mostras perfeito.
26 Para com o puro te mostras puro, e para com o perverso te mostras contrário.
27 Porque tu livras o povo aflito, mas os olhos altivos tu os abates.
28 Sim, tu acendes a minha candeia; o Senhor meu Deus alumia as minhas trevas.
29 Com o teu auxílio dou numa tropa; com o meu Deus salto uma muralha.
30 Quanto a Deus, o seu caminho é perfeito; a promessa do Senhor é provada; ele é um escudo para todos os que nele confiam.
31 Pois, quem é Deus senão o Senhor? e quem é rochedo senão o nosso Deus?
32 Ele é o Deus que me cinge de força e torna perfeito o meu caminho;
33 faz os meus pés como os das corças, e me coloca em segurança nos meus lugares altos.
34 Adestra as minhas mãos para a peleja, de sorte que os meus braços vergam um arco de bronze.
35 Também me deste o escudo da tua salvação; a tua mão direita me sustém, e a tua clemência me engrandece.
36 Alargas o caminho diante de mim, e os meus pés não resvalam.
37 Persigo os meus inimigos, e os alcanço; não volto senão depois de os ter consumido.
38 Atravesso-os, de modo que nunca mais se podem levantar; caem debaixo dos meus pés.
39 Pois me cinges de força para a peleja; prostras debaixo de mim aqueles que contra mim se levantam.
40 Fazes também que os meus inimigos me dêem as costas; aos que me odeiam eu os destruo.
41 Clamam, porém não há libertador; clamam ao Senhor, mas ele não lhes responde.
42 Então os esmiúço como o pó diante do vento; lanço-os fora como a lama das ruas.
43 Livras-me das contendas do povo, e me fazes cabeça das nações; um povo que eu não conhecia se me sujeita.
44 Ao ouvirem de mim, logo me obedecem; com lisonja os estrangeiros se me submetem.
45 Os estrangeiros desfalecem e, tremendo, saem dos seus esconderijos.
46 Vive o Senhor; bendita seja a minha rocha, e exaltado seja o Deus da minha salvação,
47 o Deus que me dá vingança, e sujeita os povos debaixo de mim,
48 que me livra de meus inimigos; sim, tu me exaltas sobre os que se levantam contra mim; tu me livras do homem violento.
49 Pelo que, ó Senhor, te louvarei entre as nações, e entoarei louvores ao teu nome.
50 Ele dá grande livramento ao seu rei, e usa de benignidade para com o seu ungido, para com Davi e sua posteridade, para sempre.

Palavras bondosas e corteses


 Resultado de imagem para imagens de cortesia

Palavras bondosas e corteses, 23 de Junho

O Senhor Jeová me deu uma língua erudita, para que eu saiba dizer, a seu tempo, uma boa palavra ao que está cansado. Ele desperta-me todas as manhãs, desperta-me o ouvido para que ouça como aqueles que aprendem. Isaías 50:4. 

O que Cristo foi em Sua vida na Terra, isso todo cristão deve ser. Ele é nosso exemplo, não só em Sua pureza imaculada, mas em Sua paciência, amabilidade e disposição cativante. Era firme qual rocha no que respeitava à verdade e ao dever, mas invariavelmente bondoso e cortês. Sua vida foi uma ilustração perfeita da verdadeira cortesia. Tinha sempre um olhar bondoso e uma palavra de conforto para o necessitado e oprimido. ... Sua presença levava uma atmosfera mais pura para o lar, e Sua vida era qual fermento a levedar os elementos da sociedade. Inocente e imaculado, andou entre os inconsiderados, os rudes, os descorteses; em meio aos injustos publicanos, os malvados samaritanos, os soldados pagãos, os rudes camponeses e a multidão. Dirigia uma palavra de simpatia aqui, outra palavra acolá, quando via homens cansados e obrigados a levar cargas pesadas. Partilhava de suas preocupações, e repetia-lhes as lições que aprendera da natureza, do amor, da bondade, da benevolência de Deus. Procurava inspirar esperança ao mais rude e pouco promissor, expondo-lhe a certeza de que poderia tornar-se inculpável e bondoso, alcançando um caráter que o tornaria conhecido como filho de Deus. ... Jesus assentava-Se como hóspede honrado à mesa dos publicanos, mostrando, por Sua simpatia e cortesia social que Ele reconhecia a dignidade dos homens; e os homens anelavam tornar-se dignos de Sua confiança. Em seu espírito sedento Suas palavras caíam com poder bendito e vivificante. Novos impulsos se despertavam, e abria-se àqueles rejeitados da sociedade a possibilidade de uma nova vida. 
A religião de Jesus abranda tudo que é duro e rude no temperamento, e suaviza tudo que é áspero e escabroso nas maneiras. É esta religião que torna as palavras amáveis e cativante o comportamento. Aprendamos de Cristo a combinar um alto senso de pureza e integridade com uma disposição amável. O cristão bondoso e cortês é o mais poderoso argumento que se possa apresentar em favor do evangelho. — The Signs of the Times, 16 de Julho de 1902.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 272

terça-feira, 23 de junho de 2015

Salmos da Bíblia - SALMOS 17 - Davi pede a Deus que o proteja contra os seus inimigos

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Oração de Davi 

1 Ouve, Senhor, a justa causa; atende ao meu clamor; dá ouvidos à minha oração, que não procede de lábios enganosos.
2 Venha de ti a minha sentença; atendam os teus olhos à eqüidade.
3 Provas-me o coração, visitas-me de noite; examinas-me e não achas iniqüidade; a minha boca não transgride.
4 Quanto às obras dos homens, pela palavra dos teus lábios eu me tenho guardado dos caminhos do homem violento.
5 Os meus passos apegaram-se às tuas veredas, não resvalaram os meus pés.
6 A ti, ó Deus, eu clamo, pois tu me ouvirás; inclina para mim os teus ouvidos, e ouve as minhas palavras.
7 Faze maravilhosas as tuas beneficências, ó Salvador dos que à tua destra se refugiam daqueles que se levantam contra eles.
8 Guarda-me como à menina do olho; esconde-me, à sombra das tuas asas,
9 dos ímpios que me despojam, dos meus inimigos mortais que me cercam.
10 Eles fecham o seu coração; com a boca falam soberbamente.
11 Andam agora rodeando os meus passos; fixam em mim os seus olhos para me derrubarem por terra.
12 Parecem-se com o leão que deseja arrebatar a sua presa, e com o leãozinho que espreita em esconderijos.
13 Levanta-te, Senhor, detém-nos, derruba-os; livra-me dos ímpios, pela tua espada,
14 dos homens, pela tua mão, Senhor, dos homens do mundo, cujo quinhão está nesta vida. Enche-lhes o ventre da tua ira entesourada. Fartem-se dela os seus filhos, e dêem ainda os sobejos por herança aos seus pequeninos.
15 Quanto a mim, em retidão contemplarei a tua face; eu me satisfarei com a tua semelhança quando acordar.

Palavras Graciosas.


 Resultado de imagem para imagens de cortesia

Palavras graciosas, 22 de Junho

A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um. Colossences 4:6.

 A cortesia é uma das graças do Espírito. É um atributo do Céu. Os anjos jamais se precipitam num ato apaixonado, nunca são invejosos nem egoístas. Nenhuma palavra áspera ou descortês lhes escapa dos lábios. Se devemos ser companheiros dos anjos, nós também temos de ser educados e corteses. A verdade de Deus destina-se a elevar o que a recebe, educar-lhe os gostos e santificar-lhe o juízo. Homem algum pode ser cristão sem ter o espírito de Cristo; e se tem o espírito de Cristo, isto será manifesto numa disposição cortês, educada. Seu caráter será santo, suas maneiras corretas, suas palavras sem engano. Nutrirá o amor que não se irrita, que é sofredor e benigno, que tudo espera e tudo suporta. ... Os que professam ser seguidores de Cristo, sendo ao mesmo tempo rudes, descorteses, grosseiros em palavras e no comportamento, não aprenderam de Jesus. ... A conduta de alguns professos cristãos é tão falta de bondade e cortesia, que é blasfemado o seu bem. Romanos 14:16. 
Talvez não se deva duvidar de sua sinceridade, nem pôr em dúvida sua retidão; mas sinceridade e retidão não expiam a falta de bondade e cortesia. O cristão deve ser compassivo assim como verdadeiro, misericordioso e cortês assim como íntegro e honesto. ... A verdadeira cortesia, de combinação com a verdade e justiça, torna a vida não só útil, mas bela e fragrante. Palavras bondosas, olhares de simpatia, semblante animoso, lançam em torno do cristão um charme que torna sua influência quase irresistível. No esquecimento de si, na luz, na paz e felicidade que está constantemente a conceder aos outros, ele encontra verdadeira alegria.  Sejamos esquecidos de nós, sempre à espreita de ocasião para animar a outros, aliviar-lhes os fardos por atos de terna bondade e de amor abnegado. Deixai por falar aquela palavra descaridosa; deixai que aquele egoísta menosprezo da felicidade dos outros ceda lugar a amorosa simpatia. Essas atenciosas cortesias, começando no lar, e estendendo-se para muito além do círculo doméstico, vão longe para perfazer a soma da felicidade da vida, e sua negligência constitui não pequena parte da miséria da vida. — The Signs of the Times, 16 de Julho de 1902.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 372

A Bíblia não é o Google

A Bíblia não é o Google

É comum algumas pessoas enviarem perguntas do tipo: "onde a Bíblia fala sobre tal assunto?". Ou virem com questionamentos bem específicos e detalhados, mas quererem que se "comprove com textos bíblicos" específicos a resposta.

Pessoas assim pensam que a Bíblia é algum tipo de Wikipédia ou Google, onde a gente tem um assunto na cabeça e ela é "obrigada" a ter as melhores respostas, o mais próximo possível da nossa realidade atual.

O problema para este tipo de situação é que esquecemos algumas coisas bem simples com relação à Hermenêutica Bíblica, ou seja, não levamos em consideração requisitos básicos para se interpretar as Escrituras. Por exemplo:

- A Bíblia precisa ser compreendida em seus princípios universais. Isso significa que nem todo assunto está mencionado ou é abordado nas Escrituras, por isso precisamos entender o princípio universal que está por trás de tal assunto. Ex.: cocaína. Você não encontrará esta palavra na Bíblia, e nem mesmo o assunto "drogas" como é entendido pela sociedade atual; entretanto, existem princípios bíblicos que tratam do cuidado do corpo e da mente que podem perfeitamente ser utilizados na compreensão do que a Bíblia fala sobre as drogas.

- Um outro requisito para se entender a Bíblia é ter em mente que ela não foi escrita, a princípio, para brasileiros do século XXI, por isso precisamos estudar o contexto no qual determinadas passagens foram escritas, para que possamos compreender bem o que o autor quis que seus leitores entendessem. Ex.: a mulher deve ficar calada na Igreja. Não se pode pegar esta "ordem" paulina e tentar aplicá-la aos dias atuais, sem se considerar onde, como e porque Paulo fez esta declaração.

É por não se levar estes e outros importantes requisitos hermenêuticos em consideração que surgem as mais absurdas e infundadas interpretações dos textos bíblicos. Por isso precisamos evitar os dois extremos desse tipo de situação:

1. Achar que a Bíblia é "obrigada" a ter todas as respostas, o que pode me levar a torcer determinados textos para se moldarem à minha interpretação pessoal do tema;

2. Pensar que porque um assunto não é abordado na Bíblia (ou seja, nos livros que formam o cânon sagrado) ele não deve ser alvo de indagações ou questionamentos, tornando-se um "mistério" não revelado.

Acredito que foi exatamente para evitarmos estes tipos de erros na interpretação da Bíblia que o Senhor concedeu (e, talvez, ainda concederá novamente) o dom de profecia à igreja remanescente. Afinal, nas palavras do apóstolo da graça, o dom de profecia seria um importante mecanismo de crescimento da Igreja de Deus dos últimos dias.

"E Ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro" (Efés. 4:11-14).

Não vou me estender no tema do dom de profecia, pois já escrevi outras postagens sobre o assunto (clique aqui).

Hoje eu só queria chamar a atenção para este "hábito" que temos de achar que todo assunto, por mais específico e peculiar que seja, tenha que estar citado no Texto Sagrado... Isso nem sempre acontecerá. 

Devemos estudar as Escrituras com oração e dedicação, para que o Senhor nos mostre os princípios vitais nEla contidos. Somente assim teremos as respostas para todo assunto que nos interessar... E quando algo não estiver, textualmente, mencionado na Santa Bíblia, ainda há o vasto acervo deixado pelo Espírito de Profecia, no qual alguns temas são desvendados e/ou ampliados ao sincero estudante da Palavra de Deus.

"antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós" (1Ped. 3:15).
 

segunda-feira, 22 de junho de 2015

O poder da veracidade,


Resultado de imagem para imagens da verdade

O poder da veracidade, 21 de Junho 

O lábio de verdade ficará para sempre, mas a língua mentirosa dura só um momento. Provérbios 12:19. 

Há os que tão intimamente se relacionaram com a verdade que coisa alguma, nem mesmo o martírio e a morte os poderiam dela separar. Os que querem esquivar-se à verdade mediante o silêncio, temendo ofender a alguém, atestam uma mentira. Gracejar com a verdade, disfarçar, para agradar à opinião de alguém, significa o naufrágio da fé. 
Desprezemos a falsificação. Nunca, por uma palavra ou ato, ou pelo silêncio, atestemos uma mentira. ... Todos os que fazem afirmações inverídicas... servem àquele que foi mentiroso desde o princípio. Estejamos alerta contra a falsidade que manifesta-se naquele que a pratica. Digo a todos: Fazei da verdade vossa proteção. Sede fiéis a vossa fé. Ponde de lado toda a prevaricação e exagero. Não façais nunca uma declaração falsa. Por amor de vossa própria vida, e da de outros, sede verdadeiros em vossas palavras. Nunca faleis nem pratiqueis uma falsidade. A verdade, unicamente, suporta a repetição. A firme adesão à verdade é necessária à formação do caráter cristão. “Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça.” Efésios 6:14. Aquele que profere mentiras vende o caráter em mercado barato. Suas falsidades podem parecer úteis em emergência. Poderá ele prosperar no comércio porque ganha pela falsidade aquilo que não poderia ganhar pela sinceridade no trato. Mas chegará afinal ao ponto em que não poderá confiar em ninguém. Mentiroso ele mesmo, não tem confiança na palavra dos outros. — Manuscrito 82, 1900.
Não há absolutamente outra salvaguarda contra o mal senão a verdade. Nenhum homem em cujo coração não habite a verdade, pode ficar firme pelo direito. Só há um poder capaz de nos tornar e manter firmes: é o poder de Deus, comunicado a nós pela graça de Cristo. — Carta 20, 1903.
Unida a Cristo, a natureza humana torna-se verdadeira e pura. Cristo supre a eficácia, e o homem torna-se um poder para o bem. ... A veracidade e a integridade são atributos de Deus, e quem possui essas qualidades possui um poder invencível. — Manuscrito 139, 1898.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais. Pag.370

Salmos da Bíblia - SALMOS 16 - A confiança e felicidade do crente e a certeza da vida eterna

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Salmo de Davi 

1 Guarda-me, ó Deus, porque em ti me refugio.
2 Digo ao Senhor: Tu és o meu Senhor; além de ti não tenho outro bem.
3 Quanto aos santos que estão na terra, eles são os ilustres nos quais está todo o meu prazer.
4 Aqueles que escolhem a outros deuses terão as suas dores multiplicadas; eu não oferecerei as suas libações de sangue, nem tomarei os seus nomes nos meus lábios.
5 Tu, Senhor, és a porção da minha herança e do meu cálice; tu és o sustentáculo do meu quinhão.
6 As sortes me caíram em lugares deliciosos; sim, coube-me uma formosa herança.
7 Bendigo ao Senhor que me aconselha; até os meus rins me ensinam de noite.
8 Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; porquanto ele está à minha mão direita, não serei abalado.
9 Porquanto está alegre o meu coração e se regozija a minha alma; também a minha carne habitará em segurança.
10 Pois não deixarás a minha alma no Seol, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.
11 Tu me farás conhecer a vereda da vida; na tua presença há plenitude de alegria; à tua mão direita há delícias perpetuamente


domingo, 21 de junho de 2015

Leais uns aos outros,


Resultado de imagem para imagens do poder da lingua

Leais uns aos outros, 20 de Junho

Toda amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmias, e toda malícia seja tirada de entre vós. Efésios 4:31. 

Há os que pensam de si mais do que convém. Falam mal de seus irmãos porque, feito por estes um trabalho, o examinam e dizem quão diferentemente eles o teriam feito; no entanto, sua previsão não teria sido nada melhor do que a de seus irmãos, tivessem eles estado em seu lugar. ... Mantende-vos afastados da cadeira de juiz. Todo julgamento é dado ao Filho de Deus. ... Satanás atua zelosamente para levar os homens a pecar neste ponto. 
Aqueles cuja língua é tão franca em proferir palavras de crítica, os habilidosos interrogadores que sabem extorquir expressões e opiniões que foram introduzidas no espírito mediante o lançar sementes de separação, esses são missionários seus. Sabem repetir as expressões extorquidas de outros, como sendo originadas por aqueles que eles tão astutamente levaram para terreno proibido. Essas pessoas parecem ver sempre algo que deva ser criticado e condenado. Entesouram tudo que seja de natureza desagradável, e então envenenam outros. Sua língua está pronta para exagerar todo o mal. Que grande bosque um pequeno fogo incendeia! Nunca permitais que vossa língua e voz sejam empregados em descobrir e exagerar os defeitos de vossos irmãos; pois o registro do Céu identifica os interesses de Cristo com aqueles que Ele comprou com Seu próprio sangue. “Quando o fizestes a um destes Meus pequeninos irmãos”, diz Ele, “a mim o fizestes.” Mateus 25:40. 
Devemos aprender a ser leais uns aos outros, ser verdadeiros como o aço na defesa de nossos irmãos. 
Olhai para vossos próprios defeitos. É melhor descobrirdes um de vossos próprios defeitos, do que dez de vosso irmão. Lembrai-vos de que Cristo orou por esses irmãos Seus, para que pudessem ser um, como Ele é um com o Pai. Lutai, no máximo de vossa capacidade, para estar em harmonia com vossos irmãos segundo a extensão da medida de Cristo, assim como Ele é um com o Pai. ... “Sede todos... compassivos, amando os irmãos.” 1 Pedro 3:8. 
O verdadeiro valor moral não procura elevar-se a um lugar mediante pensar mal e falar mal, desmerecendo outros. Toda inveja, todo ciúme, toda maledicência e incredulidade têm de ser afastados dos filhos de Deus. — Manuscrito 144

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 368

Agencia da Igreja Adventista, ADRA abre 12 poços durante a série evangelística no Zimbábue

ADRA abre 12 poços durante a série evangelística no Zimbábue

ADRA abre 12 poços durante a série evangelística no Zimbábue
[Foto de cortesia da ADRA Zimbabwe]

Os poços acrescentam outro componente a um esforço adventista em atender às necessidades físicas e espirituais das comunidades

May 27, 2015 | Andrew McChesney, Adventist Review
Primeiro vieram os cuidados de saúde gratuitos. Em seguida, uma série evangelística. Agora vem a água.
A iniciativa de duas semanas para compartilhar Jesus na cidade zimbabuense de Chitungwiza se expandiu na quinta-feira com a inauguração de um dos 12 poços cavados pela ADRA, fornecendo água potável para a comunidade. ”Estamos praticando o ministério da saúde global”, disse o presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Ted N. C. Wilson, que cortou a fita cerimonial na abertura do poço, uma torneira à altura da coxa junto a uma tubulação em terreno coberto de cascalho e festivamente decorado com um par de balões e fitas verde-e-branco.
O Ministério da Saúde Abrangente descreve um esforço da Igreja Adventista a nível mundial para atender tanto as necessidades físicas quanto espirituais das comunidades. Chitungwiza, uma cidade de cerca de 365.000 pessoas, localizada a 30 minutos de carro ao sul da capital, Harare, tornou-se um centro de atividades adventistas nos últimos dias.
Uma mega clínica grátis dirigida por cerca de 180 voluntários foi aberta para multidões de pacientes num centro comercial local em 13 de maio oferecendo testes para diabetes e doenças cardíacas, rastreio de câncer, exames oftalmológicos, avaliações psicológicas, serviços odontológicos, aulas de nutrição, um programa de cessação do fumo, cuidados de saúde primários, cirurgias menores incluindo circuncisão, e grandes cirurgias num hospital do governo nas proximidades.
Mais de 13.000 pacientes tinham sido tratados até quinta-feira, cinco dias antes do evento que terminou em 29 de maio. “O número de pacientes é inacreditável!”, Disse Wilson. “É muito mais do que aquilo que tínhamos antecipado. Este é um enorme sucesso para a glória de Deus!”
A clínica, que está aberta seis dias por semana, comemorou sua abertura oficial quinta-feira com uma visita do Ministro de Território, que está atuando interinamente no Ministério de Saúde, Assistência à Infância e Bem-Estar, Douglas Mombeshora.
As pessoas atendidas e tratadas na clínica foram convidadas a assistir a uma série evangelística noturna que começou num grande campo, adjacente, em 17 de maio A multidão de 12 mil pessoas que veio para ouvir Wilson falar sobre a profecia bíblica na noite de abertura aumentou para mais de 20.000.
Outras reuniões evangelísticas estão sendo realizadas simultaneamente em 86 outros locais em 17 cidades e aldeias por todo Zimbabwe, que é o culminar de meses de trabalho preparatório que incluiu cerca de 5.000 grupos de estudo da Bíblia nessas áreas. As reuniões evangelísticas vão findar com um número esperado de 30.000 batismos no sábado, 30 de maio.
O Ministro Mombeshora também participou da abertura do poço, onde agradeceu à ADRA e à Igreja Adventista por trabalharem para melhorar a vida das pessoas. Os outros 11 poços estão localizados em vários locais por todo o país.
“A construção de novos poços pode transformar completamente um vilarejo, propiciando água segura, limpa, perto de casa”, Jason Brooks, disse à ‘Adventist Review’ o assessor técnico sênior para água, higiene e saneamento da ADRA [Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais].”Mulheres e crianças não têm que caminhar quilômetros para conseguir água, assim podem passar os seus dias em trabalhos significativos ou permanecer na escola.”
Ele também disse que os poços reduzirão drasticamente doenças crônicas causadas por água imprópria para consumo, porque os aldeões já não têm de partilhar as suas fontes de água com banhistas, gado e outros contaminantes.
Com a abertura dos poços, a ADRA irá agora fornecer educação em higiene e saneamento para a comunidade, disse ele.

Salmos da Bíblia - SALMOS 15 - O verdadeiro cidadão dos céus

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
 1 Quem, Senhor, habitará na tua tenda? quem morará no teu santo monte?
2 Aquele que anda irrepreensivelmente e pratica a justiça, e do coração fala a verdade;
3 que não difama com a sua língua, nem faz o mal ao seu próximo, nem contra ele aceita nenhuma afronta;
4 aquele a cujos olhos o réprobo é desprezado, mas que honra os que temem ao Senhor; aquele que, embora jure com dano seu, não muda;
5 que não empresta o seu dinheiro a juros, nem recebe peitas contra o inocente. Aquele que assim procede nunca será abalado

Influência das palavras,


 Resultado de imagem para imagens do poder da lingua

Influência das palavras, 19 de Junho

Mas Eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Porque por tuas palavras serás justificado e por tuas palavras serás condenado. Mateus 12:36, 37. 

Quando o profeta Isaías contemplou a glória do Senhor, ficou pasmado, e, dominado por uma intuição de sua própria fraqueza e indignidade, bradou: “Ai de mim, que vou perecendo! Porque eu sou um homem de lábios impuros e habito no meio de um povo de impuros lábios; e os meus olhos viram o rei, o Senhor dos Exércitos!” Isaías 6:5. ... Examine-se à luz do Céu todo aquele que diz que é filho ou filha de Deus; tome em conta os lábios poluídos, que o condenam. São eles meio de comunicação. ... Não sejam pois, usados para tirar do tesouro do coração palavras que desonrem a Deus e desanimem os que vos cercam, mas usai-os para louvor e glória de Deus, que para esse fim os formou. ... Quando o amor de Jesus é o tema de contemplação, as palavras provindas de lábios humanos serão cheias de louvor e ação de graças a Deus e ao Cordeiro. 
Quantas palavras são pronunciadas leviana e tolamente, em gracejos e zombarias! Isso não seria assim se os seguidores de Cristo compreendessem a veracidade das palavras: “De toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.” Mateus 12:36. 
A visão dada a Isaías representa a condição do povo de Deus nos últimos dias. ... Ao, pela fé, olharem ao santo dos santos, e verem a obra de Cristo no santuário celestial, percebem que são povo de impuros lábios — povo cujos lábios muitas vezes proferiram vaidades, e cujos talentos não foram santificados e empregados para glória de Deus. ... Mas... se se humilharem diante de Deus, há para eles esperança. O arco da promessa está acima do trono, e a obra realizada por Isaías será neles efetuada. — The Review and Herald, 22 de Dezembro de 1896. 
Sejam perfumadas as vossas palavras. Lembrai-vos de que sereis, ou um cheiro de vida para vida, ou de morte para morte. 2 Coríntios 2:16. Sejamos como flores perfumadas. Que o amor de Cristo nos perfume a vida. Sejam vossas palavras quais “maçãs de ouro em salvas de prata”. Provérbios 25:11. — The General Conference Bulletin, 4 de Abril de 1901. 

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 366

sábado, 20 de junho de 2015

Revisões sugeridas ao Manual da Igreja Adventista incluem de questões sobre disciplina

Revisões sugeridas ao Manual da Igreja Adventista incluem de questões sobre disciplina

Revisões sugeridas ao Manual da Igreja Adventista incluem de questões sobre disciplina
Harald Wollan, é secretário-associado da Igreja Adventista a nível mundial e secretário da Comissão do Manual da Igreja. Aqui ele apresenta alterações sugeridas do Manual aos delegados do Concílio Anual, na segunda-feira, 13 de outubro [Foto: Viviene Martinelli]

Comissão Executiva envia textos de correções para a Assembleia da Associação Geral no próximo mês de julho

October 16, 2014 | Silver Spring, Maryland, United States | Edwin Manuel Garcia/ANN
Os delegados do Concílio Anual da Associação Geral de 2014 esta semana concordaram em alterar alguns capítulos do Manual da Igreja, incluindo a adição de novos detalhes para especificar melhor as razões pelas quais os membros podem enfrentar disciplina.

As 13 razões pelas quais os membros podem ser disciplinados—como deslealdade para com a Igreja e violência física— não mudaram. Mas a seção que trata mais detidamente de relações extraconjugais foi expandida para incluir detalhes sobre definições específicas relativas a conduta sexual.

A redação atual dessa seção afirma que os membros podem ser punidos por “violação do sétimo mandamento da lei de Deus no que diz respeito à instituição do matrimônio, o lar cristão e padrões bíblicos de conduta moral”.

A Comissão de Revisão do Manual da Igreja propôs substituir essa declaração com a seguinte: (... Êxo. 20:14, Mat. 5:28) “A violação do mandamento da lei de Deus, que diz: ‘Não cometerás adultério’, no que se refere à instituição do matrimônio e da família cristã, padrões bíblicos de conduta moral, e qualquer ato de intimidade sexual fora de uma relação de casamento e/ou atos não-consensuais de conduta sexual dentro de um casamento, sejam legais ou ilegais. Tais atos incluem, mas não estão limitados a, abuso sexual de crianças, incluindo abuso de seres vulneráveis. O matrimônio é definido como um relacionamento público, legalmente vinculativo, monogâmico, heterossexual entre um homem e uma mulher”.

Os delegados adotaram majoritariamente as alterações recomendadas ontem. As revisões serão encaminhadas como uma proposta a ser votada na Assembleia da Associação Geral de 2015, em San Antonio, Texas, EUA.

Muitas das modificações no Manual da Igreja foram de pequenas correções.

Num capítulo, a palavra fora de moda “ordenança” foi removida na descrição da comunhão, cerimônia do lava-pés e batismo. Outro capítulo acrescentou a palavra “discipulado”, para enfatizar que as igrejas locais devem ter maior espírito de missão para com seus membros e a comunidade.

Uma nova seção foi adicionada para recomendar que as comissões da igreja tenham uma comissão de finanças motivada pela missão e de ampla base, ou estrutura semelhante para analisar o processo orçamentário.

Mas as alterações propostas que mais chamaram a atenção dos delegados procurou: Limitar o texto sobre quem tem permissão de se dirigir à congregação do púlpito; definir claramente que o casamento é entre um “homem e uma mulher”, em oposição ao antigo texto, “marido e mulher”; e identificar razões para a disciplina em razão de imoralidade sexual.

Alguns delegados protestaram contra a remoção das palavras “sétimo mandamento” da seção de disciplina e outros disseram que a seção precisava ser mais específica, tal como tendo inclusão de seção para lidar com “mensagens de texto inapropriadas”.

A proposta sobre “oradores não autorizados” procurou remover detalhes sobre quem além de pastores credenciados podem falar do púlpito. A proposta também sugere omitir uma linha que afirma que pastores que foram “removidos do ministério” não devem ser capaz de pregar.

A nova redação diz: “Somente oradores dignos de confiança serão convidados para o púlpito pela igreja em harmonia com as diretrizes dadas pela associação. Indivíduos que foram removidos do rol de membros ou pessoas designadas que não tenham autoridade da igreja, não devem ter acesso ao púlpito”.

O delegado Chester Clark questionou por que a comissão quis adotar uma posição que “simplesmente parece estar mudando de uma praxe aplicada em todo o mundo para ter diferentes normas ou diferentes diretrizes, talvez em cada Associação”.

Harald Wollan, secretário da Comissão do Manual da Igreja, explicou que a mudança permitiria que as igrejas acatassem o Manual. “A maioria dos leigos não recebe credenciais”, Wollan lembrou, “então, o que tem sido praticado na verdade é contra o Manual da Igreja e queríamos ter algo no Manual da Igreja que, de fato, possa ser seguido”.


http://news.adventist.org/pt/

CNBB se posiciona contra o uso de símbolos religiosos na Parada Gay


CNBB se posiciona contra o uso de símbolos religiosos na Parada Gay
Uma nota divulgada afirma que o ato da transexual crucificada é um desrespeito à fé cristã
por Leiliane Roberta Lopes


CNBB se posiciona contra o uso de símbolos religiosos na Parada Gay 
CNBB divulga nota contra transexual crucificado 
 

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em São Paulo emitiu uma nota assinada por dom Odilo Scherer se posicionando contra a encenação da transexual Viviany Beleboni durante a 19ª Parada Gay.
A CNBB declarou que os acontecimentos do evento foram manifestações de ” desrespeito à consciência religiosa de nosso povo e ao símbolo maior da fé cristã, Jesus crucificado”.
O texto destaca que a liberdade religiosa é garantida na Constituição e que desrespeitar símbolos, orações, pessoas e liturgias religiosas é crime segundo o artigo 208 do Código Penal. A CNBB aproveitou para apelar ao poder público que zele pelo direito de quem foi agredido durante o evento.
A entidade ainda expressou “repúdio diante dos lamentáveis atos de desrespeito ocorridos” e manifestou “estranheza” por ver que o evento foi patrocinado pelo poder público.
Pelo Facebook, Dom Odilo Scherer também se manifestou dizendo que entende o sofrimento dos transexuais, “mas é preciso cuidar para não banalizar ou usar de maneira irreverente símbolos religiosos”. O religioso pediu ainda por respeito. “Se queremos respeito, devemos respeitar”, disse o presidente da CNBB de São Paulo. Com informações G1

http://noticias.gospelprime.com.br

Salmos da Bíblia - SALMOS 14 - A corrupção do homem; sua redenção provém de Deus

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Salmo de Davi para o cantor-mor 

1 Diz o néscio no seu coração: Não há Deus. Os homens têm-se corrompido, fazem-se abomináveis em suas obras; não há quem faça o bem.
2 O Senhor olhou do céu para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento, que buscasse a Deus.
3 Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não há sequer um
4 Acaso não tem conhecimento nem sequer um dos que praticam a iniqüidade, que comem o meu povo como se comessem pão, e que não invoc
5 Achar-se-ão ali em grande pavor, porque Deus está na geração dos justos
6 Vós quereis frustar o conselho dos pobres, mas o Senhor é o seu refúgio.
7 Oxalá que de Sião viesse a salvação de Israel! Quando o Senhor fizer voltar os cativos do seu povo, então se regozijará Jacó e se alegrará Israel.

Salmos da Bíblia - Salmo 13 - Davi, na sua extrema tristeza, recorre a Deus e confia nele

 Resultado de imagem para imagens dos salmos
Davi, na sua extrema tristeza, recorre a Deus e confia nele
Salmo de Davi para o cantor-mor 

1 Até quando, ó Senhor, te esquecerás de mim? para sempre? Até quando esconderás de mim o teu rosto?
2 Até quando encherei de cuidados a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia? Até quando o meu inimigo se exaltará sobre mim?
3 Considera e responde-me, ó Senhor, Deus meu; alumia os meus olhos para que eu não durma o sono da morte;
4 para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não se alegrem, em sendo eu abalado.
5 Mas eu confio na tua benignidade; o meu coração se regozija na tua salvação.
6 Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem.

Adventist Church in North America expresses condolences for the tragic shooting in Charleston, South Carolina

Adventist Church in North America expresses condolences for the tragic shooting in Charleston, South Carolina

The division's president, Dan Jackson, calls for open and honest discussion on the realities of racial division in the U.S.

June 18, 2015 | Silver Spring, Maryland, USA | NAD Staff
The president of the Seventh-day Adventist Church in North America, Daniel R. Jackson, issued the following statement on June 18, 2015 in response to shooting death of nine people at the Emanuel African Methodist Episcopal (AME) Church in Charleston, South, Carolina: 
“The Seventh-day Adventist Church in North America is heartbroken by the senseless killing of the Reverend Clementa Pickney and eight other worshipers during Wednesday evening service in their church. We are saddened by the heartache it has caused their family, the members of the Emanuel AME Church, and the Charleston community. We extend our deepest condolences and continue to pray for the victims and their families.
The Seventh-day Adventist Church condemns not only the killing of any person, but also the hatred, based on a person's race, that apparently motivated this shooting. We believe that God loves all of His children equally, regardless of race, gender, religion, or lifestyle, and we are called to do the same. 
We again call for open, honest, and civil conversation about the realities of the racial divide that continues to plague this country. This conversation must focus on the rights and equality of every member of our communities. 
We stand with the people of Charleston and indeed across North America that strive to be agents of peace, love, and grace in their communities. 
To bring a lasting change we, as a church, must always treat all people with the love and compassion that Jesus modeled for us. While last night in Charleston, hate took the lives of nine innocent people, we know that in the end love will win.  
“We once again pray for the day when all of God’s children will treat each other without suspicion, bias and hatred. As the Apostle Paul reminds us: ‘There is neither Jew nor Greek, there is neither slave nor free, there is neither male nor female; for you are all one in Christ Jesus. (Galatians 3:28, NKJV)’”



Postagens de Destaque