segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Incentivo aos que se iniciam no serviço cristão

Resultado de imagem para imagens de missionários de cristo

Incentivo aos que se iniciam no serviço cristão — 
Os mais bem-sucedidos obreiros, são aqueles que empreendem de bom ânimo a obra de servir a Deus nas coisas pequenas. Toda criatura humana tem de trabalhar com o fio de sua vida, tecendo-o na trama, a fim de ajudar a concluir o modelo. — Testemunhos Seletos 2:402. 
Cumpre-nos fazer de nossos deveres diários, atos de devoção, crescendo constantemente em utilidade, pois vemos nosso trabalho à luz da eternidade. — Testimonies for the Church 9:150.
 O Senhor tem em Seu grande plano um lugar para cada um. Não se concedem talentos que não sejam necessários. — Testemunhos Seletos 3:303. 
Todos têm seu lugar no plano eterno do Céu. Todos devem colaborar com Cristo para a salvação de almas. Tão certo como nos está preparado um lugar nas mansões celestes, há também um lugar designado aqui na Terra, onde devemos trabalhar para Deus. — Parábolas de Jesus, 326, 327. 
Os olhos do Senhor fixam-se em cada um dos membros de Seu povo; Ele tem um plano para cada um. — Testemunhos Seletos 2:367. 
Todos podem fazer alguma coisa na obra. Ninguém será declarado sem culpa perante Deus, a menos que tenha trabalhado fervorosa e altruisticamente pela salvação de almas. — Testimonies for the Church 5:395. 
Vosso dever não pode ser passado a outro. Ninguém senão vós mesmos pode realizar vossa obra. Caso retenhais a luz que tendes, alguém deve ser deixado em trevas por causa de vossa negligência. — Testemunhos Seletos 2:165. 
O obreiro humilde, que obedientemente responde ao apelo de Deus, pode estar certo de que receberá a assistência divina. Aceitar responsabilidade tão grande e sagrada, por si só eleva o caráter. Estimula à atividade as mais elevadas forças mentais e espirituais, e fortalece e purifica a mente e o coração. Pela fé no poder de Deus é maravilhoso quão forte se torna um homem débil, quão decididos seus esforços, quão fecundos de grandes resultados. Quem principia com pouco conhecimento, e de modo humilde fala o que sabe, ao passo que procura diligentemente mais sabedoria, achará todo o tesouro celestial aguardando seu pedido. Quanto mais procurar comunicar luz, tanto mais luz receberá. Quanto mais alguém experimentar explicar a Palavra de Deus a outros, com amor, tanto mais clara ela para ele se tornará. Quanto mais usarmos nosso conhecimento e exercitarmos nossas faculdades, tanto maior conhecimento e capacidade teremos. — Parábolas de Jesus, 354. Trabalhe cada um para Deus e pelas almas; mostre cada um sabedoria e não seja nunca encontrado em ociosidade, esperando que alguém o ponha a trabalhar. O “alguém” que vos poderia fazer isto, está demasiado assoberbado de responsabilidades, e perde-se o tempo esperando suas orientações. Deus vos dará sabedoria para uma reforma imediata; pois o chamado ainda continua: “Filho, vai trabalhar hoje na Minha vinha”. Mateus 21:28. “Se ouvirdes hoje a Sua voz, não endureçais os vossos corações”. Hebreus 3:7, 8. O Senhor inicia o pedido com a acariciadora expressão “filho”. Quão terno, quão compassivo, e todavia, por outro lado, quão urgente! Seu convite é também uma ordem. — Conselhos aos Professores, Pais e Estudantes, 419. 
A fortaleza para resistir ao mal é melhor obtida pelo trabalho intenso. — Atos dos Apóstolos, 105. 
Todo ato, toda ação de justiça, misericórdia e beneficência, produz música no Céu. — The Review and Herald, 16 de Agosto de 1881. O espírito de Cristo é espírito missionário. O primeiro impulso do coração regenerado é levar outros também ao Salvador. — 
O Grande Conflito entre Cristo e Satanás, 70
O único meio de crescer em graça é achar-se interessado em fazer exatamente a obra que Cristo nos ordenou fazer. — The Review and Herald, 7 de Junho de 1887. 
Não deveis esperar grandes ocasiões ou habilitações extraordinárias para então trabalhardes por Deus. — Conflict and Courage, 83
O homem que se torna uma bênção aos outros, e torna sua vida um sucesso é aquele que, seja ou não instruído, emprega todas as  suas faculdades no serviço de Deus e de seus semelhantes. — The Southern Work, 2 de Abril de 1903. 
Muitos a quem Deus capacitou para fazer trabalho excelente, pouco conseguem, porque pouco empreendem. — Parábolas de Jesus, 331. 
Se fracassardes noventa e nove vezes em cada cem, mas fordes bem-sucedidos em salvar da ruína uma única alma, realizastes um nobre feito pela causa do Mestre. — Testimonies for the Church 4:132. 
As relações entre Deus e cada pessoa são tão particulares e íntimas, como se não existisse nenhuma outra por quem Ele houvesse dado Seu bem-amado Filho. — Conflict and Courage, 100. 
O Senhor vos vê e compreende, e se oferecerdes o vosso talento como dom consagrado para o Seu serviço, vos usará, a despeito da vossa fraqueza; porque no serviço ativo e desinteressado, os fracos fortalecer-se-ão e desfrutarão o Seu precioso louvor. A exaltação do Senhor é um elemento de confiança. Se fordes fiéis, a paz que excede todo o entendimento será a vossa recompensa nesta vida e, na futura, participareis da alegria do vosso Senhor. — Testemunhos Seletos 3:219, 220. 

Resultado de imagem para imagens de missionários de cristo

Pessoas de pouco talento, se forem fiéis em guardar o coração no amor de Deus, podem ganhar muitas almas para Cristo. Harlan Page era um pobre mecânico de habilidade comum e educação limitada; mas tornou sua ocupação principal procurar promover a causa de Deus, e seus esforços foram coroados de notável êxito. Trabalhou pela salvação dos semelhantes, em conversas particulares e em fervorosa oração. Instituiu reuniões de oração, organizou escolas dominicais e distribuiu folhetos e outras leituras religiosas. E em seu leito de morte, repousando já sobre seu semblante a sombra da eternidade, pôde dizer: “Sei que tudo é pela graça de Deus, e não por qualquer mérito de qualquer coisa que eu tenha feito; mas creio que tenho evidência de que mais de cem almas foram convertidas a Deus por meu intermédio”. — Testimonies for the Church 5:307, 308. 
Este mundo não é o Céu do cristão, mas simplesmente a oficina de Deus, onde devemos habilitar-nos para nos unir a anjos sem pecado, num Céu santo. — Testimonies for the Church 2:187. 96 Os mais humildes e mais pobres dentre os discípulos de Jesus, podem ser uma bênção aos outros. Talvez não tenham consciência de estar produzindo algum bem especial, mas por sua inconsciente influência poderão dar origem a ondas de bênçãos que irão se alargando e aprofundando, mesmo que nunca venham a saber dos benditos resultados, a não ser no dia da recompensa final. Não percebem nem sabem que estão realizando um grande bem. Não se pede deles que se preocupem acerca do sucesso. O que têm que fazer é simplesmente prosseguir tranqüilos, realizando fielmente a obra que a providência de Deus lhes designa, e sua vida não será em vão. Seu próprio ser irá se desenvolver cada vez mais à semelhança de Cristo; tornam-se mensageiros de Deus nesta vida, e desse modo estão se habilitando para a obra mais elevada e a felicidade verdadeira da vida por vir. — Conflict and Courage, 83. Muitos há que se entregaram a Cristo, todavia não vêem oportunidade de realizar grande obra ou fazer grandes sacrifícios em Seu serviço. Estes podem achar conforto no pensamento de que não é  necessariamente a abnegação do mártir que é mais aceitável a Deus; pode ser que o missionário que enfrente diariamente o perigo e a morte, não tome a mais elevada posição nos registros do Céu. O cristão que o é em sua vida privada, na renúncia diária do eu, na sinceridade de propósito e pureza de pensamento, em mansidão sob provocação, em fé e piedade, em fidelidade nas coisas mínimas, que na vida familiar representa o caráter de Cristo, esse pode ser mais precioso aos olhos de Deus que o missionário ou mártir de fama mundial. — Parábolas de Jesus, 403. 
Não a soma do trabalho que executamos, nem seus resultados visíveis, mas o espírito com que o fazemos, é que o torna valioso para Deus. — Parábolas de Jesus, 397

Resultado de imagem para imagens de fidelidade no serviço cristão

A aprovação do Senhor é dada, não por causa da grandeza da obra efetuada, ou por terem sido alcançadas muitas coisas, mas por causa da fidelidade mesmo em poucas coisas. Não são os grandes resultados que obtemos, mas os motivos que nos levam à ação, o que pesa à vista de Deus. Ele preza a bondade e a fidelidade mais do que a grandeza da obra realizada. — Testimonies for the Church 2:510, 511. 
Não passeis por alto as coisas pequenas, esperando por uma grande obra. Podeis fazer com êxito a obra pequena mas falhar completamente ao tentar uma obra maior, e cair em desânimo. Lançai mão de qualquer obra que virdes ser necessária. Quer sejais rico quer pobre, grande ou humilde, Deus vos chama para efetuar um serviço ativo para Ele. Será fazendo com todas as vossas forças o que vos vier às mãos, que desenvolvereis talento e aptidões para a obra. E é negligenciando vossas oportunidades diárias que vos tornais infrutíferos e áridos. É esta a razão por que há tantas árvores estéreis no jardim do Senhor. — Testemunhos Seletos 3:348. 
O Senhor deseja que utilizemos todos os dons que possuímos; e se assim fizermos teremos maiores dons para empregar. Não nos concede de maneira sobrenatural as qualidades de que carecemos, mas ao utilizarmos a que temos, trabalhará conosco, tonificando e fortalecendo cada faculdade. Por todo sacrifício sincero e cordial no serviço do Mestre, nossas faculdades aumentarão. — Parábolas de Jesus, 353, 354. 
O coração de Cristo é confortado pela visão daqueles que são pobres em todo o sentido da palavra; confortado por Sua visão daqueles que são maltratados, mas que são mansos; alegrado pelos aparentemente insatisfeitos e famintos pela justiça, pela incapacidade de muitos para começarem. Ele olha com agrado, por assim dizer, o mesmo estado de coisas que desanimaria a muitos ministros. — Obreiros Evangélicos, 37. 
Não precisamos ir aos países pagãos, nem mesmo deixar o estreito âmbito de nosso lar, se é ali que está nosso dever, a fim de trabalhar para Cristo. Podemos fazê-lo no lar da família, na igreja, entre os nossos amigos e com quem entretemos relações comerciais. — Conflict and Courage, 81.
 Se fizermos da vida e ensinos de Cristo nosso estudo, cada acontecimento que se desenrola fornecerá um texto para um impressivo discurso. — Testemunhos Seletos 3:313. 
A vida na Terra é o princípio da vida no Céu; a educação na Terra é a iniciação nos princípios do Céu; e o trabalho aqui é o preparo para o trabalho lá. O que hoje somos no caráter e serviço santo, é o prenúncio certo do que seremos. — Educação, 307. 
Os que rejeitam o privilégio da associação com Cristo no serviço cristão, rejeitam o único ensino que lhes dá habilitação para participar com Ele de Sua glória. Rejeitam o ensino que nesta vida concede força e nobreza de caráter. — Educação, 264. 98 
Ninguém suponha que possa viver vida de egoísmo, e então, tendo servido aos próprios interesses, obter a recompensa do Senhor. Não puderam participar da alegria de um amor desinteressado. Não se adaptariam às cortes celestes. Não poderiam apreciar a pura atmosfera de amor que impregna o Céu. As vozes dos anjos e a música de suas harpas não lhes agradariam. Para sua mente a ciência do Céu seria um enigma. — Parábolas de Jesus, 364, 365. Cristo nos pede que trabalhemos paciente e perseverantemente pelos milhares que estão a perecer em seus pecados, espalhados por todas as terras, como náufragos em praia deserta. Os que participam da glória de Cristo devem também partilhar de Seu ministério, ajudando o fraco, o infeliz e o desalentado. — Testemunhos Seletos 3:299. 

Resultado de imagem para imagens de adventistas  missionários voluntários

O povo comum deve ocupar seus lugares como obreiros. Compartilhando as dores de seus semelhantes da mesma maneira que o Salvador participou das da humanidade, vê-Lo-ão, pela fé, trabalhando juntamente com eles. — Testimonies for the Church 7:272. 
Cristo pousa para ser retratado em cada discípulo. A todos predestinou Deus para serem “conformes à imagem de Seu Filho”. Romanos 8:29. Em cada um se tem de manifestar ao mundo o longânimo amor de Cristo, Sua santidade, mansidão, misericórdia e verdade. — O Desejado de Todas as Nações, 827. 
O chamado para depor tudo no altar do serviço vem a cada um. Não nos é pedido que sirvamos como Eliseu serviu, nem que vendamos tudo que possuímos; mas Deus nos pede que demos ao Seu serviço o primeiro lugar em nossa vida, e não permitamos se passe um só dia sem que façamos alguma coisa para avançar Sua obra na Terra. Ele não espera de todos a mesma espécie de serviço. Um pode ser chamado a servir em terras estrangeiras; outro pode ser chamado a dar de seus meios para o sustento do evangelho. Deus aceita a oferta de cada um. É a consagração da vida e de todos os seus interesses que é necessário. Os que fazem essa consagração, ouvirão e obedecerão ao chamado do Céu. — Profetas e Reis, 221. O sábio segundo o mundo, que medita e planeja, e cuja ocupação está sempre em sua mente, deve procurar tornar-se sábio em assuntos de interesse eterno. Se empregasse tanta energia em conseguir os tesouros celestiais e a vida que se mede pela vida de Deus como  o faz para conseguir o ganho do mundo, que não realizaria ele? — Testimonies for the Church 6:297.
 Deus induzirá homens de posição humilde a proclamar a mensagem da presente verdade. Ver-se-ão muitos destes correndo para cá e para lá, constrangidos pelo Espírito de Deus a levar a luz aos que estão em trevas. A verdade é como um fogo a arder-lhes nos ossos, enchendo-os de um fervoroso desejo de iluminar aqueles que se assentam na escuridão. Muitos, mesmo entre os iletrados, proclamarão a Palavra do Senhor. Crianças serão impelidas pelo Espírito Santo a sair e anunciar a mensagem do Céu. O Espírito será derramado sobre aqueles que se submeterem a Suas incitações. Sacudindo os antiquados regulamentos e movimentos cautelosos dos homens, unir-se-ão ao exército do Senhor. — Testimonies for the Church 7:26, 27. 

Postagens de Destaque