terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

A Parábola do Bom Semeador

Resultado de imagem para imagens bíblicas do semeador

A Parábola do Bom Semeador

Explicação


Quando eu pastoreava o distrito de Porto Nacional, aqui no Tocantins, conheci um velho pioneiro do evangelho. O Pastor jubilado Abel Barbosa, da Igreja Assembléia de Deus.
Por ocasião do seu aniversário de 90 anos, toda a cidade se mobilizou para fazer uma festa em homenagem àquele homem de Deus. Prefeito, vereadores, deputados federais, e estaduais, compareceram ao evento. Só faltou o governador Marcelo Miranda, porem este, enviou sua tia, Dra. Maria Helena, para representá-lo.

O Pastor Abel enfrentou todo o preconceito que havia nestas plagas, no início do século passado. Porem lutou e venceu.
Uma das dificuldades enfrentadas pelo pastor Abel, era casa para morar. Ninguém queria alugar casa para protestantes, como eram chamados os evangélicos naquele tempo. Acreditavam ser pecado.
A primeira casa que alugou, quando o dono descobriu que ele não era católico, tomou a casa de volta; e ele estava na casa a apenas três dias.
Ele teve que procurar o Bispo, o famoso Dom Alano, para ajudá-lo. E foi com a ajuda de Dom Alano, que ele conseguiu alugar uma casa. Ficaram amigos.
Através do Pastor Abel O Nome de Cristo foi pregado a fazendeiros, garimpeiros, pescadores, caçadores de onças e descendentes de escravos.
Não houve na região, quem não tenha ouvido falar do amor de Deus, e da historia da cruz foi levada aos mais distantes sertões.
A sua historia daria para encher várias páginas de um livro. E o resultado é que 60 anos depois, existem crentes aos milhares.
São membros da Assembléia de Deus, sua denominação, Batistas, Presbiterianos. Cristã Evangélica, Adventistas do Sétimo Dia, e muitas outras.
A maioria destes crentes conheceu a palavra de Deus, por intermédio do pastor Abel.

Deram-me o privilégio de ser um dos oradores no evento. E fiz para a ocasião este pequeno sermonete.
Encontrei-o em uma pasta do meu computador e resolvi postá-lo no meu blog. Poderá ajudar alguém em uma em uma ocasião semelhante.


Pastor Manoel Barbosa da Silva.


A PARÁBOLA DO BOM SEMEADOR
Lucas 8: 5-8 

Uma das mais conhecidas parábolas da bíblia é a parábola do Bom Semeador.
Nesta, encontro uma vívida aplicação à vida do pastor Abel. O que fez, como fez, as lutas e dificuldades que enfrentou, e as vitórias alcançadas, em tudo nos lembra o semeador da parábola.
O semeador da parábola saiu a semear e parece que toda a natureza se levantou contra ele.
Quando eu era criança aprendi nos livros, que a natureza se divide em três reinos: Reino animal, reino vegetal e reino mineral
Pois bem; esses três reinos se levantaram contra o semeador.
O reino mineral trabalhou contra ele, nas pedras, que não deixaram a semente nascer.
O reino vegetal trabalhou contra, nos espinhos que não deixaram a semente crescer; eles a sufocaram.
E o reino animal nos pássaros, que comeram a semente, e nos homens que a pisaram
Mesmo assim a semente deu frutos; para cada semente que vingou, produziu uma centena
Pastor Abel. Eu posso imaginar a sua luta nesses 60 anos de ministério nessa região...
Quantos espinhos, quantas pedras, e quantos homens, devem ter se levantado contra você...
Quantas aves para comer a semente, ou seja, quantos homens tentaram tirar do coração dos seus ouvintes a esperança da salvação que você apresentava.
Quantos espinhos você teve que enfrentar. Literalmente nas veredas que trilhou, e simbolicamente, nas agressões verbais que ouviu calado. Quantos sofrimentos, em todos esses anos de lutas
Quantos homens, que pisaram, com o calcanhar do escárnio, e da zombaria, a semente da palavra de Deus.
Porem a semente nasceu, cresceu, vingou e produziu a cem por um. Graças a Deus...
Olhe e veja Pastor Abel, quantas igrejas há na região, tente contar quantos crentes existem hoje por onde você passou; você foi o semeador, apesar de tudo e de todos. A semente, que era uma boa semente, produziu; muito mais do que talvez você tenha sonhado
Como um velho semeador, com certeza, você tem muitas historias pra contar, historias que deveriam ser escritas; para servir de inspiração a nova geração que aí está. Geração esta, muitas vezes, sem garra, que reclama da vida, que acham o ministério difícil, e não sabem, que Deus precisa é de homens que tenha a sua garra, o seu denodo, o seu amor, à pregação do evangelho, e salvação da almas.

O Pastor Abel, como um Bom Semeador que é, saiu a semear. Ele semeou em Porto Nacional, em Miracema, em Fátima, em Pium, em Brejinho de Nazaré, em Monte do Carmo, em Cristalândia, em Natividade e em tantos outros lugares que perdeu a conta.
Tudo parece que estava contra ele.
Os homens, que o criticavam e o perseguiam. Chegaram a apedrejar sua residência, e jogaram fezes em sua porta.
As pedras das estradas poeirentas por onde passou. Chegou a se perder na mata e dormir na floresta ouvindo o esturro da onça.
Os espinhos da aflição, da saudade e dos parentes distantes, da doença incurável que o acompanhava, tudo lhe fazia sofrer.
Porem a semente nasceu; não; ás centenas, mas, aos milhares, que são os que seguem a cristo em toda essa região,
Não descartamos os inúmeros outros semeadores que lhe vieram no encalço posteriormente. E foram muitos, e todos fizeram bem á sua parte. Porem não esqueça, que você, pastor Abel, foi o desbravador, aquele que abriu o caminho.

Portanto, neste dia do seu aniversário; nós, os amigos; os membros da sua igreja, centenas batizados por você; os vereadores que compõem esta casa; os deputados aqui presentes; e a Doutora Maria Helena, digna representante do governador; prestamos a você, nossa justa homenagem. 
Desejamos toda felicidade do mundo a você e sua família, que o nosso bom Deus o recompense, e lhe dê ainda muitos anos de vida com saúde e felicidade.

Postagens de Destaque