sexta-feira, 10 de julho de 2015

Crucificando a carne


Resultado de imagem para imagens de pessoas consagradas a Deus

Crucificando a carne, 10 de Julho

E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões [e concupiscências. Gálatas 5:24. 

Não somos de nós mesmos. Fomos “comprados por bom preço” (1 Coríntios 6:20), não “com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, ... mas com o precioso sangue de Cristo” (1 Pedro 1:18, 19); “para que os que vivem não vivam mais para si, mas para Aquele que por eles morreu e ressuscitou”. 2 Coríntios 5:15. 
Todos os homens foram comprados por este infinito preço. Derramando toda a riqueza do Céu neste mundo, dando-nos todo o Céu em Cristo, Deus adquiriu a vontade, as afeições, a mente, a alma de todo ser humano. Crentes ou incrédulos, todos os homens são propriedade do Senhor. — Parábolas de Jesus, 325, 326. 
Esta expressão, “comprados por bom preço”, para nós significa tudo. Em consideração ao preço pago por nós, não deveremos entregar corpo e alma Àquele que nos comprou com Seu sangue? Não deverá aquilo que Ele redimiu ser mantido na mais pura e santa condição possível? Cristo nos remiu; nossa carne Ele salvou por preço infinito, dando a Sua pela vida do mundo. As paixões baixas têm sua sede no corpo, e atuam por meio dele. As palavras “carne,” ou “carnal” ou “concupiscências carnais,” abrangem a natureza baixa, corrupta; a carne por si mesma não pode agir contra a vontade de Deus. É-nos mandado crucificar a carne, com suas paixões e concupiscências. Como o faremos? Deveremos infligir dores ao corpo? Não; mas sim matar a tentação ao pecado. Deve ser expulso o pensamento corrupto. Todo pensamento deve ser levado em cativeiro a Jesus Cristo. Todas as propensões animais devem ser submetidas às faculdades mais altas do intelecto. O amor de Deus deve reinar supremo; Cristo deve ocupar um trono não dividido. Nosso corpo deve ser considerado Sua possessão adquirida. 
Os membros do corpo devem tornar-se instrumentos de justiça. — Manuscrito 1, 1888. 
Jesus será o ajudador de todos quantos nEle puserem a confiança. Os que se acham em ligação com Cristo, têm ao seu dispor a felicidade. Seguem o caminho a cuja frente vai o Salvador como guia, crucificando por amor dEle a carne com suas inclinações e concupiscências. Em Cristo fundaram suas esperanças, e as tempestades da Terra são impotentes para os abalar do firme fundamento. — Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, 225.

Ellen White
Nos Lugares Celestiais Pag. 410

Postagens de Destaque