terça-feira, 26 de dezembro de 2017

OS DOIS CONCERTOS

OS DOIS CONCERTOS

                                     II CORÍNTIOS 3:14

Deus é amor.
Para salvar o pecador Ele já fez muito. Deu o seu próprio filho em troca do nosso resgate.
Mesmo antes da morte de Cristo, Deus já havia feito vários acordos, tentando salvar o homem.
O primeiro acordo Deus fez com Adão no jardim do éden, e este acordo consistia em matar um cordeiro toda a vez que cometesse pecado.
O segundo acordo foi feito com  Noé. Para que este não morresse nas águas do dilúvio, Deus ordenou que ele fizesse uma arca para si, e sua família.
Um outro acordo Deus fez com Abraão, ordenou que ele saísse da sua terra pra outra que lhe mostraria, e que faria dele uma grande nação.
Fez também acordo com os hebreus, tirando=os do Egito e levando-os para a Terra Prometida.
Porém o maior acordo que Deus já fez ao ser humano, Ele o fez no Sinai, e na Cruz.

No Sinai a sombra, na cruz a realidade.
O Protótipo, e o tipo.

Primeiro Testamento
Em Êxodo 19:3-8 encontramos a descrição do primeiro testamento. ou concerto, ou acordo, também chamada de antiga  Aliança. (ler).

O concerto era condicional. Se...

O povo aceitou as condições impostas por Deus, e a base do concerto era a lei de Deus, Êxodo 20. 
E esta Ele escreveu em tábuas de pedra.
 Êxodo 24:1-8

Moisés levou do povo, setenta anciãos ao Monte Sinai; e ali,  receberam as orientações como se conduzirem na presença de Deus, e as bases deste concerto, ou, desta Aliança

 Moisés as escreveu em um livro.
Leu o livro para todo povo.
Todos aceitaram.
Moisés matou um cordeiro e fez um altar.
Espargiu o sangue do cordeiro no altar e no povo.

O altar representava Deus
Era este o concerto. O velho testamento. Também chamado de velha aliança, ou pacto.

Quarenta dias depois estava quebrado, e o povo adorando um deus de ouro.
Mesmo assim Deus não os abandonou, renovava sempre o concerto, dava-lhes novas chances, quando tudo ia bem, eles tornavam a esquecer-se de Deus. Quando vinha o sofrimento, eles se lembravam de Deus outra vez, e faziam novas propostas de fidelidade.
Deus resolveu fazer um novo concerto. Jeremias 31: 31 a 33; Hebreus 8: 8- 9; 9: 12, 13 e 15.
O novo concerto envolvia a morte do seu próprio filho.
Cristo morreu, tornou-se um sacrifício, o intermediário do novo concerto. Agora temos um novo testamento, ou uma nova aliança.

SEMELHANÇA ENTRE OS DOIS CONCERTOS

Ambos são chamados de concertos, aliança, testamento, pacto, etc.
Ambos foram ratificados com sangue.
Os dois tiveram a lei de Deus como base.
Os dois tinham intermediário, O sacerdote.
E só tinham valor, se houvesse vítima, o cordeiro.

DIFERENÇA ENTRE OS DOIS CONCEITOS


Um era chamado velho
Um era chamado o primeiro
Um era temporário
Um foi confirmado com sangue de animais
O primeiro tinha um intermediário Moisés
O antigo Foi estabelecido sobre as promessas do Povo
No primeiro a lei foi escrita em tábuas de pedra
O primeiro está escrito na primeira parte da Bíblia

O outro chamado novo
O outro chamado segundo
O outro era eterno confirmado com o sangue de Cristo
O outro tem um intermediário Jesus Cristo
O outro foi firmado sobre as promessas de Deus
No segundo a lei foi escrita no coração
Este ultimo esta escrito na Bíblia toda


O que nós costumamos chamar de velho testamento não é velho testamento, é apenas a primeira parte da Bíblia. nesta esta contida os livros da Lei (a torá) os escritos dos profetas e os salmos. Nesta primeira parte da Bíblia, contém o antigo testamento, ou antiga aliança, concerto, ou pacto


E a segunda parte da Bíblia, contém os evangelhos, o livro históricos dos atos dos apóstolos, as cartas dos apóstolos e o livro profético do apocalipse. 
Nesta parte da Bíblia, contém o novo testamento. ou, a aliança feita na cruz. 

O Velho Testamento, (concerto, aliança, pacto..) foi feito no Sinai entre Deus e Moisés, e terminou na cruz

O Novo Testamento foi feito no Éden, (Gen. 3:15 ) entre Deus e Adão, foi ratificado na Cruz, e dura até hoje

Ou seja, o Novo Testamento é mais velho que o velho. Mais velho que a antiga aliança, 

Postagens de Destaque