segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Quando Jesus Orou

 

Pr. Aldenir Araújo 

Quando Jesus OrouTexto: Mateus 26: 36-45 

Introdução
A. Às vezes pensamos que não temos tempo para orar, mas a verdade é que nós realmente não temos tempo para não orar.
B. Se considerarmos o grande privilégio que é a oração, dedicaremos mais tempo e esforço para fazê-lo.

I. Jesus tirou tempo para orar, mesmo quando muitos outros não o fariam.

A. Muitas vezes orou quando os outros estavam dormindo (Marcos 1: 32-39; Lucas 6:12).
B. Orou quando sua alma estava angustiada (Mateus 14: 13,23; 26: 38-41).
C. Ele orou quando estava sob grande pressão (Mateus 14:23; Marcos 1:35; Lucas 4: 42-43; João 6:15).

II. Jesus afastou-se do mundo para que ele pudesse ficar a sós com o Pai.

A. Isso é o que ele ensinou outros a fazer (Mateus 6:5-6).
B. Foi muitas vezes para lugares desertos para orar (Mateus 14:23; Lucas 5:16; 9: 28-29; 22: 39-44).
C. Ele despediu as multidões (e até mesmo os seus apóstolos) quando necessário para orar (Mateus 14: 22-23; Lucas 22:41).
Conclusão
A. Vamos determinar separar pelo menos 20 minutos por dia para orar sem cessar e apresentar nossas preocupações ao Senhor.
B. Apesar do custo, não ignore a grande bênção que o Senhor nos dá em oração.
C. Devemos também lembrar que "os olhos do Senhor estão sobre os justos e os seus ouvidos atentos às suas orações; mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal" (1 Pedro 3:12). 
 Pr. Aldenir Araújo

Fonte - http://www.opregadorfiel.com.br/2014/10


Postagens de Destaque