segunda-feira, 7 de novembro de 2016

5 Razões por que todo evangélico deve respeitar Maria, mãe de Jesus

Fonte - http://www.maisrelevante.com.br/

 

5 Razões por que todo evangélico deve respeitar Maria, mãe de Jesus

Maria mãe de Jesus

A virgem Maria, mãe de Jesus foi uma das mulheres mais notáveis da história sagrada. Não foi à toa que Deus a escolheu como a figura que seria responsável pela maternidade do filho do altíssimo, as condições em que vivia e o contexto no qual recebeu a incumbência divina eram totalmente desfavoráveis e justificariam qualquer escusa, no entanto ela disse:
"Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra". (Lc 1:38) - Muitos evangélicos, envenenados por um discurso fanático chegam a desrespeitar a figura dócil e pura da virgem Maria, isso está em desacordo com a palavra de Deus, tendo em vista que ela foi um ícone da história sagrada, veja aqui 5 razões para respeitar e entender a importância dessa mulher inigualável.

1 MARIA FOI FIEL A DEUS A VIDA TODA


Para ser escolhida mãe do filho de Deus, uma mulher deveria ter qualidades e acima de tudo um caráter santo, a fidelidade de Maria é testemunhada por quem quer que leia a Bíblia, acredito que Deus deve ter tido poucas opções disponíveis para tal obra e a escolha da virgem Maria beneficiou todos nós.

2 MARIA CUMPRIU SUA MISSÃO COM ÊXITO


Ela exerceu sua função de mãe de forma exemplar, exceto no ocorrido em que esqueceu o menino no templo (Lucas 2:46), imagine o quanto Satanás não deve ter assediado a sua vida para ocasionar danos ao salvador, no entanto Deus a livrou e ela com certeza estará entre os remidos que receberão a recompensa pela perseverança e fé demonstradas na vida.

3 MARIA ERA FILHA DE DAVI


Ela não era gentia, nem estrangeira, pertencia à linhagem sagrada de Abraão e foi nela que confirmou-se literalmente a profecia de Gênesis 3:15, veja:

'Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar'. 

4 SEU CÂNTICO EXPRIME A SABEDORIA DE DEUS


A simplicidade de sua vida ocultava uma riqueza de conhecimento e profundidade de Deus, as suas palavras expressadas na Bíblia refletem a postura de alguém mais inteligente que os sábios:

"A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus, meu Salvador, porque contemplou na humildade da sua serva". (Lucas 1:46-55)

5 NUNCA ACEITOU ADORAÇÃO PRA SI


Virgem Maria Santissima

Conforme lemos em Atos, ela adorava e servia a Deus e não era adorada e servida por outras pessoas:

"Todos estes perseveraram unânimes em oração, com as mulheres, Maria mãe de Jesus, e com os irmãos dele". (Atos 1.14)

Maria Teve Outros Filhos Além de Jesus?


É provável que não, o livro de Marcos afirma o seguinte:

"Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão? E não vivem aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se nele". (Mc.6:3)

Todavia alguns estudiosos concluem que esses irmãos mencionados eram filhos de José de um casamento anterior, e do qual teria ficado viúvo.

Esse raciocínio baseia-se nas seguintes premissas:

1 -> José teria morrido antes da morte de Cristo, por isso na cruz Jesus encarregou João de cuidar de sua mãe, ver João 19:26,27, o que evidencia sua  (de José) grande diferença de idade para com Maria;

2 -> Os 'irmãos' de Jesus (Filhos de José) aparecem nos evangelhos algumas vezes querendo impor a Jesus a vontade deles e isso era bastante incomum para o contexto social daquela época, veja:

"Dirigiram-se, pois, a ele os seus irmãos e lhe disseram: Deixa este lugar e vai para a Judeia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Porque ninguém há que procure ser conhecido em público e, contudo, realize os seus feitos em oculto. Se fazes estas coisas, manifesta-te ao mundo. Pois nem mesmo os seus irmãos criam nele. Disse-lhes, pois, Jesus: O meu tempo ainda não chegou, mas o vosso sempre está presente". (João 7:3-6)

Por mais que seus irmãos não cressem nele, essa postura de querer dá ordens seria injustificável para a época se eles fossem mais jovens que Cristo, o que leva crer que eram mais velhos. 

Diante disso, acredita-se que Maria só teve por filho Jesus Cristo, mas a Bíblia afirma que ela teve vida conjugal normalmente com José, quando diz que ele:

"...não teve relações com ela até que a criança nasceu".

CONCLUSÃO


Você viu aqui 5 motivos por que toda pessoa deve considerar e respeitar a pessoa e a memória da Virgem Maria, Mãe de Jesus.

MAS É PECADO ADORAR MARIA?


Com certeza, sem sombra de dúvida adorar Maria ou qualquer outro ser criado é uma abominação diante de Deus conforme os princípios da Bíblia Sagrada, veja:

Em Apocalipse é mencionado que João, apóstolo de Cristo quis adorar um Anjo impressionado pelo esplendor do seu aspecto, mas...

"Então, ele me disse: Vê, não faças isso; eu sou conservo teu, dos teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus". (Ap.22:9)

Uma vez...

"... uma mulher que estava no meio da multidão gritou para Jesus: — Como é feliz a mulher que pôs o senhor no mundo e o amamentou! Mas Jesus respondeu: — Mais felizes são aqueles que ouvem a mensagem de Deus e obedecem a ela". (Lucas 11:27,28 NTLH)

Perceba aqui que a essência da adoração não é adorar pessoas, mas obedecer a Deus e sua palavra! e a palavra de Deus é bastante enfática quanto ao caráter diabólico da idolatria em todas as suas formas. (Salmo 115, Isaías 45, Jeremias 7 e I Coríntios 10)



Se esse artigo lhe foi interessante, deixe um comentário abaixo e compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Postagens de Destaque