quinta-feira, 29 de maio de 2014

Vida Sadia - Saúde e Felicidade


Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; por isso que Ele está à minha mão direita, nunca vacilarei. Portanto, está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura. Sal. 16:8 e 9.
O cristão deve viver tão perto de Deus que possa aprovar as coisas que são excelentes, "cheios de frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus". Filip. 1:11. Seu coração deve estar em sintonia com a gratidão e o louvor. Deve ele estar sempre pronto para reconhecer as bênçãos que recebe, lembrando Aquele que disse: "Aquele que oferece sacrifício de louvor Me glorificará." Sal. 50:23. ...
Toda pessoa tem o dever de cultivar a jovialidade, em vez de acalentar pesares e dificuldades. Muitos desse modo não somente produzem o próprio fracasso, mas também sacrificam a saúde e a felicidade a uma imaginação doentia. Há em seu redor coisas que não são agradáveis, e vê-se em seu semblante uma ruga contínua que, com mais clareza do que palavras, exprimem descontentamento. Essas emoções deprimentes produzem grande dano à saúde, pois prejudicando o processo da digestão, atuam sobre a nutrição. Se bem que a aflição e a ansiedade não possam remediar um único mal, podem produzir um dano imenso; mas a jovialidade e a esperança, à medida que iluminam a senda de outras pessoas, "são vida para os que as acham e saúde, para o seu corpo". Prov. 4:22.
Cristo veio para restaurar à sua beleza original, um mundo arruinado do pecado. ... Não haverá, na Nova Terra, pecado nem enfermidade. ... E o corpo será restaurado à sua perfeição original. Ostentaremos, a imagem imaculada de nosso Senhor. ...
O desenvolvimento do caráter cristão, tendente para esse estado de perfeição, é um crescimento em direção à beleza. ... Ao ser o coração transformado pela renovação da mente, as graças do Espírito deixam sua impressão na face, e ela exprime a nobreza, delicadeza, paz, benevolência, e amor puro e terno que reinam no coração. ...
Dai "sempre graças por tudo a nosso Deus". Efés. 5:20. Signs of the Times, 12 de fevereiro de 1883.
Ellen White
Minha Consagração Hoje - MM 1989 - Pag. 153

Postagens de Destaque