sexta-feira, 8 de julho de 2016

Espiritismo e igrejas modernas. - Cuidado

Resultado de imagem para imagens de curas milagrosas

Espiritismo e igrejas modernas. - Cuidado

Quando Ellen White escreveu esse texto, não havia no mundo esse avalanche de curandeiros distribuindo curas milagrosas em nome do "Gizuiz" e seu amuletos milagrosos. Ela deixou bem claro que todo esse movimento é espiritismo disfarçado e levar um filho para um desse apóstolos curar é entregar o filho a forças satânicas difíceis de romper. Cuidado!
É claro que ela não cita nenhuma igreja "invangélica" atual, mas a semelhança do que ela fala, com algumas "igrejas" atuais, é tão grande, que dá medo. 

Repito, Cuidado! 
Antes de adentrar em alguns desses templos de curas, cuidado cuidado para não estar entrando em terreno encantado de satanás

Veja o que ela escreveu.

Ciência Cristã, Cultos Orientais e de Cura

Há muitos que recuam horrorizados ante o pensamento de consultar médiuns espíritas, mas são atraídos por formas mais agradáveis de espiritismo.(Igrejas Neo pentencostais ?) Outros são levados ao extravio pelos ensinamentos da Ciência Cristã, (igrejas de artistas famosos) e pelo misticismo da teosofia e outras religiões orientais.
Os apóstolos de quase todas as formas de espiritismo pretendem possuir poder de curar a doença. Atribuem seu poder à eletricidade, ao magnetismo, aos remédios chamados "de simpatia",(sal grosso, arruda, óleo e vinho ungidos, água santa de israel, lenço suado?) ou a forças latentes que há na mente do homem. E não poucos, mesmo nesta era cristã, vão a esses curandeiros, em vez de confiar no poder do Deus vivo e na competência de habilitados médicos cristãos.
A mãe que vela junto do leito do filho enfermo, exclama: "Não posso fazer mais nada! Não há médico capaz de curar meu filho!" Contam-lhe as curas maravilhosas realizadas por algum vidente ou curador pelo magnetismo, e ela confia o filho querido aos seus cuidados, colocando-o tão certamente nas mãos de Satanás, como se este lhe estivesse ao lado. Em muitos casos a vida futura da criança é regida por um poder satânico, que parece impossível romper .Review and Herald, 15 de janeiro de 1914.

Perigo em Consultar Médicos Ocultistas

Há perigo em apartar-se no mínimo das instruções do Senhor. Quando nos desviamos da clara senda do dever, surgirá uma série de circunstâncias que parecem desviar-nos irresistivelmente para mais e mais longe do direito. Intimidades desnecessárias com os que não têm respeito por Deus nos seduzirão, antes de nos apercebermos. O temor de ofender amigos do mundo nos impedirá de exprimir nossa gratidão para com Deus ou reconhecer nossa dependência dEle. ...
Os anjos de Deus guardarão Seu povo enquanto andarem no caminho do dever; mas não há nenhuma segurança dessa proteção para os que deliberadamente se aventuram no terreno de Satanás.

Um instrumento do grande enganador dirá e fará seja o que for a fim de conseguir seu desígnio. Pouco importa se ele se chama espírita, "eletro-médico" ou "curador magnético". Por meio de sedutoras pretensões, granjeia a confiança dos descuidados. Pretende ler a história da vida (profecia do passado e diz até os sintomas que a pessoa está sentindo) e compreender todas as dificuldades e aflições dos que a ele recorrem. Disfarçando-se em anjo de luz, ao mesmo tempo que tem no coração a negrura do abismo, manifesta grande interesse nas mulheres que lhe buscam o conselho. Diz-lhes que todas as suas dificuldades são provenientes de um casamento infeliz. Isto talvez seja muito verdadeiro, mas tal conselheiro não lhes melhora a condição. Diz-lhes que precisam é de amor e simpatia. Aparentando grande interesse em seu bem-estar, lançam sobre suas ingênuas vítimas um encantamento, fascinando-as como a serpente encanta o trêmulo passarinho. Em breve se acham elas inteiramente em seu poder, vindo na terrível esteira o pecado, a desgraça e a ruína. Review and Herald, 27 de junho de 1882.

Vozes Místicas (linguas estranhas?), Médiuns, Videntes e Necromantes

As vozes místicas que falaram em Ecrom e em En-Dor, estão ainda, por suas mentirosas palavras enganando os filhos dos homens. O príncipe das trevas não tem senão aparecido sob novo disfarce. Os oráculos pagãos dos séculos da antiguidade, têm sua parte correspondente nos médiuns espíritas, nos videntes e necromantes de nossos dias. Os mistérios do culto pagão são substituídos pelas associações secretas e as sessões (descarrego?), as obscuridades e maravilhas dos feiticeiros de nosso tempo. E suas revelações são avidamente recebidas por milhares que recusam aceitar a luz da Palavra ou do Espírito de Deus. Falam com desdém dos mágicos de outrora, ao passo que o arquienganador ri e triunfa ao se entregarem eles a suas artes sob um aspecto diferente.
Estes instrumentos satânicos pretendem curar a doença. Atribuem seu poder à eletricidade, ao magnetismo, ou aos chamados "remédios de simpatia", ao passo que, na verdade, são nada mais que veículos das correntes elétricas de Satanás. Por estes meios, lançam seu encantamento sobre o corpo e alma de homens. Signs of the Times, 24 de março de 1887.

Livro Evangelismo, pags, 608, 609

Grifos, destaques e notas entre parênteses, acrescentados,

 Resultado de imagem para imagens de curas milagrosas

Postagens de Destaque