domingo, 8 de junho de 2014

Guerreiro, Sacerdote, Hóspede - Salmo 23, Parte 4

 

 Fonte - http://www.opregadorfiel.com.br/2014/06

 

0

Guerreiro, Sacerdote, hóspede - Salmo 23, Parte 4Texto: Salmo 23:5

(Salmo 23:5) "Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda”.

No verso 5 vemos três analogias.
1. De um guerreiro.
2. De um sacerdote.
3. De um hóspede.


I. Guerreiro: Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos.

 

A. Normalmente, quando um soldado está na presença de seus inimigos, se ele come é uma refeição rápida e, em seguida, volta para a batalha.
1. Carrega-a com ele pronta para comer durante a fuga.
2. Normalmente fria e não muito saborosa.
B. A palavra "preparar" significa; montar, definir em uma linha, pôr em ordem.


C. "Preparas uma mesa", assim como em qualquer ocasião pacífica comum.

 
1. Nada é apressado, não há confusão, nenhuma perturbação.
2. O inimigo está à porta, e ainda assim Deus prepara uma mesa, e o crente se senta e come como se tudo estivesse em perfeita paz.
3. Davi lembra-nos aqui da paz que Deus dá ao seu povo, mesmo no meio das circunstâncias mais difíceis!
4. Espiritualmente a mesa fala de companheirismo e comunhão... que não se rompe devido às circunstâncias, não importa o quão difícil. 


II. Sacerdote: Unge a minha cabeça com óleo.

 

A. Cada crente é um sacerdote. (1 Pedro 2:9 ) "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" - (Apocalipse 1.6) "E nos fez reis e sacerdotes para Deus e Pai, a ele a glória e o domínio para todo o sempre amém".
 
B. Como sacerdotes nós temos:
1. Direito de confessar os nossos pecados a Deus.
2. Direito de aproximar com confiança ao trono da graça (A parede de separação foi destruída).
3. Direito de oferecer sacrifícios.


C. Óleo - símbolo do Espírito Santo. Três classes de pessoas eram ungidas.
1. Reis
2. Profetas
3. Sacerdotes


D. Cada cristão é um sacerdote, mas não podemos exercer o ofício sacerdotal, sem o poder do Espírito de Deus sobre nós, por isso devemos diariamente ser cheios do Espírito.


E. O Deus que nos chamou para servi-Lo como sacerdotes, também forneceu o poder que nos permitirá servi-Lo. 


III. Hóspede: O meu cálice transborda.

A. Nosso cálice transbordando fala das abundantes bênçãos de nosso Senhor.
1. Como um hóspede em uma casa é honrado quando é mantido seu cálice cheio.
2. Deus nos abençoa abundantemente e transborda o nosso cálice!


B. Agora, considere isso; ter o nosso cálice cheio significa que temos o suficiente.
1. Talvez possamos ficar satisfeitos com apenas o suficiente.
2. Mas Deus escolheu nos dar mais! "... Eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância" João 10:10b - (Efésios 3:20) "Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera"

 
C. Ter nosso cálice transbordando, significa que somos tão abençoados que não podemos conter as bênçãos. (Malaquias 3:10) "Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e prova-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos , se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para recebê-la"

Davi nos lembra de que Deus é um Deus de preparação. Ele preparou um lugar de comunhão e companheirismo para nós no meio da batalha.
Ele preparou a unção para que possamos cumprir nosso propósito de servi-Lo.
Ele preparou mais do que seremos capazes de usar...

 Pr. Aldenir Araújo

Confira também:

Postagens de Destaque