quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Atitudes cristãs durante o decreto dominical

Abster-se de Trabalhar no Domingo
Quanto ao campo relativo aos Estados do Sul, a obra nessa região precisa ser efetuada o mais sensata e cuidadosamente possível, e da maneira em que Cristo agiria. O povo logo descobrirá o que credes a respeito do domingo e do sábado, pois eles farão perguntas. Então podeis dizer-lhes isso, mas não de tal modo que atraia a atenção para vosso trabalho. Não precisais abreviar vossa obra por trabalhar no domingo. ...
Abster-se de trabalhar no domingo não é receber o sinal da besta. ... Nos lugares em que a oposição é tão forte que suscite perseguição, se for efetuado algum trabalho no domingo, que nossos irmãos façam desse dia uma ocasião para realizar genuíno trabalho missionário. The Southern Work, págs. 69 e 70.
Se eles viessem até aqui e dissessem: "Deveis parar vosso trabalho e vossos prelos no domingo", eu não vos diria: ... "Mantende os prelos em movimento", pois o conflito não é entre vós e o vosso Deus. Manuscrito 163.
Não devemos achar que temos a obrigação de irritar nossos vizinhos que veneram o domingo, fazendo decididos esforços para expor intencionalmente diante deles o trabalho realizado nesse dia, a fim de demonstrar independência. Nossas irmãs não precisam escolher o domingo como o dia para mostrarem a lavagem de roupa. Mensagens Escolhidas, vol. 3, pág. 399.


Empenhar-se em Atividades Espirituais no Domingo
Procurarei responder à vossa pergunta quanto ao que deveis fazer no caso de serem decretadas leis dominicais.
A luz que me foi dada pelo Senhor numa ocasião em que esperávamos justamente essa crise que parece estar-se aproximando de vós, foi que, quando o povo estivesse sendo, por um poder de baixo, compelido à observância do domingo, os adventistas do sétimo dia mostrassem prudência deixando seu trabalho ordinário nesse dia e dedicando-se a atividades missionárias.
Desafiar as leis dominicais não fará senão fortalecer em suas perseguições os fanáticos religiosos que as buscam impor. Não lhes deis ocasião alguma de vos chamarem violadores da lei. ... Ninguém receberá o sinal da besta pelo fato de mostrar que compreende a sabedoria de manter a paz mediante a abstenção de trabalho que constitua delito. ...
O domingo pode ser empregado para desenvolver vários ramos de trabalho que muito farão em proveito do Senhor. Podem realizar-se nesse dia reuniões ao ar livre, ou em casas de família. Pode fazer-se trabalho de casa em casa. Os que escrevem, podem consagrar esse dia para redigir seus artigos. Realizem-se cultos religiosos no domingo, sempre que possível. Tornem-se essas reuniões vivamente interessantes. Cantem-se verdadeiros hinos de reavivamento, e fale-se com firmeza e poder do amor de Cristo. Testemunhos Seletos, vol. 3, págs. 395 e 396.
Levai os estudantes para fora, a fim de realizarem reuniões em lugares diferentes e efetuarem obra médico-missionária. Eles encontrarão as pessoas em casa e terão excelente oportunidade para apresentarem a verdade. Esta maneira de passar o domingo é sempre agradável ao Senhor. Testimonies, vol. 9, pág. 238.


A Beleza da Verdade Evidenciada Pela Oposição
O zelo dos que obedecem ao Senhor aumentará à medida que o mundo e a Igreja se unirem para invalidar a lei. Toda objeção levantada contra os mandamentos de Deus abrirá o caminho para o avanço da verdade e habilitará os seus defensores a apresentarem seu valor perante os homens. Há uma beleza e poder na verdade que nada poderá tornar tão evidente como a oposição e a perseguição. Manuscript Releases, vol. 13, págs. 71 e 72.
Este tempo, em que se faz tanto esforço para impor a observância do domingo, é a verdadeira oportunidade para apresentar ao mundo o autêntico sábado em contraste com o falso. O Senhor, em Sua providência, está muito à frente de nós. Ele tem permitido que essa questão do domingo seja realçada para que o sábado do quarto mandamento possa ser apresentado perante as assembléias legislativas. Assim os dirigentes da nação poderão ter a atenção despertada para o testemunho da Palavra de Deus a favor do verdadeiro sábado. Manuscript Releases, vol. 2, pág. 197


Antes Obedecer a Deus do que aos Homens
Os seguidores da verdade são agora compelidos a escolher entre desrespeitar um claro preceito da Palavra de Deus, ou perder a liberdade. Se renunciarmos à Palavra de Deus e aceitarmos costumes e tradições humanos, talvez ainda nos seja permitido viver entre os homens, comprar e vender, e ter os nossos direitos respeitados. Se, porém, mantivermos a lealdade a Deus, isto se dará à custa de nossos direitos entre os homens, pois os inimigos da lei de Deus têm-se coligado para esmagar o juízo independente nas questões da fé religiosa e do controle das consciências humanas. ...
O povo de Deus reconhecerá o governo humano como sistema estabelecido por determinação divina e, por preceito e exemplo, ensinará obediência a ele como dever sagrado enquanto sua autoridade for exercida em sua legítima esfera de ação. Mas quando as suas reivindicações estão em desacordo com as reivindicações de Deus, devemos escolher obedecer antes a Deus do que aos homens. A Palavra de Deus precisa ser reconhecida e obedecida como autoridade acima de toda legislação humana. O "Assim diz o Senhor" não deve ser posto de lado por um "Assim diz a Igreja ou o Estado". A coroa de Cristo deve ser erguida acima de todos os diademas dos potentados terrestres. The Home Missionary, 1º de novembro de 1893.
Satanás oferece aos homens os reinos do mundo se lhe concederem a supremacia. Muitos fazem isso e renunciam ao Céu. Antes morrer do que pecar; é melhor passar necessidade do que defraudar; melhor passar fome do que mentir. Testimonies, vol. 4, pág. 495.


Ellen White
Eventos Finais - Pags138 - 142

Postagens de Destaque