quinta-feira, 9 de julho de 2015

Evo Morales, com um gesto, descreve o que é o comunismo e o que o mesmo tem feito com Jesus Cristo.



 Resultado de imagem para imagem de evo morales entregando um crucifixo ao papa
 O presidente Evo Morales, em um gesto, ainda que bem intencionado, fez a melhor descrição que alguém poderia fazer do que é o comunismo e o que o mesmo faz com Jesus e seus seguidores através dos tempos e em todos os lugares onde foi implantado.
Em seus sermões Jesus afirmou que tudo o que fazemos a alguém, estamos fazendo e ele, disse também, que seria morto pelos pecadores, e quem iria mata-lo seriam aqueles a quem ele viera salvar.

Aqueles que o mataria, o  fariam achando estar fazendo um bem, livrando o país de uma possível incursão militar dos romanos, pois se os romanos, desconfiassem que estivesse havendo um movimento de independência e um novo rei sendo coroado, viriam contra o país, e matariam muita gente;  como o próprio sumo sacerdote Anás, chegou a afirmar, "é melhor que um morra do que uma nação" ou seja, é melhor morrer apenas um, do que uma carnificina seja feita pelos soldados romanos

A morte de Jesus, apesar de todas as intrigas e ciúmes; na mente dos sacerdotes judeus, eles estavam fazendo um bem aos pais.

Evo Morales, da mesma forma, achou esta fazendo um bem ao santo Padre. ao lhe dar o presente, ainda que bem intencionado, querendo ele homenagear o Papa, lhe ofereceu  um crucifixo criado por um padre comunista,  pelo fato do Papa pertencer a mesma ordem daquele padre artesão. 
Mesmo não sabendo, disse com aquele gesto,  tudo o que o comunismo representa no mundo para a religião de Jesus Cristo

Mas o que aquele crucifixo diz sobre o comunismo e a religião?

Diz que assim como jesus foi crucificado pelos judeus, no passado, Jesus foi e continua sendo também crucificado pelos comunistas ao redor do mundo

No passado Jesus, morreu pessoalmente em Jerusalém. Hoje, Jesus foi morto em Cuba, na pessoa dos milhares de Cristãos que Fidel Castro e Che Guevara mataram.

Jesus foi morto na Albânia, quando um Pastor adventista e dezenas de padres e pastores de outras denominações foram mortos ou expulsos do país,  pelo simples fato de serem cristãos

Jesus foi morto nos países que formavam a URSS, representado pelos milhares e milhares de  cristãos mortos no período de Lenin, Stalin e Cruchev. (Recomendo a leitura dos livros, "O boi que Guardava o Sábado" e "Ainda Que Caiam os Ceus" da casa Publicadora Brasileira)

Jesus continua sendo morto hoje, todos os dias na Coreia do Norte, onde carregar uma Bíblia é motivo de ser preso

Sim, a foice e o martelo cruzados, já mataram milhões de cristãos ao redor do mundo

A foice e o martelo, separados,  podem até representar os trabalhadores, mas cruzados representa tão somente uma ideologia. A ideologia comunista. A pior desgraça que já aconteceu ao cristianismo. Desgraça maior que o martírio dos cristãos nos primeiros e segundo séculos da era cristã. Desgraça maior que a inquisição perpetrada pela igreja católica na idade média

Jesus crucificado em cima da foice e do martelo. Não há verdade maior.  Jesus foi e continua sendo crucificado todos os dias pelo comunismo.

Parabéns, Evo Morales, pelo lindo gesto. Parabéns por nos fazer  lembrar quem é o comunismo de verdade. Apenas assassino de cristãos, 
Parabéns pelo excelente sermão. Nem o Papa, faria sermão melhor.


Postagens de Destaque